Início Tradições O arroz de tamboril e a cozinha tradicional portuguesa

O arroz de tamboril e a cozinha tradicional portuguesa

Na gastronomia marítima, os portugueses são afortunados com os mais variados tipos de peixes e frutos do mar vindos das águas do Atlântico.

1929
COMPARTILHE
O arroz de tamboril e a cozinha tradicional portuguesa
O arroz de tamboril e a cozinha tradicional portuguesa

O arroz de tamboril e a cozinha tradicional portuguesa

Tamboril

O tamboril é um peixe que tem uma aparência muito singular. Ele é caracterizado pela cabeça desproporcionalmente grande, ampla e achatada, com a boca que ocupa quase toda a cabeça e dentes pontiagudos, não é nada bonito, mas muito gostoso.

Às vezes nomeado peixe-sapo, vive em águas profundas, podendo ser encontrado até 600 metros de profundidade. Este peixe está presente na gastronomia tradicional portuguesa.

O peixe tamboril recebe outros nomes conforme o idioma, sempre presente na galeria de primeira linha da gastronomia: rape (Espanha), lotte (França),  monkfish (Inglaterra e EUA) e rana pescatrice (Itália), por exemplo.

Arroz de Tamboril

Resolvi falar um pouco sobre o arroz de tamboril e a cozinha tradicional portuguesa. O arroz de tamboril é um prato muito gostoso e pouco conhecido pelos turistas, mas basta perguntar para um português para perceber a reação imediata de água na boca.

Sendo Portugal um país com extensa costa no qual as pescas desempenham um papel importante na economia do litoral, há inúmeros pratos da cozinha portuguesa em que o peixe é o ingrediente de referência.

Arroz de Tamboril

O arroz de tamboril, tradicionalíssimo em Portugal, tem o peixe cortado em cubos, salteado junto a camarões e alguns frutos do mar, adicionado ao arroz cozido, ensopado no tomate, azeite, alho, cebola e coentro que lhe dá um toque especial. Bom, foi assim que eu comi num café-restaurante conceituado, em Lisboa.

Quando eu começo a ler um pouco mais sobre a cozinha portuguesa, percebo o quanto ela é rica e diversificada, há receitas centenárias nascidas dos mais humildes fogões e povoados até a mais sofisticada receita dos palácios de outrora.

Pescado português

Na gastronomia marítima, os portugueses são afortunados com os mais variados tipos de peixes e frutos do mar vindos das águas do Atlântico: ostras, lagostas, lagostins, polvos, lulas, mexilhões, robalos, sardinhas, polvos, por exemplo.

(cont.)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here