Início Tradições Queijo da Serra, um dos melhores queijos do mundo é português

Queijo da Serra, um dos melhores queijos do mundo é português

Não há português que não adore queijo e se falarmos de queijo da Serra, um dos melhores queijos do mundo, então o número de apreciadores aumenta ainda mais.

Queijo da Serra
Queijo da Serra, um dos melhores queijos do mundo é português

Queijo da Serra, um dos melhores queijos do mundo é português

Não há português que não adore queijo e se falarmos de queijo da Serra, então o número de apreciadores aumenta ainda mais. Queijo da Serra, um dos melhores queijos do mundo é português.

A acompanhar pão, tostas ou bolachas, o queijo da Serra da Estrela é uma iguaria nacional, apreciada em todo o mundo. Por isso, pode mesmo ser considerado um dos melhores queijos de todo o mundo e ser visto como um verdadeiro símbolo nacional.

Todavia, todos os produtos populares correm o mesmo risco – serem copiados. Portanto, fique a conhecer as características únicas e próprias do queijo da Serra da Estrela DOP e deguste sempre o que é autêntico e tradicional.

História

O Queijo Serra da Estrela – denominação de origem protegida, desde 1996 – é tido como o queijo português mais antigo, sendo conhecido e reconhecido além-fronteiras, sobretudo pelas suas características organoléticas.

O seu surgimento no nosso país terá acontecido por via do povo romano e durante a Idade Média, ele já aparecia nos escritos do escritor português Gil Vicente.

Nesta mesma época, no século XIII, o rei D. Dinis prontificou-se a criar a primeira queijaria no concelho de Celorico da Beira, precisamente na região da Serra da Estrela.

Ao longo da história, e principalmente graças às suas componentes nutritiva e duradoura, este queijo foi usado como uma importante fonte alimentar pelos navegadores portugueses, nomeadamente durante os Descobrimentos.

Apesar desta já longa existência, só na segunda metade do século XIX é que este produto se vulgariza nas principais cidades portuguesas: Lisboa e Porto.

Caraterísticas

O queijo Serra da Estrela é obtido a partir de leite cru de ovelha, da raça Bordaleira da Serra da Estrela ou Churra Mondegueira, criadas na serra e com acesso a pastagens espontâneas. É um queijo curado, que pode apresentar dois tipos de pasta:

– pasta semi-mole amanteigada e de cor branca amarelada (Queijo Serra da Estrela).
– pasta semi-dura a extra-dura de cor laranja acastanhada (Queijo Serra da Estrela Velho).

queijo da Serra

Fabricado, essencialmente, entre novembro e maio, também a sua dimensão, sabor e aroma são variáveis. O Queijo Serra da Estrela tem 9 a 20 cm de diâmetro, 4 a 6 cm de altura e o seu sabor e aroma é suave, limpo e ligeiramente acidulado.

Já o Queijo Serra Velho tem um diâmetro entre os 11 e 20 cm, uma altura entre os 3 a 6 cm e o seu aroma e sabor é agradável, persistente, limpo, de forte a ligeiramente forte e levemente picante e salgado. O seu peso varia entre os 0,7 kg e 1,5 kg.

queijo da Serra

Produção: passo a passo

– O primeiro passo é a ordenha manual das ovelhas. Depois, é feita a filtração do leite através de panos brancos.

– Em seguida, o leite é aquecido entre os 28-32 ºC e é salgado, com flor do cardo, previamente moída com sal.

– Após 45 a 60 minutos, é feito o corte manual da coalhada e uma nova filtração, de forma a remover o restante soro.

– Depois da moldagem, prensagem e nova salga, segue-se a maturação em duas fases:

queijo da Serra

– A primeira entre os 15-20 º C dia, à temperatura de 6 a 12 ºC e humidade relativa de 85 a 90% (com viragens e lavagens diárias).

– A segunda até aos 45 ºC dia à temperatura de 6-14 ºC e humidade relativa de 90 a 95% (com viragens e lavagens esporádicas).

Em relação ao Queijo Serra da Estrela Velho, a principal diferença é o tempo mínimo de maturação que, no caso deste queijo, é de 4 meses.

queijo da Serra

Áreas de produção

As principais zonas de fabrico deste queijo englobam os concelhos de Carregal do Sal, Celorico da Beira, Fornos de Algodres, Gouveia, Mangualde, Manteigas, Nelas, Oliveira do Hospital, Penalva do Castelo, Seia, Aguiar da Beira, Arganil, Covilhã, Guarda, Tábua, Tondela, Trancoso e Viseu, nos distritos de Viseu, Coimbra, Guarda e Castelo Branco.

Para ficar a saber ainda mais sobre este produto, visite ou fique a conhecer:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.