Início Tradições Pastéis de bacalhau: uma iguaria que os portugueses adoram

Pastéis de bacalhau: uma iguaria que os portugueses adoram

Em qualquer casa portuguesa, ficam bem pastéis de bacalhau sobre a mesa. Conheça a história e a receita original desta iguaria fabulosa.

Pastéis de bacalhau
Pastéis de bacalhau: uma iguaria que os portugueses adoram

Pastéis de bacalhau: uma iguaria que os portugueses adoram

Em qualquer casa portuguesa, ficam bem pastéis de bacalhau sobre a mesa. Conheça a história e a receita original desta iguaria fabulosa.

«Pastéis de bacalhau» no Sul; «bolinhos de bacalhau» no Norte, desde os princípios do século XX que esta iguaria tem presença obrigatória nos receituários de culinária portuguesa.

Feitos cá e além fronteiras, a sua origem não é certa, havendo nomes e obras de prestígio como o de Maria de Lourdes Modesto, à cabeça, que apontam o Minho como a terra natal deste petisco.

Pastéis de bacalhau: uma iguaria que os portugueses adoram

Independentemente da proveniência, o que é certo é que este é um petisco até hoje apreciado por todos e com todas as suas variantes de confeção faz as delícias dos portugueses que não o dispensam acompanhado por um arroz de grelos, feijão ou, simplesmente, assim.

Pastéis de bacalhau: uma iguaria que os portugueses adoram

A primeira receita desta iguaria, registada oficialmente, data de 1904 e encontra-se no “Tratado de Cozinha e Copa”, de Carlos Bandeira Melo (oficial do exército português), com o título “Bacalhau em bolos enfolados”.

Pastéis de bacalhau: uma iguaria que os portugueses adoram

Desde aí, foram criadas uma série de variantes desta receita, estando presente em quase todas elas o alho, algo que não acontecia na receita original.

Nesta receita primitiva, apenas constavam os ingredientes e modo de confeção, não constando as proporções. Era usado leite para fazer a ligação do bacalhau com as batatas, as claras eram batidas em castelo e a fritura deveria ser feita em azeite abundante.

Experiências antes de 1904

Ainda antes da publicação de Carlos Melo, houve notícia de alguns petiscos com uma confeção e aspeto semelhantes às dos pastéis de bacalhau.

Pastéis de bacalhau: uma iguaria que os portugueses adoram

Em 1841, no livro “Arte do Cozinheiro e do Copeiro” do Visconde de Vilarinho de S. Romão, consta uma primeira receita de bacalhau em forma de “bolinho” ou “pastel”. Também neste ano, no livro “Manual Prático da Cultura das Batatas”, o Visconde publica uma outra receita, contudo mais próxima do que conhecemos por pataniscas.

Décadas mais tarde, em 1876, no livro “Arte de Cozinha”, João da Mata apresenta duas receitas que se assemelham à dos pastéis de bacalhau: “Pastelinhos fritos de bacalhau à Holandeza” e “Pastelinhos de bacalhau”. Na receita à holandesa, era usado queijo ralado. Já na outra receita os pastéis eram cozidos no forno.

Pastéis de bacalhau: uma iguaria que os portugueses adoram

Finalmente, em 1903, no livro “A Cozinha Moderna” de Sousa Pereira surge uma compilação de receitas, onde constam uns pastéis semelhantes aos que fazemos atualmente, mas com a particularidade da fritura ser feita em manteiga de porco.

Pastéis de bacalhau: receita original

Ingredientes

– 450g de batatas

– 350 g de bacalhau

– 6 ovos

– 3 dentes de alho picados

– 1 ramo de salsa picada

– Sal e pimenta, q.b.

Pastéis de bacalhau: uma iguaria que os portugueses adoram

Modo de Preparação

– Num tacho, coza as batatas e o bacalhau.

– Depois, retire a casca das batatas e a pele e as espinhas do bacalhau.

– Rale tudo num passe vite e junte a salsa, o alho, as gemas de ovos, o sal e a pimenta.

– Bata as claras em castelo e envolva aos poucos.

– Mexa todos os ingredientes muito bem até obter uma mistura homogénea.

– Agora, modele os pastéis, utilizando duas colheres de sopa, passando a massa de uma para outra.

– Numa frigideira, ponha uma quantidade generosa de óleo e mergulhe os pastéis, fritando até dourar

– Retire, escorra e sirva bem secos.

Pastéis de bacalhau: uma iguaria que os portugueses adoram

Receita de bolinhos de bacalhau por necasdevaladares:

Vídeo de: necasdevaladares – receitas caseiras

Se gostou deste artigo, também poderá gostar de:

Arroz de Pato: um petisco vindo de Braga

Aprenda a fazer um delicioso arroz de tamboril

Carne de Porco à Alentejana: história e receita

_

Teresa Santos
Com formação em Humanidades, tem na investigação e na escrita a sua principal atividade. (exclusivamente responsável pelo conteúdo textual).

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.