Início Cultura Língua Portuguesa: Ter de ou Ter que

Língua Portuguesa: Ter de ou Ter que

Qual forma escolher: ter de ou ter que? Esta é uma pergunta frequente, principalmente quando se trata de escrever. Aprenda aqui a usar a forma correta.

Ter de ou Ter que
Língua Portuguesa: Ter de ou Ter que

Língua Portuguesa: Ter de ou Ter que

Qual forma escolher: Ter de ou Ter que? Esta é uma pergunta frequente, principalmente quando se trata de escrever. Aprenda aqui a usar a forma correta.

Utilizar a construção «ter que» em vez de «ter de» é, efetivamente, uma incorreção muito vulgar. E de tanto se ouvir e ver escrita, pode acontecer até que alguém que domine a língua cometa essa incorreção.

Qual será a forma correta?

a) Tenho que me ir embora.

b) Tenho de me ir embora.

Escolheu “tenho que”? Pois é, realmente ouve-se tantas vezes este erro que até o tomamos como certo. Mas a frase correta, neste caso, é a da alínea b). Vejamos porquê:

Ter que deve usar-se no sentido de “ter algo para”. Usamos esta expressão quando antes do “que” podemos subentender as palavras “algo”, “coisa” ou “coisas.

Ter de serve para exprimir “dever”, “obrigação”, “necessidade” ou “desejo” em relação a algo. Assim, pegando no exemplo inicial, “tenho de me ir embora” significa que se é obrigado a ir embora ou se tem necessidade.

Vejamos mais alguns exemplos:

Tenho de estudar = tenho necessidade de estudar / sou obrigado
Tenho que estudar = tenho muitas coisas para estudar

Tenho que comer = tenho alimentos para comer.
Tenho de comer = tenho necessidade, ou devo comer.

Ter de distingue-se de ter que, porque no primeiro caso está presente a ideia da obrigação, do dever, da necessidade, enquanto no segundo está presente a de dar uma informação sobre o que o emissor tem em mãos ou possui.

Atente nestas duas frases semelhantes, em que apenas se substitui a preposição «de» pelo pronome relativo «que», de modo a mostrar como o sentido é diferente.

Ter de ou Ter que
Língua Portuguesa: Ter de ou Ter que

a) «Ele não vai sair, porque tem de estudar.»

Com esta construção pretende-se dizer que ele deve estudar, precisa de estudar, tem a necessidade ou a obrigação de estudar; e a necessidade de estudar impede-o de sair.

Língua Portuguesa: Ter de ou Ter que

b) «Ele não vai sair, porque tem que estudar.»

Com esta construção pretende-se dizer que ele tem matéria para estudar. É da quantidade de estudo que há para fazer e não do dever de estudar que se pretende falar.

Não é o dever de estudar que o impede de sair, mas a quantidade desse estudo: não é o que «deve», aquilo de que «precisa», mas o que «tem», o que «possui».
_

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.