Início Cultura Língua Portuguesa: «Alter ego» sabe o que significa?

Língua Portuguesa: «Alter ego» sabe o que significa?

O latim exerce uma forte influência na língua portuguesa. Há muitas palavras e expressões latinas que são usadas regularmente. «Alter ego» sabe o que significa?

Alter ego
Língua Portuguesa: «Alter ego» sabe o que significa?

O latim exerce uma forte influência na língua portuguesa. Há muitas palavras e expressões latinas que são usadas regularmente. «Alter ego» sabe o que significa?

O latim pode não viver os tempos de maior importância, mas continua a estar muito presente na língua portuguesa. Esta língua continua a exercer uma forte influência na nossa língua, tal como o faz noutras línguas do mundo.

Facilmente podemos confirmar que existem inúmeras palavras / expressões em latim que permanecem a ter utilidade, sendo usadas com regularidade.

Estas palavras ou expressões continuam a mostrar o seu valor, pois permanecem a integrar o discurso de muita gente, enriquecendo o discurso, tornando-o mais eloquente. Quer saber mais?

Língua Portuguesa: «Alter ego» sabe o que significa?

História e importância

Entre as línguas que foram originadas a partir do latim, a língua portuguesa é tida como a última das línguas mais relevantes. Enquanto língua, o latim teve a sua origem em Itália, mais precisamente na região de Lácio. Contudo, ao longo do tempo, foi sendo modificada, como aconteceu com a língua portuguesa.

O latim é diferente na escrita e na fala. Desde a sua origem, o latim demonstrou grande influência, exercendo um papel importante na comunicação entre povos. A sua influência no mundo foi fortemente motivada pelo domínio dos romanos no mundo e pelo crescimento do cristianismo.

A versão falada do latim originou diversas línguas. Estas ficaram conhecidas como românicas ou neolatinas. É frequente ouvir-se nos discursos palavras e expressões em latim. O latim continua presente nas igrejas, nos tribunais e, frequentemente, na comunicação social.

Eis 10 palavras ou expressões em latim que deve conhecer!

Per summa capita

A expressão latina “per summa capita“ significa pelos pontos capitais. Esta expressão tem como significado por alto. Esta expressão é frequentemente usada no sentido de sem entrar em pormenores; dizer algo sucintamente; sumariamente.

Leia também:

Erga omnes

A expressão latina “erga omnes“ significa contra todos ou referente a todos.

No âmbito jurídico, esta locução latina designa aqueles direitos cuja eficácia e reconhecimentos produzem-se a favor de todos (nomeadamente, direitos reais), em oposição àqueles direitos cuja eficácia só afeta determinada pessoa ou determinadas pessoas (os chamados direitos pessoais).

Amicus Plato, sed magis amica veritas

A expressão latina “amicus Plato, sed magis amica veritas“ significa Platão é amigo. Porém, a verdade é mais amiga ou, então, numa tradução livre, amigo de Platão, mas mais amigo da verdade.

Ars longa, vita brevis

A expressão latina “ars longa, vita brevis” significa a arte é longa e a vida é breve. Esta é uma tradução latina do primeiro aforismo de Hipócrates.

In totum

A expressão latina “in totum“ significa no todo; isto é, na totalidade.

Non bis in idem

A expressão latina “non bis in idem“ significa no direito: “Não duas vezes pela mesma coisa”. É um axioma jurídico, que defende um réu, em virtude do qual ninguém pode responder, pela segunda vez, sobre o mesmo facto já julgado ou ser punido duplamente pelo mesmo delito.

Auri sacra fames

A expressão latina “auri sacra fames“ significa maldita fome de ouro. Esta foi a expressão pela qual Virgílio condenou a ambição desmedida.

Persona non grata  

A expressão latina “persona non grata” significa pessoa indesejada ou à qual se impõem restrições. Esta expressão pode significar diplomata desacreditado, cuja presença num país estrangeiro é indesejada.

Alter ego

A expressão latina “alter ego” significa outro eu. Alter ego pode significar ainda o amigo do peito, de confiança, para quem não há segredos. Pode ser pessoa em quem se deposita confiança absoluta.

Abditae causae

A expressão latina “abditae causae” significa causas ocultas, desconhecidas. Diz-se abditae causae das moléstias cujos sintomas não deixam entrever as causas que os produzem.

NCultura

Se gostou deste artigo, reaja a ele e faça um comentário!

Se gostou deste tema pode procurar outros artigos sobre Língua Portuguesa no NCultura. Se tem outros temas que pretende que sejam explorados pelo NCultura, deixe-nos sugestões. Se é apaixonado pela língua portuguesa, saiba que há muitos mais artigos para ler no NCultura.

Apaixone-se pelo NCultura e explore diferentes temáticas: turismo e viagens, saúde, gastronomia, cultura, histórias, entre outras…

3 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.