Início Tradições Cozido à Portuguesa: história e receita

Cozido à Portuguesa: história e receita

O Cozido à Portuguesa é um dos pratos mais típicos do país e um autêntico festival de ingredientes e sabores. Saiba mais sobre este ex-líbris português.

_

Cozido à Portuguesa: história e receita
Cozido à Portuguesa, Alentejo

No Alentejo, o cozido, que se chama cozido à alentejana, não leva galinha, mas pode levar borrego. O porco é rei, aproveitando-se quase todas as partes: joelho, orelha, entrecosto, rabo, toucinho… Não faltam os enchidos, da morcela à farinheira, passando pelo chouriço de carne, chouriço de sangue e ainda a linguiça. O grão também é tradicional usar-se.

Cozido à Portuguesa: história e receita
Cozido à Portuguesa, Algarve

No Algarve, há quem junte ao cozido batata-doce e um raminho de hortelã. Tal como no Alentejo, o grão também faz parte do prato.

Cozido à Portuguesa: história e receita
Cozido à Portuguesa, Açores

Nos Açores, onde o famoso cozido das Furnas – uma variação do cozido à portuguesa – é cozinhado debaixo da terra com o calor vulcânico das furnas, junta-se inhame e toucinho fumado à carne de vaca e de galinha.

Cozido à Portuguesa: história e receita
Cozido das Furnas, Açores

Não faltam a batata, a cenoura, a batata-doce e as couves. Os enchidos eleitos são o chouriço e a morcela.

Cozido à Portuguesa: história e receita
Cozido à Portuguesa, Madeira

Na Madeira, o cozido à portuguesa tradicional serve-se com fatias de pão e hortelã e, numa variação mais típica da ilha, com cuscuz e tomilho, sem enchidos, apenas com carne de porco magra e salgada.

Cozido à Portuguesa: história e receita
Cozido à Portuguesa: história e receita

Apesar das variações, pode-se afirmar que a receita-base é esta: carne de vaca, porco e frango; chouriço de carne e de sangue; farinheira e morcela; couve-portuguesa e couve-lombarda; cenoura, batata e nabo.

(cont.)

16 COMENTÁRIOS

  1. Saudades da família que lá se encontra, da querida Portugal de sua milenar culinária. Simplesmente maravilhoso. AMO PORTUGAL. !

  2. O jornalista Martin Page, que escreveu o livro “A Primeira Aldeia Global”, refere que o cozido à portuguesa é herança direta da alimentação das legiões romanas quando ficaram pela Península Ibérica.

  3. Na receita seria bom de dizer,na lista de ingrediante , para qual nombre de pessoas! assim 150g de chispe 100 g entrecosto etc… me parece pouco.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.