Início Cultura Língua Portuguesa: 25 palavras religiosas para conhecer melhor

Língua Portuguesa: 25 palavras religiosas para conhecer melhor

Conheça 25 palavras conotadas à religião e saiba como a língua portuguesa é vasta, rica e apaixonante: 25 palavras religiosas para conhecer melhor.

palavras religiosas
Língua Portuguesa: 25 palavras religiosas para conhecer melhor

Conheça 25 palavras conotadas à religião e saiba como a língua portuguesa é vasta, rica e apaixonante: 25 palavras religiosas para conhecer melhor.

E no início houve… a palavra. A palavra foi o início da aventura religiosa e o seu contributo foi decisivo na sua partilha. Desde o começo que ela foi indispensável para a transmissão de uma mensagem oral ou escrita. A religião tem tido na história um papel determinante e a língua portuguesa tem diversas palavras que funcionam como marcas desse contributo.

O universo religioso contribuiu de forma indelével para o percurso da humanidade, por isso é natural que a língua portuguesa possua termos bastantes interessantes e que funcionam como testemunho dessa marca.

Existem, claro, pontos positivos e negativos da religião (em todas as suas formas) nesse trajeto. Alguns episódios deixaram a sua marca pela negativa como, por exemplo, a Inquisição, a caça às bruxas, o Index Librorum Prohibitorum que é, numa tradução livre, o Índice dos Livros Proibidos.

Desde sempre, os seres humanos procuraram encontrar na religião algumas das respostas às questões mais radicais que conseguiram formular. Essa busca por respostas levou a diferentes propostas que desencadearam filosofias e religiões distintas. Essa diversidade acaba por enriquecer o conjunto de palavras que temos à nossa disposição.

Este artigo é uma compilação das palavras mais emblemáticas, ligadas ao universo religioso. São muitos os termos associados a esta temática, mas nem sempre se dá a merecida atenção aos seus significados. Portanto, fique a conhecê-los aprofundadamente.

Língua Portuguesa: 25 palavras religiosas para conhecer melhor

Amém

Termo em hebraico ámén significa “assim seja!”. Tendo o mesmo sentido em grego, escreve-se amén e em latim amen. Exprime concordância na religião, significa “assim é”, “concordo”, “assim seja”. Nome masculino que exprime concordância, assentimento, anuência, aprovação, consentimento. Embora seja raramente usado nesse sentido, também significa insignificância.

Leia também:

Batismo

Do grego, baptismós, significa imersão, batismo. No latim eclesiástico, é baptismu. Iniciação em que se mergulha alguém em água, a fim de fazer o batismo, que é um ritual de purificação.

Na religião, nomeadamente no catolicismo, o batismo é o sacramento que consiste na ablução, imersão, aspersão com água. Ato ou efeito de dar o nome a uma pessoa, animal ou coisa. É frequente fazer um batismo de forma a integrar uma religião, um partido ou um grupo.

No sentido figurado, está associado a qualquer nova experiência ou uma prova difícil que seja necessário superar, por exemplo, a primeira viagem de avião.

Beatificação

Do latim beatificatiõne. Nome feminino, sendo o ato ou efeito de beatificar. É a decisão pela parte do Papa pela qual é permitido que se preste, sob determinadas condições, culto público a uma pessoa, depois da morte desta, e que é formal se a decisão for precedida de um processo canónico ou equipolente (que tem o mesmo poder que outro, que é equivalente) se se trata apenas de reconhecimento de um culto tradicional. Ato solene em que se torna pública essa decisão.

Budismo

Termo que vem de Buda + ismo ou do francês bouddhisme. Enquanto religião, é o sistema filosófico e religioso fundado na Índia por Siddarta Gautama (563 a.C. – 483 a.C.). O Buda que atribui um papel central ao conceito do karma e que se baseia na noção de que toda a existência é sofrimento para definir como objetivo central de cada vida humana a obtenção do nirvana, o estado de libertação suprema.

Catequese

Termo que vem do grego katékhesis, isto é, ato de instruir de viva voz. No latim, o termo é catechêse. Ensino da doutrina da Igreja, realizado em regime escolar próprio. No sentido figurado, pode ser interpretado como doutrinação ou ensino.

Católico

Do grego Katholikós, “universal”, e do latim, catholicu. Religião que professa o catolicismo, que é universal. No sentido popular e figurado, é termo que se refere a alguém que está bom de saúde, bem-disposto, que funciona bem. O que segue a religião que tem como chefe o papa.

Deus

Assim, com maiúscula, na filosofia, refere-se ao princípio de todos os seres e origem e garantia de tudo o que de excelente existe no mundo. Na religião, existem interpretações naturalmente distintas.

Numa visão monoteísta, é o ser único e absoluto, sendo eterno, necessário, insubstituível, infinitamente perfeito, o criador de todos os universos e de todos os seres. Na interpretação de uma religião politeísta, é um termo referente a um ser superior, apresentando um poder sobre os humanos e ao qual todos os seres prestam veneração.

Assim, num sentido meramente figurado, pode também ser um termo usado para uma pessoa pela qual se demonstra uma extrema dedicação. Algo ou alguém que é objeto de total adoração e pelo qual se sacrifica tudo.

Devoto

Do latim devõtu, particípio passado de devovere, que é dedicar ou consagrar. Devoto é aquele que tem devoção, que é religioso. Aquele que inspira devoção, que é objeto de culto especial. Aquele que é dedicado, religioso, que tem devoção, que é admirador, amigo dedicado. Tem como sinónimos religioso, crente e pio. Tem como antónimos termos como cético, ateísta, incrédulo, descrente.

Diabo

Termo que vem grego diábolos que surgiu como “o caluniador”; enquanto no latim diabölu tem já o sentido de diabo. Diabo, com maiúscula, é o génio inspirador que presidia ao destino de cada um, isto de acordo com as crenças da Antiguidade. É alma, espírito.

Na religião, é anjo rebelde que foi expulso do céu e precipitado no abismo, o inferno. Isto de acordo com a tradição judaico-cristã, é o génio ou espírito do mal, Demónio, Satanás. No sentido figurado, pessoa má, perversa, pessoa astuta. Em contexto coloquial, é pessoa irrequieta, criança turbulenta.

Diabo é ainda uma palavra a que o povo recorre com frequência em expressões como “andar o diabo à solta” (quando há uma sucessão de acontecimentos desastrosos ou funestes); “vendeu a alma ao diabo” (perder ou trocar algo certo por algo mais ambicioso sem garantias, prejudicando o futuro em prol de algo incerto); “ser da raça do diabo”, “vestir a pele do diabo”, “ter o diabo no corpo” são outras expressões comuns.

Dízimo

Significa a décima parte de algo. Desde a Antiguidade que o dízimo foi imposto por reis, exigindo essa participação do povo. Contudo, os dízimos, no plural, referem-se ao contributo dos católicos para o clero e para o culto.

Termo que provém do latim, fide, fé. Crença absoluta na existência ou veracidade de determinado facto; convicção íntima. A confiança absoluta em algo ou alguém. Compromisso de fidelidade à palavra dada, lealdade, crédito.

No contexto da religião, refere-se à adesão aos dogmas de uma doutrina religiosa considerada revelada. Primeira das virtudes teologais, graças à qual se acredita nas verdades reveladas por Deus. Fé é qualquer crença religiosa. Um ato de fé é o gosto ou atitude que exprime a profunda convicção de uma pessoa em relação a uma ideia.

Dar fé de algo é uma expressão que se usa para dizer que alguém deu conta de algo, apercebeu-se, notou que algo aconteceu ou foi feito por alguém. Também se recorre muito à expressão fazer fé de algo. Por exemplo, “fazendo fé no que ele disse, temos de chamar a polícia”, isto é, dando crédito e o devido valor ao que foi dito por ele, então devemos mesmo chamar a polícia.

Fiel

Termo que vem latim fidele. Aquele que guarda fidelidade, que cumpre os compromissos assumidos. Leal; probo. Seguro. Constante, que é exato ou verdadeiro em relação àquilo que pretende refletir. Aquele que cumpre os compromissos de monogamia assumidos com o cônjuge, companheiro(a) ou namorado(a). Empregado que tem a seu cargo a guarda de valores. Fiel é também um termo que se usa para o ajudante de tesoureiro.

No plural, é um termo que identifica sectários de uma religião; fiéis também significa “os cristãos”. Por exemplo, a comemoração dos fiéis defuntos, que ocorre no dia 2 de novembro, é a comemoração dos cristãos falecidos.

Milagre

Termo que advém do latim miracülu. É um facto inexplicável pelas leis da natureza e que é atribuído à causa sobrenatural ou divina; um facto extraordinário. Termo que identifica uma figura de cera como cumprimento de um voto que se oferece aos santos. No sentido figurado, é maravilha, algo inesperado e que parece incompreensível.

Monoteísmo

Do grego mónos, “único” mais théos, “deus” mais ismo, ou do francês monotheísme. É a doutrina religiosa que reconhece um único Deus, distinto do mundo. Entre as religiões monoteístas, estão o cristianismo, o judaísmo, o islamismo e, entre outras, o zoroastrismo.

Oração

Termo do latim oratiöne. É a invocação de Deus, dos santos. Na religião, o ato de rezar tem como sinónimos reza, prece, súplica, sendo, assim, uma meditação que inclui prece e contemplação. Na liturgia católica, o pai-nosso é uma oração, sendo a oração mais conhecida do cristianismo.

Omnipotente

Termo que vem do latim omnipotente, que significa todo-poderoso. Aquele que pode (fazer) tudo. É, por isso, tido na religião, como sinónimo de Deus, Criador.

Pagão

Aquele que segue uma religião que tem como base a crença em vários deuses. No sentido pejorativo, é aquela pessoa que não segue determinados princípios religiosos, tidos como verdadeiros.

Papa

Do grego páppas, “avô”, e do latim, papa. O Papa é o elemento máximo de uma estrutura. Na religião, é o chefe supremo da Igreja Católica ou de qualquer outra Igreja. No sentido figurado, é uma pessoa que é muito respeitada na sua área de especialidade.

Peregrino

Termo que vem do latim peregrïnu, aquele que viaja no estrangeiro. O peregrino é aquele que peregrina. É também algo que é estranho, pouco visto, que é raro. É um adjetivo que está associado ao que é extraordinário, excecional.

Na religião, é a pessoa que viaja a um lugar santo, fruto da sua devoção ou como forma de cumprir uma determinada promessa. É um romeiro. Pessoa que viaja por locais longínquos ou por terras consideradas exóticas.

Politeísmo

Doutrina ou religião que admite ou defende uma pluralidade de deuses. Termo que vem do grego polýs, “muito(s)” e théos, “deus”, mais o ismo. Tem como antónimo o monoteísmo, uma visão que só admite a existência de um deus, criador de tudo.

Quaresma

Termo que vem do latim quadragesima, isto é, o quadragésimo dia. Este conceito está ligado à religião, referindo-se ao período do ano litúrgico católico, que decorre como preparação penitencial da Páscoa, desde a quarta-Feira de Cinzas.

Contudo, também é um termo ligado à botânica, referindo-se a uma planta herbácea, da família das Saxifragáceas, sendo espontânea e frequente em Portugal. Possui hastes florais tomentosas e pouco ramificadas que conseguem, por vezes, superar os 60 cm de altura. Possui flores com pétalas brancas e nervos escuros.

Religião

O termo religião vem do latim religiöne e tem um significado muito abrangente. É fruto da crença na existência superior de um poder sobre-humano; o crente considera-se dependente desta entidade superior, respeito ou reverência às coisas sagradas.

Religião é o conjunto de rituais, práticas e preceitos pelos quais se manifesta essa crença. Um culto prestado à divindade. Existindo no mundo inúmeros mistérios para os quais não há resposta, cada uma das distintas doutrinas humanas/religiões propõe uma explicação diferente para a origem de tudo, a sua ordenação e destino do universo.

No sentido figurado, religião é um termo usado no sentido de devoção, grande dedicação, crença ou escrúpulo. Havendo, ainda, uma distinção entre a religião natural e a positiva ou revelada. A primeira, natural, é sem recurso à revelação divina, sendo dependente apenas dos dados do sentimento e da razão. Enquanto a segunda, revelada ou positiva, é aquela em que os dados da razão e dos sentidos são complementados e confirmados pelos da revelação.

Rezar

Dizer orações; orar. Como verbo transitivo, celebrar (missa). Mencionar, referir, pronunciar. Determinar, prescrever. No sentido figurado, pode ser usado no sentido de resmungar.

Salvação

Do latim salvatĭone. Ato ou efeito de salvar ou de salvar-se. Redenção, bem-aventurança, saudação, sendo salvar pôr a salvo, livrar de perigo, preservar, defender. Dar saúde a, livrar do inferno ou do purgatório. Conservar intacto. Cumprimentar. Remir. Obter a salvação eterna.

Santo

Identificamos como santo aquele que foi beatificado; alguém canonizado. Aquele que a Igreja canonizou é um santo. Termo relativo à religião, próprio do culto religioso e dos seus rituais. Algo sagrado, venerável, respeitável, puro, imaculado, inviolável. Algo eficaz, benéfico, útil. Os dias em que a Igreja proíbe o trabalho diz-se que são dias santificados.

Pode, também, referir-se a um indivíduo que morreu em estado de santidade; imagem de pessoa santificada. No sentido figurado, recorre-se a este termo para qualificar uma pessoa extremamente bondosa. É, ainda, uma variedade de trigo.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.