Início Tradições 10 das melhores Francesinhas no Grande Porto

10 das melhores Francesinhas no Grande Porto

Quais as melhores? A Francesinha é o mais famoso prato do Porto apesar de não ser o mais tradicional. 10 das melhores Francesinhas no Grande Porto.

10 das melhores Francesinhas no Grande Porto
10 das melhores Francesinhas no Grande Porto

Julga-se que o pai da francesinha no Porto foi um português de nome Daniel David Silva, na década de 1950, quando ele trabalhava no restaurante “A Regaleira”. Este prato típico da Invicta, criado nos anos 50, conquista os corações e as barrigas dos portuenses todos os dias, e nem os turistas lhe resistem. E até já existem variações menos tradicionais, como as vegetarianas ou as que levam frango em vez de carne vermelha. Mas quais as melhores? A Francesinha é o mais famoso prato do Porto apesar de não ser o mais tradicional. E se não quer aprender a fazer molho de francesinha ou a melhor francesinha à moda do Porto, apresentamos-lhe 10 das melhores Francesinhas no Grande Porto:

10 – Mauritânia Real

10 Francesinhas irresistíveis no Grande Porto
10 das melhores Francesinhas no Grande Porto – © Pedro Granadeiro/GI

Há mais de duas décadas que a Mauritânia Real tem, por mérito próprio e pela perseverança de Artur Moreira, conseguido destacar-se com uma francesinha de qualidade que ombreia com as melhores da Invicta.

A clássica francesinha aqui tem uma versão à casa, com ovo estrelado em cima, e uma versão especial, que inclui três gambas no recheio, ou não estivesse em Matosinhos.

A qualidade e a confecção na hora são duas das principais qualidade da casa. Aqui até as batatas, aos palitos ou à inglesa, são cortadas no próprio dia e fritas só após o pedido. Por isso, a francesinha é totalmente personalizável.

MORADA: Rua Ló Ferreira, 239, Matosinhos
TELEFONE: 229371363
HORÁRIO: Todos os dias das 12h00 às 02h00.
CUSTO: (€) 15 euros

09 – Tappas Caffé

10 Francesinhas irresistíveis no Grande Porto
10 das melhores Francesinhas no Grande Porto – © Pedro Granadeiro/GI

Tudo nasceu de uma brincadeira entre amigos. O casal Carlos e Sandra Saraiva sempre gostou de fazer jantares em casa com amigos. Um dia, um deles disse-lhes que deviam abrir uma casa de petiscos.

Queriam desde logo ter uma francesinha diferente. Por isso, após alguns meses abertos, Sandra tomou a decisão radical de fechar o estabelecimento, remodelar o espaço e instalar um forno a lenha para as francesinhas.

A primeira semana foi de teste e adaptação». Mesmo o molho, receita da sua tia Eduarda teve de ser retocado.

Para equilibrar o aroma do fumo, foram testando as carnes e os enchidos, o queijo e o pão até chegaram ao ponto correto. O sucesso chegou rapidamente.

Nesse primeiro ano participaram no Festival da Francesinha, que se realizava no Largo do Calém, em frente ao Douro. Foram o restaurante que mais vendeu. Passados 15 anos, continua a ser um restaurante familiar, onde toda a gente se trata por tu.

MORADA: Rua Dr. António Granjo, 549, Vila Nova de Gaia (Candal)
TELEFONE: 223706196
HORÁRIO: Das 12h00 às 14h30 e das 19h00 às 22h30. Encerra domingo ao almoço e segunda.
CUSTO: (€) 15 euros

08 – Café Santiago

10 Francesinhas irresistíveis no Grande Porto
10 das melhores Francesinhas no Grande Porto – © Pedro Granadeiro/GI

Quem já passou pela rua Passos Manuel ao almoço ou ao jantar, certamente reparou nas filas à porta dos dois Cafés Santiago.

Este negócio de família tornou-se nos últimos anos um dos sítios de francesinhas mais famosos da cidade.

Um dos segredos da francesinha está no molho. É o que chamam de «Essência», uma mistura de bebidas generosas que é colocada durante o processo.

O recheio é feito com mortadela, salsicha fresca e linguiça da Salsicharia Leandro, bife (de novilho, porco ou peru), queijo e fiambre. Por cima, o ovo rodeado de queijo com a gema à mostra é uma espécie de assinatura da casa.

MORADA: Rua Passos Manuel, 226, Porto (Baixa)
TELEFONE: 222055797
HORÁRIO: Das 11h00 às 23h00. Encerra ao domingo.
CUSTO: (€) 10 euros

07 – Offline

10 Francesinhas irresistíveis no Grande Porto
10 das melhores Francesinhas no Grande Porto – © Pedro Granadeiro/GI

A francesinha do Offline é conhecida pelo seu bife: um bom pedaço de carne (de Lafões) do lombo de boi, mal passado, como mandam as regras, que dá à francesinha uma altura acima da média.

José Alexandre Fernandes, que abriu este espaço em Gaia há 25 anos, acredita que a boa carne é essencial para uma francesinha. O molho também. E aqui ele é feito com cebola, alho, salsa picada, uísque, cerveja e porto branco.

Aqui também há versão original da francesinha. «Muita gente não sabe, por isso aviso sempre, que a original tem apenas salsicha e linguiça.

Depois é que se começou a rechear com fatias de carne assada e mais tarde com bife», explica José Fernandes.

MORADA: Rua Pádua Correia, 273, Vila Nova de Gaia (Mafamude)
TELEFONE: 223758344
HORÁRIO: Das 12h00 às 02h00. Domingo abre às 18h00. Não encerra.
CUSTO: (€) 15 euros

06 – Capa na Baixa

10 Francesinhas irresistíveis no Grande Porto
10 das melhores Francesinhas no Grande Porto – © Pedro Granadeiro/GI

O Capa na Baixa ainda não festejou um ano de existência mas já se assumiu como uma das melhores francesinhas do Porto.

É que apesar da curta existência abriu com o saber e a experiência acumulada de anos e anos de funcionamento pois Ana e Nuno Fontes, os dois responsáveis pelo espaço, são filhos de Amândio Fontes, um dos sócios do famoso Capa Negra II.

A francesinha do Capa na Baixa mantém as características que deram fama à casa que lhe serviu de inspiração: um bife de qualidade sem nervos e gorduras e um molho rico e espesso, com um sabor intenso e picante, resultado dos muitos ingredientes que se juntaram em harmonia no espaço e no tempo certos.

MORADA: Rua do Bonjardim, 175, Porto (Baixa)
TELEFONE: 223321020
HORÁRIO: De segunda a quinta das 11h00 às 00h00, sexta e sábado até às 02h00.
CUSTO: (€) 15 euros

05 – Lado B

10 Francesinhas divinais no Grande Porto
10 das melhores Francesinhas no Grande Porto

Situado no centro da baixa do Porto, mesmo em frente ao Coliseu, o Lado B Café é um espaço com arquitectura moderna e decoração ligada ao universo da música, onde pode desfrutar do melhor que se faz na cidade na área da restauração, num ambiente informal, a preços acessíveis, onde se serve uma das melhores francesinhas do Porto.

Com carácter de cervejaria, funciona igualmente como restaurante, café e bar, apresentando um menu variado e uma carta de vinhos e cervejas extensa.

MORADA: Rua Passos Manuel, 190-192, Porto (Baixa)
TELEFONE: 222 014 269
HORÁRIO: Seg – Qui > 11:00 – 24:00
Sex – Sáb > 11:00 – 02:00
Domingo > Encerrado
CUSTO: (€) 8,5 euros

04 – Bufete Fase

10 das melhores Francesinhas no Grande Porto – © Pedro Granadeiro/GI

Há mais de três décadas que José Menezes controla a pequena cozinha do Bufete Fase com a ajudar da filha Filipa Menezes. São precisas quase seis horas para que, ao meio-dia, tudo esteja a postos para começar a servir as francesinhas, cumprindo uma das máximas da casa que já lhes valeu vários prémios: «Tudo aqui é fresco».

Além das linguiças no topo da francesinha, outra das imagens de marca da casa é o molho suave e adequado para todos, incluindo crianças e palatos mais sensíveis.

Só leva produtos de qualidade e por defeito não leva picante. «Só é picante se o cliente pedir e aí acrescento picante natural de malaguetas moídas», explica.

MORADA: Rua de Santa Catarina, 1147, Porto (Baixa)
TELEFONE: 222052118
HORÁRIO: De segunda a sexta das 12h15 às 16h00 e das 18h00 às 21h30.
CUSTO: (€) 15 euros

03 – Cervejaria Brasão

10 das melhores Francesinhas no Grande Porto – © Pedro Granadeiro/GI

A receita do molho da francesinha da Cervejaria Brasão e do seu irmão mais velho – Yuko – só uma pessoa é que a sabe: Maria de Fátima, a mãe de Sérgio Cambas, responsável por estes dois restaurantes. «Ela vai dar-me a receita quando for tempo disso», diz.

Embora não saiba a receita, sabe que a estrutura do molho é uma base de carnes – caldo feito com ossos, enchidos, muita cebola, mão de vaca, osso de presunto, tomate e muita cerveja e, desconfia, aguardente vínica velha.

Uma fatia de presunto e salpicão, linguiça e salsicha fresca da Leandro, fiambre da perna, bife de alcatra e queijo fazem o recheio.

MORADA: Rua Ramalho Ortigão, 28, Porto
TELEFONE: 934158672
HORÁRIO: Não encerra.
CUSTO: (€) 15

02 – Chamiço

10 das melhores Francesinhas no Grande Porto – © Pedro Granadeiro/GI

Chamiço significa “brasas” em língua angolana, conta o gerente da casa homónima que abriu portas em 1972 e que desde então serve a mítica sanduíche portuense.

A francesinha é «montada como antigamente», apenas se substituiu o lombo de porco pelo bife e, garante José Santos, 50 anos, filho de um dos fundadores e praticamente criado no Chamiço, será a segunda casa mais antiga da cidade a preparar este prato.

MORADA: Rua da Constituição, 1057, Porto (Constituição)
TELEFONE: 225088216
HORÁRIO: Das 12h00 às 02h00, domingo até às 00h00. Encerra no Natal.
CUSTO: (€) 10 euros

01 – Cunha

10 das melhores Francesinhas no Grande Porto – © Pedro Granadeiro/GI

Gerações sucessivas de portuenses guardam memórias da Cunha, cuja imagem de marca são as pequenas “ilhas de sofás”, os balcões em madeira e os belíssimos candeeiros que pontuam o espaço, um projeto dos arquitetos Victor Palla, Bento d’Almeida e João Bento d’Almeida.

É com orgulho que Fernando Ferraz, o gerente, conta que criou há cerca de 23 anos a francesinha que ainda hoje ali é servida.

Montada com pão de forma, também pode ser servida com pão bijou se o cliente assim o desejar.

MORADA: Rua Guedes de Azevedo, 41, Porto (Baixa)
TELEFONE: 223393073
HORÁRIO: Todos os dias (só encerra no Natal), das 12h00 às 02h00.
CUSTO: (€) 10 euros

4 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.