Início Viagem Serra de Fafe: o que fazer, o que comer e onde ficar

Serra de Fafe: o que fazer, o que comer e onde ficar

Vá até Braga e conheça uma serra cheia de pontos de interesse para explorar e descobrir. Serra de Fafe: o que fazer, o que comer e onde ficar.

Serra de Fafe
Serra de Fafe: o que fazer, o que comer e onde ficar

Vá até Braga e conheça uma serra cheia de pontos de interesse para explorar e descobrir. Serra de Fafe: o que fazer, o que comer e onde ficar.

A Serra de Fafe mantém a sua Natureza no estado mais puro. Nas proximidades de Braga, esta serra é conhecida pelas suas casas construídas com rochas das montanhas e pelos seus percursos pedestres pelas aldeias da margem do Rio Vizela, pela rota dos Espigueiros, pelo trilho da Babeita de Cima (Mós).

Admire o artesanato local e uma gastronomia deliciosa que vale a pena saborear.

Serra de Fafe: o que fazer, o que comer e onde ficar

Pontos de interesse

Leia também:

Vídeo de: Portugal visto do Ceu

Serra de Fafe
Serra de Fafe: o que fazer, o que comer e onde ficar

Cidade de Fafe

A cidade de Fafe tem origem medieval, embora com marcas e legado pré-histórico. Fica localizada na região norte e sub-região do Ave e conta mais de 14.000 habitantes.

A sua natureza em estado puro, com uma paisagem verdejante, água fresca e caminhos montanhosos que permitem chegar a deslumbrantes miradouros tornam esta cidade num verdadeiro encanto e postal ilustrados.

Serra de Fafe
Serra de Fafe: o que fazer, o que comer e onde ficar

Igreja Matriz de Fafe

A Igreja Matriz é um edifício medieval que fica bem no centro da cidade, ao redor do qual se desenvolve o núcleo urbano principal. Reconstruído e ampliado no século XVIII, a sua fachada apresenta linhas simples e harmoniosas, enquanto no interior já se encontram altares, um dos quais com retábulo de talha rococó. Também foi em setecentos que recebeu as duas torres e a fachada barroca que, desde aí, marcam a imagem desta igreja.

Serra de Fafe
Serra de Fafe: o que fazer, o que comer e onde ficar

Casa do Penedo

Sobejamente conhecida, este é, sem dúvida, o edifício mais peculiar da região, quiçá do país! Construída nos anos 70, esta casa é um ex libris local, tendo já sido referida em publicações internacionais como o Daily Mail ou a National Geographic.

Acessível a pé ou de carro, é possível admirar esta casa única e isolada. Este refúgio foi construído com três grandes penedos de granito, pré-existentes no local. A partir dela, a vista é excelente, sendo visível, de um lado, a serra do Marão e a Senhora da Graça e, do outro, os montes do Sameiro, Braga e da Penha, Guimarães.

Serra de Fafe
Serra de Fafe: o que fazer, o que comer e onde ficar

Aldeia de Mós

A aldeia de Mós fica em Aboim. Ela constitui um miradouro natural para várias serras, como as da Cabreira, do Marão, da Amarela e do Gerês, e albufeiras e vales como os do Ermal e da Ribeira de Linhares.

A paisagem tranquila e bucólica é composta por serras, prados e bosques que desenham um cenário único e deslumbrante. O caminho até lá é sinuoso e já constituiu um dos troços do rali de Portugal, o de Luílhas e da Lameirinha.

Serra de Fafe
Serra de Fafe: o que fazer, o que comer e onde ficar

Passeios pedestres

Com tanta Natureza e serras, é compreensível a grande oferta de passeios pedestres existente na região.  “À descoberta de Aboim”, “Rota do Marouço” e “Aldeias das Margens do Rio Vizela” são alguns dos trilhos disponíveis e que vale mesmo a pena percorrer.

Pelo caminho, irá encontrar cruzeiros, uma capela e os espigueiros e, nas proximidades, pode visitar o moinho de vento de Aboim.

Serra de Fafe
Serra de Fafe: o que fazer, o que comer e onde ficar

Castro de Santo Ovídio

Este é o sítio arqueológico do município mais conhecido, ficando localizado junto à bacia hidrográfica do rio Vizela. É exemplo do legado pré-histórico da região.

As escavações no local colocaram a descoberto estátuas, habitações, arruamentos e outros importantes elementos para o conhecimento da arquitetura e urbanismo do castro, datado aproximadamente dos séculos I a.C. e I d.C.Estas escavações recuperaram, ainda, importantes vestígios de cerâmica e material lítico e metálico.

Onde ficar

Se procura ficar hospedado na região de Fafe, há algumas opções interessantes disponíveis.

Casa de Fora/Casa de Domingues (turismo rural): Esta “Casa de Campo ou Agroturismo” fica na aldeia de Mós, a 25kms de Fafe e a 8kms da Barragem do Ermal.

Casa de Mós: Esta casa fica na serra das Cabreiras, no Parque Nacional Peneda-Gerês. Tem capacidade para 10 pessoas, piscina, churrasqueira, lareira, jardins e pátios.

Serra de Fafe
Serra de Fafe: o que fazer, o que comer e onde ficar

O que fazer

Teleski: Na Albufeira do Ermal, existe esta estrutura onde é possível praticar ski aquático, wakeboard, mono-ski e kneeboard. Junto à pista do teleski, há uma zona balnear muito frequentada no verão.

O que comer

Para ficar a conhecer a região no seu todo, deve render-se à gastronomia local que, sendo minhota, não é difícil de gostar.

Experimente a vitela assada à moda de Fafe, arroz de pato, chanfana, churrasco de boi, bacalhau recheado com broa ou assado, lulas grelhadas e lombinhos de vitela.

4 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.