Início Viagem Vale de Poldros: a aldeia dos Hobbits portuguesa 

Vale de Poldros: a aldeia dos Hobbits portuguesa 

Em Vale de Poldros há um restaurante que traz vida a uma aldeia abandonada. Venha conhecer Vale de Poldros: a aldeia dos Hobbits portuguesa.

Vale de Poldros
Vale de Poldros: a aldeia dos Hobbits portuguesa

Vale de Poldros: a aldeia dos Hobbits portuguesa. Consegue imaginar-se a viver completamente sozinho numa aldeia? O silêncio, certamente, seria ensurdecedor e não se consegue imaginar a nossa vida entregue a tão expressivo isolamento. Mas parece que nem todos pensam da mesma forma e ainda bem…

Existe em Vale de Poldros uma aldeia onde vive apenas um homem. Mas ele não está só, pois decidiu abrir um restaurantes, para conceder umas folgas ao silêncio e com isso chamar muitas pessoas que ficam encantadas com a aldeia, seduzidas pelo restaurante, deliciadas com a comida e conquistadas pelas atenções e simpatia do proprietário.

Uma aldeia de um homem só, mas não sozinho.

Vídeo de: 360portugal | Fotografia e video aéreo, visitas virtuais 360º de Portugal


Leia também: Igreja de Válega é a igreja mais bonita de Portugal?


Vale de Poldros
Vale de Poldros: a aldeia dos Hobbits portuguesa

Vale de Poldros: a aldeia dos Hobbits portuguesa 

O isolamento

Só a viagem até à aldeia é, por si só, uma experiência, pois são muitos os quilómetros de estrada percorridos, sem se conseguir avistar qualquer povoação. São muitos minutos em que se está em completo silêncio, sem se ver qualquer pessoa.

O melhor mesmo é levar companhia! A 1200 metros de altitude, está Vale de Poldros e de lá poderá contemplar uma bela paisagem, com acesso a uma vista deslumbrante da serra da Peneda.

Vale de Poldros
Vale de Poldros: a aldeia dos Hobbits portuguesa

A aldeia

Esta aldeia integra o concelho de Monção. Ela está quase abandonada, não fosse a resistência e determinação de um homem. Ela é conhecida como “a aldeia dos hobbits”. O verde da paisagem, as montanhas e vales a contrastar com as construções em pedra dão ao espaço um encanto rústico e peculiar.

A ruralidade de uma vida de outros tempos concede a esta aldeia um novo fôlego, aldeia que só não está completamente abandonada pela presença de um homem determinado que manteve a aldeia viva pela sua simples presença.


Leia também: As 8 aldeias mais bonitas de Trás-os-Montes


Vale de Poldros
Vale de Poldros: a aldeia dos Hobbits portuguesa

O homem

O nome do homem que habita a aldeia Vale de Poldros é Fernando Gonçalves. Ele é o único habitante desse sítio. Tem 48 anos. foi emigrante em Andorra e, em 2004, regressou à sua terra natal. Decidiu, então, abrir um restaurante para dar descanso ao silêncio que era omnipresente. Foi com o restaurante que ultrapassou o isolamento.

Vale de Poldros
Vale de Poldros: a aldeia dos Hobbits portuguesa

O restaurante

Fernando Gonçalves mantém a vida nesta aldeia, pois possui um restaurante que chama pessoas à localidade. O restaurante tem o mesmo nome da aldeia, Vale de Poldros, e, naturalmente, além de ficarem encantadas com o cenário de isolamento e abandono, os clientes também não deixam de ficar maravilhados com a oferta gastronómica que partilha alguns dos segredos culinários do Alto Minho.

O Sr. Fernando Gonçalves acumula diferentes funções no seu restaurante. Além de ser o proprietário, é também o cozinheiro e o anfitrião. Recebe atualmente muitos clientes, alguns dos quais são fiéis e regressam a este espaço que os encantou.

Outros são curiosos, movidos pelo interesse na história. A mediatização da “aldeia de um só homem” leva a que muitos cedam à tentação de visitar o famoso lugar. Existem ainda muitos clientes provenientes de Espanha.

Vale de Poldros
Vale de Poldros: a aldeia dos Hobbits portuguesa

As portas do restaurante Vale de Poldros permanecem abertas ao longo de todo o dia e o Sr. Fernando desdobra-se em múltiplas atenções aos visitantes e, com tanta estima, “obriga” os seus clientes a voltarem…

No entanto, para quem pretende visitar o restaurante à noite, saiba que só pode apreciar a deliciosa comida do proprietário e cozinheiro, se fizer a encomenda com a devida antecedência.


Leia também: Sistelo: a aldeia portuguesa que nos deixa sem palavras


Vale de Poldros
Vale de Poldros: a aldeia dos Hobbits portuguesa

O serviço

O que está sobre as mesas vai mudando ao longo do tempo, pois o Sr. Fernando é um homem atento e atencioso, que ouve atentamente os seus clientes e consegue aprimorar o serviço, de acordo com o gosto de quem aparece no restaurante.

A época do ano também é algo que é levado em consideração. As pessoas chegam e ficam a saber o que o Sr. Fernando tem à disposição. Não há uma lista com a qual se possa contar. Durante todo o ano, há apenas algumas opções que são fruto dos produtos que estão à mercê do Sr. Fernando.

Vídeo de: Portugal visto do Ceu

Este é um cozinheiro dedicado e experiente, pois desde o momento da abertura do espaço, foi conseguindo aprimorar os seus talentos gastronómicos. Os pratos são bem apurados e todos contam com matéria-prima de excelência, pois disso o Sr. Fernando não prescinde.

Existem diferentes opções que podem (ou não) estar disponíveis, tais como: novilho assado, feijões afogados (misturados com arroz e massa), sopa aveludada de saramagos (planta silvestre), costeletão de novilho.

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.