Início Cultura Santo António, a festa das marchas e casamentos em Lisboa

Santo António, a festa das marchas e casamentos em Lisboa

O Santo António está a chegar, com muita sardinha, manjericos e bailaricos. E em Lisboa, há arraiais na noite de 12 para 13 de junho.

Santo António, festa das marchas e casamentos em Lisboa

Santo António, a festa das marchas e casamentos em Lisboa

O Santo António está a chegar, com muita sardinha, manjericos e bailaricos. E em Lisboa, há arraiais na noite de 12 para 13 de junho.

O Santo António está a chegar, com muita sardinha, manjericos e bailaricos. Apesar de não ser a única cidade onde se festeja este santo popular, é impossível falar nas festas de Santo António sem falar em Lisboa.

Santo António, festa das marchas e casamentos em Lisboa

Por estes dias, a cidade já se enfeita e prepara para receber as marchas e, também, para dar as vivas aos noivos que por estes dias se preparam para contrair matrimónio.

Conheça o programa das festividades e fique a saber mais sobre este santo casamenteiro que, apesar de não ser o padroeiro da capital, é certamente um dos santos mais adorado pelos lisboetas.

Santo António, festa das marchas e casamentos em Lisboa

A festa das marchas e dos casamentos é já a 13 de junho!

Santo António é muito venerado em Lisboa e o mote para as festas da noite de 12 de junho que antecedem o dia que celebra este santo e, por isso, é feriado municipal, o dia 13 de junho.

Santo António, festa das marchas e casamentos em Lisboa

Na noite, há o desfile das marchas populares na Avenida da Liberdade, enquanto na tarde do dia seguinte, faz-se uma procissão em honra do santo, percorrendo-se as ruas em volta da Sé.

Para além de tudo isto, há os arraiais que se espalham um pouco por todos os bairros típicos da cidade. Castelo, Mouraria, Graça, Alfama, Ajuda e Bairro Alto são alguns dos espaços repletos de música, bailes e canções populares.

Santo António, festa das marchas e casamentos em Lisboa

Para estes dias de festa, os bairros vestem-se a rigor com grinaldas e globos coloridos. Pelo ar, o cheiro a sardinha assada confunde-se com o aroma a manjericos, sempre acompanhados por um cravo de papel e uma bandeira com uma quadra popular.

Se estes são os principais momentos da festa rija que se comemora de 12 para 13 de junho, saiba que durante todo este mês há muitos eventos multiplicados pela cidade, alusivos a esta quadra. A programação inclui espetáculos de fado, jazz e outros géneros musicais; fado nos elétricos; festivais de cinema e teatro; provas desportivas; e exposições.

Conheça a programação completa, aqui.

Santo António, festa das marchas e casamentos em Lisboa

Santo António de Lisboa

Santo António nasceu em Lisboa, crê-se que a 15 de agosto de 1195, junto às portas da cidade, onde depois se construiu uma igreja em sua honra.

Tornou-se Frade Franciscano, tendo-se recolhido como Eremita nos Olivais (Coimbra), altura em que muda o seu nome de Fernando para António.

Ficou conhecido como um importante teólogo e pregador, que viveu em várias terras e cidades da Europa.

Faleceu em 1231 no Oratório de Arcela, na casa do Conde de Tiso, seu amigo pessoal. Foi canonizado um ano depois da sua morte, devido à importância que lhe foi reconhecida enquanto homem. A iniciativa foi do Papa Gregório IX que o chamou “Arca do Testamento”.

Foi considerado Doutor da Igreja, um homem superior e autor de vários milagres, o que o transformou num taumaturgo de grande relevo.

Santo António

Casamentos de Santo António

Esta tradição lisboeta, associada à figura de Santo António, teve início em 1958, quando 26 casais contraíram matrimónio na Igreja de Santo António. O objetivo da iniciativa era oferecer o casamento a casais com menos possibilidades económicas.

Desde aí, os Casamentos de Santo António são um evento incontornável das festas da cidade. Est ano não é exceção e no dia 12 de junho a tradição repete-se, podendo estas cerimónias que celebram o amor e a tradição serem acompanhadas através da televisão, na RTP1.

Sardinhas na brasa

Santo António

Ingredientes

– 12 sardinhas limpas

– 1 colher de sopa de sal grosso

– 1 colher de chá de pimenta preta

– 1 chávena de chá de azeite

Santo António

Modo de Preparação

– Coloque carvão num assador, acenda e deixe formar brasas.

– Lave as sardinhas, seque-as e coloque-as numa tigela. Tempere com o sal e a pimenta.

– Pincele as sardinhas com parte do azeite disponha-as na grelha.

– Deixe assar de ambos os lados e sirva com uma salada.

Se gostou deste artigo também poderá gostar de:


10 destinos de praia mais baratos na Europa para viajar este verão

10 destinos mais caros na Europa para viajar nas férias

7 destinos de sonho em Portugal para viajar nas férias

20 destinos baratos na Europa para viajar em maio

_

Teresa Santos
Com formação em Humanidades, tem na investigação e na escrita a sua principal atividade. (exclusivamente responsável pelo conteúdo textual).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.