Início Tradições Saiba tudo sobre Vinho Tinto, Branco, Verde e Rosé

Saiba tudo sobre Vinho Tinto, Branco, Verde e Rosé

Descubra os benefícios, tipos e contra-indicações do vinho e deixe-se surpreender. Saiba tudo sobre Vinho Tinto, Branco, Verde e Rosé.

tudo sobre Vinho Tinto
Descubra os benefícios, tipos e contra-indicações do vinho e deixe-se surpreender. Saiba tudo sobre Vinho Tinto, Branco, Verde e Rosé.

Descubra os benefícios, tipos e contra-indicações do vinho e deixe-se surpreender. Saiba tudo sobre Vinho Tinto, Branco, Verde e Rosé.

O vinho reúne muitos apreciadores e é uma bebida muito prezada em encontros e convívios. Há estudos que defendem que este produto até tem vários benefícios para a saúde e que o seu consumo regular e moderado pode ser muito vantajoso para o organismo. Mas será que sabe tudo sobre vinho?

Reunimos uma série de informações sobre o “néctar dos deus”, com foco nos seus benefícios, diferentes tipos, contra-indicações, entre outros dados úteis. Se é um fã incondicional de vinho, então este artigo é mesmo para si.

Saiba tudo sobre Vinho Tinto, Branco, Verde e Rosé

tudo sobre Vinho Tinto
Saiba tudo sobre Vinho Tinto, Branco, Verde e Rosé

Benefícios

De um modo geral, podemos afirmar que todos os vinhos são benéficos para a saúde. Contudo, é certo que os vinhos tintos trazem mais benefícios para a saúde do que os brancos ou os verdes. Tudo tem a ver com o tipo de uva utilizado, mas a verdade é que esses benefícios só se verificam se este consumo estiver associado a hábitos de vida saudáveis.

Uma das substâncias responsável pelos múltiplos benefícios do vinho são os polifenóis, compostos por antioxidantes que combatem os radicais livres. Atente neste e noutros benefícios do vinho.


Leia também: Fantásticos usos alternativos para o Vinho Tinto


Contém antioxidantes

Os quais combatem os radicais livres, responsáveis por problemas de saúde, como o cancro, infeções e envelhecimento precoce.

Previne a osteoporose

Aumentando a densidade óssea e reduzindo o risco de vir a ter osteoporose.

É um anticoagulante natural

Previne a formação ou rompimento de um coágulo sanguíneo.

tudo sobre Vinho Tinto
Saiba tudo sobre Vinho Tinto, Branco, Verde e Rosé

Evita doenças cardiovasculares

Como contém procianidinas e resveratrol, o vinho é capaz de prevenir doenças cardiovasculares. Ele reduz a formação das placas que entopem as artérias, aumentando o colesterol bom (HDL), diminuindo o colesterol mau (LDL). Assim, o risco de aterosclerose também diminui.

É bom para diabéticos

O resveratrol presente no vinho melhora a sensibilidade à insulina, diminuindo a resistência à mesma. Assim, reduz o risco de diabetes tipo 2.

Ajuda o cérebro

O vinho melhora as funções cognitivas, aumentando a longevidade dos neurónios. Assim, o cérebro é protegido da demência e de doenças neurodegenerativas, como Alzheimer e Parkinson.

tudo sobre Vinho Tinto
Saiba tudo sobre Vinho Tinto, Branco, Verde e Rosé

Tipos de vinho: branco, tinto, verde e rosé

Todos os vinhos são diferentes, tanto que apresentam uma cor, sabor e propriedades distintas. Também no que toca aos benefícios, é possível distingui-los e identificar vinhos que são mais vantajosos para o organismo do que outros.

Vinho branco

No vinho branco seco, separam-se as sementes e as cascas das uvas. É um tipo baixo em calorias (cerca de 80 kcal por copo), mas também em antioxidantes.

O vinho branco suave é adocicado, pois tem mais açúcar, embora o seu nível calórico seja equivalente ao do branco seco.

Vinho tinto

Como já dissemos, este é o vinho com mais benefícios para a saúde. No seu processo de produção, são usadas as cascas e as sementes das uvas, o que resulta numa elevada concentração de antioxidantes. Quanto ao seu valor calórico, ele possui uma média de 110 kcal por cada 125 ml.

tudo sobre Vinho Tinto
Saiba tudo sobre Vinho Tinto, Branco, Verde e Rosé

Vinho verde

Os verdes têm origem num curto processo de maturação das uvas e de um breve período de armazenamento do líquido do engarrafamento. Ele possui um baixo teor alcoólico e proporciona um sabor muito leve e fresco.

Vinho rosé

Algures entre o branco e o tinto, encontra-se este vinho obtido através da prensagem direta das uvas e da retirada das cascas. Ele é pouco calórico e bom para a circulação sanguínea (embora não tão benéfico como o tinto).


Leia também: Conheça as principais diferenças entre Vinho Tinto e branco


Vinho seco ou suave: qual o melhor para a saúde?

A resposta a esta pergunta parece não gerar muitas dúvidas junto dos especialistas. A melhor escolha para a saúde é mesmo o vinho seco pois, além dele ter uma menor concentração de açúcar, ele é produzido com uvas selecionadas e consideradas nobres.

E quanto aos tipos de uva? Qual o melhor para a saúde?

Consideram-se as melhores uvas aquelas que podem ser processadas com sementes e casca, pois assim consegue usufruir integralmente dos benefícios e propriedades da fruta. Exemplo disso são as Tannat, Merlot e Cabernet.

Neste sentido, pode pensar-se que, então, beber vinho ou sumo de uva tem os mesmos benefícios. Apesar de tal ser, parcialmente, verdade, a diferença é que o vinho tinto, devido ao seu processo de produção, possui uma maior quantidade de resveratrol.

Portanto, a sugestão é de que consuma, diariamente, 1 copo de vinho tinto, ou seja, cerca de 100ml.

tudo sobre Vinho Tinto
Saiba tudo sobre Vinho Tinto, Branco, Verde e Rosé

Contra-indicações

Apesar do seu consumo moderado ser benéfico, o vinho pode não trazer vantagens para todas as pessoas, sendo importante ter em linha de conta alguns aspetos e caraterísticas do indivíduo em questão. Assim, o consumo de vinho não é aconselhado a:

– Pessoas que estão a fazer dieta;

– Indivíduos que fazem dieta para desempenho e rendimento desportivo;

– Gestantes;

– Pessoas que fazem uso de medicamentos controlados e contínuos;

– *Diabéticos (neste caso, devem optar por vinhos com menor teor de açúcar);

– Indivíduos com problemas no fígado ou pâncreas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.