Início Lugares Destinos Novos e fantásticos passadiços de Castelo de Paiva, no Douro

Novos e fantásticos passadiços de Castelo de Paiva, no Douro

Um olhar diferente sobre o Douro. Os novos e fantásticos passadiços de Castelo de Paiva são para percorrer com tempo e de olhos bem abertos.

Novos e fantásticos passadiços de Castelo de Paiva, no Douro
Novos e fantásticos passadiços de Castelo de Paiva, no Douro

Novos e fantásticos passadiços de Castelo de Paiva, no Douro

Uma nova estrutura promete lançar um olhar diferente sobre o Douro. Os novos e fantásticos passadiços de Castelo de Paiva são para percorrer com tempo e de olhos bem abertos.

Em Castelo de Paiva, bem no centro da bonita paisagem do Douro, está a nascer uma estrutura que vai levá-lo a percorrer um trilho de passadiços e miradouros junto àquele que é um dos rios mais famosos de Portugal.

O percurso 'Viver o Douro' integra a rede de percursos pedestres 'Viver O Payva D'Ouro'
O percurso ‘Viver o Douro’ integra a rede de percursos pedestres ‘Viver O Payva D’Ouro’ – Novos e fantásticos passadiços de Castelo de Paiva, no Douro

A construção em madeira terá cerca de 10 km, tendo já sido inaugurados os primeiros três, na margem esquerda do rio, que ligam a praia fluvial do Choupal, em Pedorido, à zona de Oliveira do Adra.

Miradouro em forma de barco rabelo
Miradouro em forma de barco rabelo – Novos e fantásticos passadiços de Castelo de Paiva, no Douro

Os passadiços de Castelo de Paiva prometem levar os caminhantes numa viagem única junto ao rio Douro, por entre paisagens deslumbrantes, levando a conhecer a fauna e a flora, as aldeias locais e as tradições ribeirinhas.

Aspeto de um dos futuros passadiços em Castelo de Paiva
Aspeto de um dos futuros passadiços em Castelo de Paiva – Novos e fantásticos passadiços de Castelo de Paiva, no Douro

A estrutura final — que deverá ficar concluída até ao final de 2018 —, irá acabar em Santa Maria de Sardoura, oferecendo pelo caminho três miradouros panorâmicos, construídos em forma de barcos rabelo, projetados sobre a água. A ideia será dar aos visitantes a sensação de estar a navegar no próprio rio.

Aspeto de um dos futuros passadiços em Castelo de Paiva
Aspeto de um dos futuros passadiços em Castelo de Paiva – Novos e fantásticos passadiços de Castelo de Paiva, no Douro

Os passadiços em Castelo de Paiva vêm complementar algumas das atividades já existentes, como as vindimas, o comboio histórico ou os passeios de barco pelo Douro, reforçando a importância turística da região que é Património da Humanidade da UNESCO.

Pequeno Percurso de 3km já abriu

Novos e fantásticos passadiços de Castelo de Paiva, no Douro
Novos e fantásticos passadiços de Castelo de Paiva, no Douro

No âmbito da estratégia turística “Viver Payva Douro“, o município de Castelo de Paiva abriu um pequeno troço de quase três quilómetros do Percurso Pedestre com passadiços em madeira, junto ao Rio Douro, um projeto que a autarquia local acredita ser decisivo para a afirmação e dinâmica turística do concelho.

Novos e fantásticos passadiços de Castelo de Paiva, no Douro
Novos e fantásticos passadiços de Castelo de Paiva, no Douro

A obra do percurso ainda não está concluída, estando a sua inauguração agendada para mais tarde, mas para já, a autarquia paivense já disponibilizou um pequeno troço onde está incluído o passadiço de madeira já concluído, para ser usufruído neste período de Verão, reservando a abertura total do percurso, até ao centro de Sardoura, para mais tarde.

(cont.)

1
2

2 COMENTÁRIOS

  1. Não enganem as pessoas mostrem o que existe realmente lixo de todas as formas um passadiço de 300mt e caminhos cheios de mato silvas árvores queimadas lixo e restos de abate de árvores mostrem a verdade não imagens de PC.

  2. Realmente Castelo de Paiva é um concelho lindíssimo e, diariamente todos devem contribuir para preserva-lo e melhorar o seu futuro. Infelizmente, à quase um ano atrás, foi fustigado por um grande incêndio de conhecimento nacional. Ainda hoje, o concelho continua a arder porque não eliminaram o incêndio em área com vestígios de antracite e carvão. O enxofre que liberta está a poluir não só os solos como o ar que os cidadãos respiram. Nem o poder local, nem a oposição e muito menos as organizações ambientalistas, têm resolvido a questão. Os passadiços são sem qualquer dúvida uma mais valia para o concelho mas sem que a água dos rios esteja poluída, com o ar puro da sua vasta natureza e com a população com a saúde. Paivenses lutem pelo vosso concelho mas acima de tudo pela vossa saúde.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.