Início Cultura Língua Portuguesa: 10 erros que nos fazem passar vergonha

Língua Portuguesa: 10 erros que nos fazem passar vergonha

Veja os erros mais comuns de português e use esta lista como um roteiro para fugir deles. Língua Portuguesa: 10 erros que nos fazem passar vergonha.

Língua Portuguesa: 10 erros que nos fazem passar vergonha
Língua Portuguesa: 10 erros que nos fazem passar vergonha

Língua Portuguesa: 10 erros que nos fazem passar vergonha

Veja os erros mais comuns de português e use esta lista como um roteiro para fugir deles. Língua Portuguesa: 10 erros que nos fazem passar vergonha.

Erros gramaticais e ortográficos devem, por princípio, ser evitados. Alguns, no entanto, como ocorrem com mais frequência, merecem atenção redobrada.

Veja dez erros dos mais comuns da língua portuguesa e use esta lista como um roteiro para fugir deles.

10 erros que nos fazem passar vergonha
Língua Portuguesa: 10 erros que nos fazem passar vergonha

“Mal cheiro” e “mau-humorado”

Mal opõe-se a bem e mau, a bom. Assim:

  • Mau cheiro (bom cheiro).
  • Mal-humorado (bem-humorado).

Igualmente:

  • Mau humor.
  • Mal-intencionado.
  • Mau jeito.
  • Mal-estar.
10 erros que nos fazem passar vergonha
Língua Portuguesa: 10 erros que nos fazem passar vergonha

“Fazem” cinco anos

Fazer, quando exprime tempo, é impessoal:

  • Faz cinco anos.
  • Fazia dois séculos.
  • Fez 15 dias.
10 erros que nos fazem passar vergonha
Língua Portuguesa: 10 erros que nos fazem passar vergonha

“Houveram” muitos acidentes

Haver, como existir, também é invariável:

  • Houve muitos acidentes.
  • Havia muitas pessoas.
  • Deve haver muitos casos iguais.
10 erros que nos fazem passar vergonha
Língua Portuguesa: 10 erros que nos fazem passar vergonha

“Existe” muitas esperanças

Existir, bastar, faltar, restar e sobrar admitem normalmente o plural:

  • Existem muitas esperanças.
  • Bastariam dois dias.
  • Faltavam poucas peças.
  • Restaram alguns objetos.
  • Sobravam ideias.
10 erros que nos fazem passar vergonha
Língua Portuguesa: 10 erros que nos fazem passar vergonha

Para “mim” fazer

Mim não faz, porque não pode ser sujeito. Assim:

  • Para eu fazer.
  • Para eu dizer.
  • Para eu trazer.
10 erros que nos fazem passar vergonha
Língua Portuguesa: 10 erros que nos fazem passar vergonha

Entre “eu” e você

Depois de preposição, usa-se mim ou ti:

  • Entre mim e você.
  • Entre eles e ti.
10 erros que nos fazem passar vergonha
Língua Portuguesa: 10 erros que nos fazem passar vergonha

“Há” dez anos “atrás”

Há e atrás indicam passado na frase. Use apenas há dez anos ou dez anos atrás.

10 erros que nos fazem passar vergonha
Língua Portuguesa: 10 erros que nos fazem passar vergonha

“Entrar dentro”

O correto: entrar em. Veja outras redundâncias:

  • Sair fora ou para fora.
  • Elo de ligação.
  • Monopólio exclusivo.
  • Já não há mais.
  • Ganhar grátis.
  • Viúva do falecido.

10 erros que nos fazem passar vergonha

“Venda à prazo”

Não existe crase antes de palavra masculina, a menos que esteja subentendida a palavra moda:

  • Salto à (moda de) Luís XV.

Nos demais casos:

  • A salvo.
  • A bordo.
  • A pé.
  • A esmo.
  • A cavalo.

10 erros que nos fazem passar vergonha

“Porque” você foi?

Sempre que estiver clara ou implícita a palavra razão, use por que separado:

  • Por que (razão) você foi?
  • Não sei por que (razão) ele faltou.
  • Explique por que razão você se atrasou.

Porque é usado nas respostas:

  • Ele se atrasou porque o trânsito estava congestionado.

_

2 COMENTÁRIOS

  1. Embora este espaço seja (e deva ser) para aumentarmos nossos conhecimentos, expandir nossa cultura, algumas pessoas (?) o usam para dirigir ofensas e mostrar o quanto são pequenas; que é o caso do Pedro Gonçalves, que não sei por qual razão resolveu ofender o povo brasileiro.
    Pedro Gonçalves, que está iniciando sua jornada na vida, que apenas frequentou a Escola Secundária de Castelo de Paiva (sim, possui apenas escolaridade secundária), se formos julgar índole, caráter, cultura das pessoas por conta de sua origem, de sua raça, seu povo – os portugueses (juntamente com os espanhóis) – são considerados SAQUEADORES, INVASORES, VIOLENTADORES DE MULHERES INDÍGENAS e por aí vai. Há muitas questões históricas – e até recentes, principalmente em relação aos brasileiros – que denigrem, diminuem a imagem da sua terra, do seu povo.
    Fica para você uma orientação muito pertinente nos dias de hoje: RESPEITE, principalmente pessoas, e mais ainda as que você não conhece. Conheço inúmeros patrícios seus, que vindos da miséria da Europa em época de guerra e de seu minúsculo país, encontraram aqui no Brasil condições de comer com fartura, trabalhar e sustentar suas famílias; patrícios seus que foram acolhidos aqui como pessoas que são e com respeito que merecem como quaisquer outras.
    Mas creio que aprenderá os verdadeiros valores da vida, pois você ainda é um fedelho.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.