Início Histórias Curiosidades fantásticas de Reis e Rainhas de Portugal

Curiosidades fantásticas de Reis e Rainhas de Portugal

Pode não acreditar, mas há algumas curiosidades que são absolutamente irresistíveis. Venha daí conhecer estas curiosidades fantásticas de Reis e Rainhas de Portugal.

Reis e Rainhas de Portugal
Curiosidades fantásticas de Reis e Rainhas de Portugal

Pode não acreditar, mas há algumas curiosidades que são absolutamente irresistíveis. Venha daí conhecer estas curiosidades fantásticas de Reis e Rainhas de Portugal.

Portugal conta com uma história longa e rica. Muita dessa história foi vivida sob a liderança de um rei. Ao longo de quase 900 anos, Portugal foi uma monarquia. Foram 34 monarcas distribuídos por 4 dinastias.

Durante estes reinados, muitos foram os acontecimentos marcantes e as curiosidades que, tendo acontecido, não surgem nos manuais da escola, pois muitas dessas curiosidades não engrandecem o país.

Curiosidades fantásticas de Reis e Rainhas de Portugal

Sabia que D. Afonso VI era viciado em comida? Também era em tabaco e em chocolate. Os exageros deste rei levaram a que ele fosse sangrado 4 vezes, em 1670.

Entre todos os reis portugueses, apenas D. Maria II nasceu fora do território atual de Portugal. Ela nasceu no Rio de Janeiro, no Brasil, tendo-e tornado posteriormente em rainha.

Leia também:

Portugal teve 34 monarcas a liderar os destinos do reino. Desses, 30 faleceram antes de completar os 70 anos. Apenas 4 reis superaram essa data especial. Esses reis foram: D. Filipe II (falecido aos 71 anos), D.João I (76 anos), D. Afonso Henriques (76 anos) e D. Maria I (82 anos).

Sabia que o sonho de D. Manuel II era trabalhar na marinha? Contudo, esse sonho do jovem que não esperava ser rei nunca se concretizou. A morte trágica de D. Luís Filipe, seu irmão, obrigou D. Manuel a assumir o trono e a desistir dos sonhos do passado.

Reis e Rainhas de Portugal
Curiosidades fantásticas de Reis e Rainhas de Portugal

D. Dinis terá sido o primeiro rei português que sabia ler e escrever.

D. Pedro V morreu jovem, com apenas 24 anos. Como não deixou descendentes, foi D. Luís, o seu irmão, a assumir o trono.

Sabia que podíamos ter tido um Rei Martinho? É verdade, o nome verdadeiro e original do Rei D. Sancho I era Martinho. Contudo, depois do falecimento do seu irmão D. Henrique (que era o sucessor do trono), o seu pai queria que o herdeiro da coroa portuguesa tivesse um nome mais forte, por isso Martinho viu o seu nome alterado para Sancho.

Reis e Rainhas de Portugal
Curiosidades fantásticas de Reis e Rainhas de Portugal

O Rei D. José ganhou um forte trauma na sequência do terramoto de 1755 que destruiu parte da cidade de Lisboa. Um trauma que se manifestava na sua incapacidade em estar em edifícios, por isso optou por residir em tendas…

O único filho de D. João II morreu novo, facto que levou a coroa a passar para o seu parente mais próximo, que era D. Manuel I, seu cunhado.

Ao contrário do que se pensa, é possível e até provável que D. Miguel não fosse filho de João VI. Há quem defenda que o pai deste rei seria, na verdade, o Marquês de Marialva. No entanto, há quem defenda que o pai de D. Miguel seria um jardineiro.

Reis e Rainhas de Portugal
Curiosidades fantásticas de Reis e Rainhas de Portugal

O mito de D. Sebastião é por todos conhecido. O que a maioria não sabe é que D. Sebastião poderá ter sido vítima de pedofilia, quando ele tinha apenas 10 anos. O pedófilo seria um padre jesuíta.

D. João V terá sido o rei que mais freiras engravidou…. Foram 3 freiras no total!

O Rei D. Duarte demonstrava uma visão bastante moderna sobre a alimentação. Para ele, a comida devia ser consumida com muita moderação. Algo que não era muito comum para um monarca da época. O Rei sabia que comer em excesso era negativo. Achava que as carnes e as gorduras em excesso levavam ao desenvolvimento de problemas de saúde.

Reis e Rainhas de Portugal
Curiosidades fantásticas de Reis e Rainhas de Portugal

D. João VI andava sempre com coxas de frango… nos bolsos! Além desta informação insólita, também há relatos que indicam que o poderoso rei tinha medo da trovoada.

D. Sancho II é o único monarca português que se encontra sepultado no estrangeiro. Ele não está sepultado em Portugal, onde deveria estar, mas na Catedral de Toledo, em Espanha. Só os reis Filipes, da Dinastia Filipina, estão sepultados fora do nosso país, também em Espanha. Mas sendo esses espanhóis, é mais compreensível essa opção.

NCultura

Se gostou deste artigo reaja a ele e faça um comentário!

Se gostou deste tema pode procurar outros artigos sobre a história portuguesa no NCultura. Se tem outros temas que pretende que sejam explorados pelo NCultura, deixe-nos sugestões. Se é apaixonado pela história, saiba que há muitos mais artigos para ler no NCultura.

Apaixone-se pelo NCultura e explore diferentes temáticas: turismo e viagens, saúde, gastronomia, cultura, histórias, entre outras…

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.