Início Cultura 6 erros comuns da língua portuguesa que muitos cometem

6 erros comuns da língua portuguesa que muitos cometem

São palavras da língua portuguesa começadas por “O” que são, muitas vezes, escritas erradamente. Evite 6 erros comuns da língua portuguesa que muitos cometem.

6 erros comuns da língua
6 erros comuns da língua portuguesa que muitos cometem

São palavras da língua portuguesa começadas por “O” que são, muitas vezes, escritas erradamente. Evite estes 6 erros comuns da língua portuguesa que muitos cometem.

O N Cultura tem vindo a publicar uma série de artigos expondo alguns erros mais frequentes, onde são aprofundados os erros mais comuns em palavras começadas por determinada letra.

Serão publicados 26 artigos na totalidade, destinando-se cada artigo a uma das letras do alfabeto (um artigo para cada letra de A a Z). O presente artigo será focado na letra “O”.


Leia também: Dúvidas de Português: deve dizer-se Ter de ou Ter que?


Erros na Língua Portuguesa

Existem diferentes tipos de erros na língua portuguesa. É frequente vermos determinados erros. Uns são mais incomuns, mas todos devem ser analisados e evitados. A falta de atenção, alguma confusão entre conceitos, a falta de informação… estão entre as diferentes razões que podem levar ao erro.

A confusão entre palavras ou mesmo a troca de letras em determinadas palavras é frequente. As parecenças entre palavras podem estar na origem do aparecimento de erros, tal como a sonoridade semelhante entre palavras. Algo que é comum acontecer em palavras que possuam letras como “j” ou “g”, ou em palavras com as letras “c”, “ç”, “s”, “ss”, “z”, ou ainda no caso das palavras com as letras “x” ou “ch”. Vejamos, agora, 6 erros de português com palavras começadas pela letra “O”.

6 erros de português com palavras começadas pela letra “O”

Obsessão

Do latim obsessiōne, “ação de sitiar, bloqueio”. Uma obsessão é um ato ou efeito de importunar alguém, perseguição diabólica. Preocupação constante e absorvente, ideia fixa. Estado de pessoa que se crê atormentada pelo espírito maligno, pelo Diabo.

Na medicina, é referente a um estado sintomático de várias neuroses e muito particularmente da psicastenia, caracterizado pelo facto de uma ideia, palavra ou imagem se impor ao espírito, independentemente da vontade, por ação espontânea do automatismo psicológico.

É muito comum esta palavra ser escrita erradamente, nomeadamente sob os seguintes formatos: “obcessão”, “obecessão”, “obesessão” ou “obseção”.

Obeso

Do latim obēsu, com o mesmo significado. Obeso é um adjetivo relativo a alguém que tem excesso de peso, que sofre de obesidade. Obeso é sinónimo de gordo.

É um erro escrever “obêso”.


Leia também: Dúvidas de Português: procrastinar ou procastinar?


Óbvio

Do latim obvĭu, com o mesmo significado. É um adjetivo que é relativo ao que ocorre. Algo que é fácil de compreender, que é claro e intuitivo. Algo óbvio é algo evidente, algo que salta à vista, que é manifesto ou patente.

É um erro escrever “obvio”, “óbevio” ou “obevio”.

Ofereceu

Forma do verbo oferecer. Propor algo que seja aceite. Dar algo como oferta ou presente. Dedicar, prometer, proporcionar, sugerir, manifestar.

É um erro escrever “oferceu

Obscuro

Do latim obscūro, “escuro”. Algo obscuro é algo sombrio, que não tem claridade ou que tem pouca. É algo sem brilho. No sentido figurado, obscuro é um termo que pode ser associado a algo difícil de entender, algo confuso. Obscuro também pode estar relacionado com algo ignorado, desconhecido, humilde ou oculto.

É um erro escrever “obescuro”. Tal palavra não existe na língua portuguesa.

Obsesso

Do latim obsessu, “situado”. É um adjetivo que significa importunado, perseguido. Indivíduo atormentado por uma obsessão.

É um erro escrever “obecesso”, “obesseço”, “obseço”, entre outras possibilidades. É também confundido com abscesso (termo médico relacionado com algo que está infetado, com presença de pus).

4 COMENTÁRIOS

  1. Tendo em conta que o URL do site é ncultura.pt e não ncultura.com.br, esperava que os erros de português apresentados fossem comuns em Portugal e não no Brasil. A única destas palavras cujos erros apresentados são comuns em Portugal é . O seu derivado pura e simplesmente não é utilizado a não ser em contexto literário; em vez dele, usa-se aqui o termo . De resto, os erros em torno destas palavras e das que lhes estão próximas é bastante compreensível, visto que e (e seus respetivos derivados) se escrevem com letras diferentes depois do b. Além disso, em Portugal escreve-se (e diz-se) e não . Também por razões relacionadas com a pronúncia, um erro comum de seria , não os que são apresentados.

  2. Tendo em conta que o URL do site é ncultura.pt e não ncultura.com.br, esperava que os erros de português apresentados fossem comuns em Portugal e não no Brasil. A única destas palavras cujos erros apresentados são comuns em Portugal é _obsessão_. O seu derivado _obsesso_ pura e simplesmente não é utilizado a não ser em contexto literário; em vez dele, usa-se aqui o termo _obcecado_. De resto, os erros em torno destas palavras e das que lhes estão próximas é bastante compreensível, visto que _obcecar_ e _obsessão_ (e seus respetivos derivados) se escrevem com letras diferentes depois do b. Além disso, em Portugal escreve-se (e diz-se) _abcesso_ e não _abscesso_. Também por razões relacionadas com a pronúncia, um erro comum de _óbvio_ seria _óvio_, não os que são apresentados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.