Início Cultura 10 palavras difíceis da Língua Portuguesa

10 palavras difíceis da Língua Portuguesa

Eis algumas palavras portuguesas que, sendo comuns, têm um significado que é desconhecido por muitos: 10 palavras difíceis da Língua Portuguesa.

10 palavras difíceis da Língua Portuguesa
10 palavras difíceis da Língua Portuguesa

Eis algumas palavras portuguesas que, sendo comuns, têm um significado que é desconhecido por muitos: 10 palavras difíceis da Língua Portuguesa.

O “maior” dicionário de português contém 306.949 palavras. É a 10ª edição do Dicionário de Moraes (1948). É impossível dominarmos todas essas palavras. Também não queremos, pois existem diversas palavras que não são interessantes, pois muitas delas vão perdendo relevância ao longo dos tempos.

Mas devemos procurar aprender ao máximo aquelas palavras que permitem que se tenha um vocabulário mais polido. As chamadas “palavras caras” são palavras difíceis ou mais raras que, quando surgem no discurso, criam impacto.

Muitas pessoas usam sites como o NCultura para enriquecer o seu vocabulário. Outros optam por usar os motores de busca à procura de listas de termos difíceis. Havendo quem procure por “palavras caras”, há quem seja mais específico, pesquisando por ”palavras caras em português de Portugal”.

Todas as pessoas são diferentes, por isso as pesquisas que fazem revelam as suas reais intenções. Enquanto uns têm más intenções, fazendo pesquisas como “palavras caras para ofender”, outros revelam boas intenções, procurando por “palavras caras para elogiar”. Há quem pretenda criar uma boa imagem, por isso procura por “palavras difíceis para impressionar”.

O N Cultura visa ser útil a todas essas pessoas ou para todas as outras, por isso no presente artigo apresentamos uma lista de palavras caras que devem ser mais conhecidas. Quer saber mais?

10 palavras difíceis da Língua Portuguesa

Ror

Termo que vem de horror, com aférese. Este nome masculino, no sentido popular, significa grande quantidade (de coisas ou de pessoas).

Ror pode (em determinados contextos) ter como sinónimos os seguintes termos: abundância, batelada, cabazada, enxurrada, entre outros.

Leia também:

Aférese

Termo que vem do grego aphaíresis, «supressão», pelo latim tardio aphaerĕse-, com o mesmo significado. Este nome feminino é próprio da gramática, sendo fenómeno fonético que consiste na supressão de um fonema ou de uma sílaba no princípio de uma palavra.

Na cirurgia, a aférese consiste em corte ou remoção de uma parte de um órgão; ablação. Na medicina, aférese é o processo de separação de elementos do sangue, permitindo a recolha seletiva de um ou mais dos seus componentes.

Aférese pode (em determinados contextos) ter como sinónimos os seguintes termos: ablação, amputação, excisão.

Glabro

Termo que vem do latim glabru-, «sem pelo». Glabro é adjetivo que significa destituído de pelos. Glabro é calvo. Glabro significa ainda que não tem barba.

Glabro pode (em determinados contextos) ter como sinónimos os seguintes termos: calvo, imberbe, pelado, rapado. Noutros contextos, podemos ver termos como barbado, peludo, piloso a serem considerados antónimos.

Sapiência

Termo que vem do latim sapientĭa-, com o mesmo significado. Este nome feminino é qualidade daquele que é sapiente. Sapiência significa conhecimento vasto; sabedoria; erudição.

Na Religião, sapiência é sabedoria divina. Existe a oração de sapiência que significa discurso inaugural do ano letivo, em universidade ou escola secundária.

Sapiência pode (em determinados contextos) ter como sinónimos os seguintes termos: instrução, sabedoria, saber, conhecimento, erudição, entre outros. Noutros contextos, podemos ver termos como ignorância ou imperícia a serem considerados antónimos.

Capcioso

Termo que vem do latim captiōsu-, «enganador». Este adjetivo significa que tende a enganar. Capcioso significa também ardiloso; caviloso. Capcioso significa ainda arguto.

Capcioso pode (em determinados contextos) ter como sinónimos os seguintes termos:  fraudulento, manhoso, sofístico, ardiloso, arguto, caviloso, entre outros. Noutros contextos, podemos ver termos honesto, íntegro, leal, reto a serem considerados antónimos.

Empedernido

O termo empedernido é forma do verbo empedernir. Empedernido é particípio passado de empedernir. Empedernido é ainda adjetivo que significa duro como pedra. Em sentido figurado, o termo empedernido pode significar inflexível; insensível.

Empedernido pode (em determinados contextos) ter como sinónimos os seguintes termos: inflexível, insensível, pétreo, cruel, desumano, duro, entre outros.

Ígneo 

Termo que vem do latim ignĕu-, com o mesmo significado.

Este adjetivo é relativo a fogo. Ígneo significa que tem fogo ou é da natureza do fogo. Ígneo significa também formado pela ação do fogo. Na Geologia, diz-se ígneo de mineral ou de rocha formada pela solidificação do magma. Em sentido figurado, ígneo significa ardente; inflamado.

Loquaz

Termo que vem do latim loquāce-, com o mesmo significado. Este adjetivo de 2 géneros significa que fala muito; tagarela. Alguém loquaz é alguém eloquente.

Loquaz pode (em determinados contextos) ter como sinónimos os seguintes termos: diserto, eloquente, facundo, bem-falante, conversador, discursivo, falador, gárrulo, magníloquo, verboso, multíloquo, palrador, entre outros. Noutros contextos, podemos ver termos como ineloquente ou infacundo a serem considerados antónimos.

Perdulário

Termo que vem do castelhano perdulario, com o mesmo significado. Perdulário é adjetivo que significa que desperdiça ou gasta em excesso; gastador; esbanjador. Perdulário é nome masculino que significa aquele que desperdiça ou que gasta em excesso.

Perdulário pode (em determinados contextos) ter como sinónimos os seguintes termos: gastador, mão-aberta, mãos-largas, pródigo, dissipador, esbanjador, entre outros. Noutros contextos, podemos ver termos como avarento, forreta, mesquinho, sovina a serem considerados antónimos.

Retrógrado

Termo que vem do latim retrogrădu-,com o mesmo significado. Este termo é adjetivo que significa que retrógrada, isto é, que anda ou se realiza para trás. Um retrógrado é alguém que se opõe ao progresso.

Na Astrologia, diz-se retrógrado do movimento dos astros que parece realizar-se contra a ordem dos signos, isto é, de oriente para ocidente (no hemisfério norte) e vice-versa (no hemisfério sul). Na Geometria, diz-se retrógrado do movimento circular no sentido do movimento dos ponteiros de um relógio.

Retrógrado é nome masculino que significa indivíduo que defende princípios conservadores ou que se opõe ao progresso; indivíduo reacionário.

Retrógado pode (em determinados contextos) ter como sinónimos os seguintes termos: esturrado, quadrado, tradicionalista, conservador, convencional, entre outros. Noutros contextos, podemos ver termos como avançado, moderno, progressista a serem considerados antónimos.

NCultura

Se gostou deste artigo, reaja a ele e faça um comentário!

Se gostou deste tema pode procurar outros artigos sobre Língua Portuguesa no NCultura.

Se tem outros temas que pretende que sejam explorados pelo NCultura, deixe-nos sugestões. Se é apaixonado pela língua portuguesa, saiba que há muitos mais artigos para ler no NCultura.

Apaixone-se pelo NCultura e explore diferentes temáticas: turismo e viagens, saúde, gastronomia, cultura, histórias, entre outras…

3 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.