Início Cultura 10 erros de português embaraçosos

10 erros de português embaraçosos

Existem erros que são tão comuns que passam despercebidos para muitas pessoas. Tente evitar estes 10 erros de português embaraçosos.

10 erros de português embaraçosos
10 erros de português embaraçosos

Existem erros que são tão comuns que passam despercebidos para muitas pessoas. Tente evitar estes 10 erros de português embaraçosos.

São vários os erros da língua portuguesa que são dados diariamente por muitos portugueses. Sabemos que errar é humano, mas também é humano visar melhorar e aprender com os erros. Podemos aprender com os nossos próprios erros e também com os dos outros. Por isso, revela-se muito importante dar a conhecer alguns dos erros mais frequentes.

Estes artigos permitem dar a hipótese de analisar erros comuns e, se por acaso dermos conta que também os cometemos, teremos todo o conhecimento necessário para melhorar. Ao reconhecermos erros que são dados por nós e por muitos outros, sabemos que temos que estar particularmente atentos sempre que essas palavras forem escritas ou faladas por nós.

10 erros de português embaraçosos

Deterioração

Erro frequentemente cometido: diterioração (outros erros são: deteorização, detriorização e diteoração).

Significado: Termo que advém do latim deteorioratïone; ato ou efeito de deteriorar ou deteriorar-se. Termo que significa estrago, ruína, dano, agravamento ou degeneração.


Leia também: Dúvidas de Português: 10 classes de palavras


Logótipo

Erro frequentemente cometido: logotipo.

Nota:  É importante perceber que a palavra logótipo é um neologismo, por isso a palavra “logotipo” é por vezes tolerada. Mas a forma (mais) correta de escrever a palavra é logótipo.

Significado: Termo que advém do grego lógos, “palavra” + týpos “tipo”, é o elemento gráfico representativo de uma marca. Um logótipo pode ser constituído por símbolos e/ou letras e pode ser utilizado como um serviço, um produto, a identidade visual de uma instituição.

Na tipografia, o termo logótipo é um termo referente ao grupo de duas ou mais letras fundidas num só tipo para acelerar a composição tipográfica ou para formar sigla. 

Majestade

Erro frequentemente cometido: magestade.

Significado: Do latim majestãte, com o mesmo significado: grandeza suprema, sublimidade, imponência. Poder real, título dado aos reis e rainhas. No sentido figurado, majestade também significa aparência grave e solene, significando ainda soberba.

Niilismo

Erro frequentemente cometido: “nilismo” ou “nielismo”.

Significado: Vem do latim nihil, “nada” mais “ismo”, ou do francês nihilisme, com o mesmo significado. Na filosofia, é a doutrina que nega a existência de qualquer realidade substancial (o chamado niilismo ontológico). É ainda a doutrina que nega a possibilidade da verdade (o chamado niilismo crítico). Também pode ser a doutrina ou atitude, que não aceita nenhuma norma moral (o chamado niilismo ético).

Na política, há a doutrina que não aceita nenhuma coerção sobre o indivíduo, negando a necessidade de um Estado. Foi particularmente difundida na Rússia oitocentista (o chamado niilismo ou anarquismo).

Voo

Erro frequentemente cometido: vôo. A palavra voo não tem acento circunflexo, nem na forma verbal do verbo voar (eu voo), nem no substantivo (o voo).

Nota: devido à adesão ao Novo Acordo Ortográfico, o acento circunflexo que assinalava a vogal tónica fechada foi abolido das palavras graves que terminassem “-oo”.

Significado: Derivação regressiva de voar. É o nome masculino que significa ato ou efeito de voar, voadura. Termo referente ao meio de locomoção realizado através do ar. Ato próprio das aves e de outros animais dotados de órgãos aliformes.

Termo também referente à deslocação aérea de aeronaves, sendo igualmente uma viagem feita pelo ar. Maneira de voar. Termo que também define o movimento rápido de um objeto pelo ar.

No sentido figurado, pode significar arrebatamento, êxtase, aspiração, fantasia.

Para-brisas

Erro frequentemente cometido: parabrisas (párabrisas – antes do novo acordo ortográfico, a palavra era escrita “pára-brisas”).

Significado: Chapa de vidro ou substância plástica que é colocada no vidro da frente do carro, pelo exterior. É colocada na frente do veículo para proteger da ação do ar, provocada pela deslocação do veículo.

Detrimento

Erro frequentemente cometido: Detrenimento ou detriemento.

Significado: Termo que advém do latim detrimentu-, “diminuição pelo atrito”. Detrimento é um nome masculino que tem o significado de prejuízo, dano. Quando afirmamos (opto por isto) “em detrimento de” (algo), estamos a dizer que optamos por algo, prescindindo de outra coisa. Portanto, significa em desfavor de algo, com prejuízo de algo. Opto por X em detrimento de Y. Para ficar com X, prescindo de Y ou sou obrigado a prescindir de Y.

Príncipe

Erro frequentemente cometido: Princepe.

Significado: Termo que advém do latim princĭpe, “chefe”. Príncipe é um nome masculino que tem como significado ser filho de família reinante. Termo que se refere ao herdeiro presuntivo da coroa em alguns países. Príncipe é o filho primogénito do rei.  Príncipe é também um título de nobreza em determinados países. É ainda soberano de um principado. No sentido figurado, príncipe é o primeiro ou o mais notável em talento ou noutros méritos; chefe.

Obsessão

Erro frequentemente cometido: “obcessão”, “obecessão”, “obesessão” ou “obseção”.

Significado: Do latim obsessiōne, “ação de sitiar, bloqueio”. Uma obsessão é um ato ou efeito de importunar alguém, perseguição diabólica. Preocupação constante e absorvente, ideia fixa. Estado de pessoa que se crê atormentada pelo espírito maligno, pelo Diabo.

Na medicina, é referente a um estado sintomático de várias neuroses e muito particularmente da psicastenia, caracterizado pelo facto de uma ideia, palavra ou imagem se impor ao espírito, independentemente da vontade, por ação espontânea do automatismo psicológico.


Leia também: Quais são as palavras mais feias da Língua Portuguesa?


Juiz

Erro frequentemente cometido: Juíz.

Nota: Juiz não leva acento. Juíza, que é o feminino de juiz, leva.

Juiz tem acento tónico na última sílaba. É uma palavra aguda. As palavras agudas (de acordo com a regra da acentuação) não levam acento gráfico no “i” tónico, quando este não forma ditongo com o “u” anterior e está seguido de “z”, no fim da sílaba. Juíza ou juízes têm o “i” acentuado, pois aparece “só” e o “z” passa a fazer parte da sílaba seguinte.

Significado: Do latim judīce, esta é uma palavra que, no Direito, significa magistrado que tem como função aplicar a lei; pessoa que administra a justiça. Membro do poder judicial. Juiz é aquele que julga, que tem o poder de julgar. Um juiz é a pessoa chamada para resolver uma questão ou julgar sobre algo. No desporto, em jogos ou provas desportivas, é o que fiscaliza a observância das regras, árbitro.

Recessão

Erro frequentemente cometido: “resessão” (“resseção”, “receção”, entre outras possibilidades de erro).

Significado: Termo que advém do latim recessiōne, com o mesmo significado, de recedĕre, afastar-se. Recessão significa recuo, retrocesso.

Na economia, recessão é um termo que significa uma descida do nível da atividade económica ou diminuição do crescimento. É ainda uma fase descendente do ciclo económico, caracterizada pela contração da produção e da procura e pela descida dos preços.

QUIZ

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.