Início Viagem É português um dos 10 bairros mais “cool” da Europa

É português um dos 10 bairros mais “cool” da Europa

O jornal The Guardian, cujas publicações geram eco pelo mundo fora, identificou os 10 bairros mais “cool” da Europa. Entre eles, há uma surpresa nacional.

10 bairros
É português um dos 10 bairros mais “cool” da Europa

É português um dos 10 bairros mais “cool” da Europa. A vida nos bairros é muitas vezes associada a determinados problemas: drogas, prostituição, crime. Essa é uma visão demasiado redutora da realidade. Há também muitas qualidades associadas aos bairros. Quando a comunidade se une em função de uma visão, de valores, a vida nos bairros pode realmente tornar-se numa referência para os que lá vivem e para os outros, que de fora se deixam encantar.

O jornal britânico The Guardian é uma referência mundial e as suas publicações geram eco pelo mundo fora. Num artigo recente, identificou os 10 bairros mais “cool” da Europa (10 of the coolest neighbourhoods in Europe). Entre eles, há uma surpresa nacional… 

10 bairros mais ‘cool’ da Europa

The Guardian, jornal internacional de referência, elegeu os 10 mais bairros mais ‘cool’ da Europa e colocou um bairro português entre eles. O representante português fica na cidade Invicta.


Leia também: 9 paraísos onde se fala português


O Bonfim, bairro do Porto, ocupa o 4º lugar, quase a ter lugar no pódio. Järntorget/Långgatorna, em Gothenburg, ficou no 1º lugar do ranking criado pelo jornal britânico. Os restantes lugares do pódio foram destinados ao University Quarter, em Bruxelas, e ao El Cabanyal, em Valência.

10 bairros mais “cool” da Europa – 01 jarntorget ©Holger.Ellgaard

Järntorget/Långgatorna, Gothenburg

Na margem sul do rio Gota, está localizado o bairro mais cool da Europa, Järntorget & Långgatorna. O que foi uma área degradada das docas transformou-se numa área cheia de bares e discotecas que permitem uma vida noturna muito animada!

O jornal britânico The Guardian deu destaque a uma festa de rua anual, Hela Dagen Långa, que foi comparada com o Notting Hill Carnival.

10 bairros mais “cool” da Europa – 02 university quarter ©google maps

University Quarter, Bruxelas

Fora dos roteiros mais populares, está um bairro que é cada vez mais habitado pela população estudantil. O projeto See U, presente no antigo quartel de tijolos vermelhos, é abrigo de diversas pequenas empresas sustentáveis, dando muita vida ao local.

10 bairros mais “cool” da Europa – 03 el cabanyal ©Joanbanjo

El Cabanyal, Valência

Desconhecido pela maioria dos turistas que passeiam por outras zonas da cidade, este bairro é bastante genuíno, com uma nova atmosfera cosmopolita.

À tradicional personalidade do bairro, junta-se o contributo dos novos habitantes, num ambiente melhorado e aprimorado pelo surgimento de diversas lojas e bares que apareceram sem desrespeitar a arquitetura existente.

10 bairros mais “cool” da Europa – 04 bonfim ©DiegoDelso

Bonfim, Porto

O representante português é destacado. De acordo com o The Guardian, uma comunidade jovem e criativa está a ser atraída para um bairro bem localizado, a apenas 20 minutos a pé do centro da cidade, com acessos importantes que ficam “à porta” de casa, com autocarros, comboios e metro (que dá acesso ao aeroporto) bem perto.

No The Guardian, é referido: “Não há shoppings no Bonfim, mas muitas lojas independentes ‘cool’, principalmente na Rua de Santo Ildefonso”.

10 bairros mais “cool” da Europa – 05 neukolln ©Dguendel

Neukölln, Berlim

No sudeste de Berlim, fica Neukölln que desde há dez anos tem vindo a conhecer grandes progressos. Era uma terra sem ninguém, bastante atrasada. Mas alguns investimentos realizados no local levaram a que surgisse no bairro uma atmosfera mais animada.

Os arrendamentos económicos ajudaram a chamar criativos e estudantes internacionais, nomeadamente turcos, curdos e árabes, que contribuíram para a criação de um ambiente multicultural bastante atrativo.

10 bairros mais “cool” da Europa – 06 powisle ©Dariusz Kowalczyk

Powiśle, Varsóvia

Chegou a ser o ponto de encontro de motociclistas e pescadores solitários, mas Powiślesulla, na margem esquerda do Vístula, conheceu uma mudança significativa.

Com o ‘boom’ económico da Polónia, quando a temperatura sobe acima dos 30ºC, os preconceitos são abandonados e o carnaval acontece em pleno verão.

10 bairros mais “cool” da Europa – 07 holesovice ©Aktron Wikimedia Commons

Holešovice, Praga

Na última década, este bairro conheceu um impressionante ressurgimento.

Holešovice, localizado no norte de Praga, na margem esquerda do rio Vltava, foi um bairro triste, com pouco ou nada para oferecer.


Leia também: Praia em Portugal eleita como “preciosidade escondida”


Contudo, a crença e a visão de criativos empreendedores transformaram o espaço. Aproveitando as rendas baixas e os espaços vazios surgiram diversos estabelecimentos que estão na origem de uma infraestrutura vibrante de cafés, clubes, galerias, lojas e bares.

10 bairros mais “cool” da Europa – 08 ostiense ©Srđan Popović

Ostiense, Roma

Ostiense tornou-se apelativa para novos empreendimentos, restaurantes, arte de rua e bares. Deixando para trás o lado industrial, a área abriga agora muitas faculdades.

A presença de muitos estudantes fomentou um lado mais internacional. As rendas razoáveis contribuíram para ser um chamariz de jovens, assim como a existência de metro.

10 bairros mais “cool” da Europa – 09 dorcol ©Google Maps

Dorćol, Belgrado

Dorćol está situada entre o distrito turístico de Skadarlija, a imponente fortaleza de Kalemegdan e as margens do Danúbio. É “cool”, depois de se explorar os bares e restaurantes da cidade, referência da vida local.

10 bairros mais “cool” da Europa – 10 reunion ©Mbzt

Quartier de la Réunion, Paris

A Circular Place de la Réunion tem muita história. Foi fundada no ano de 1850. É o coração que dá vida ao popular e boémio bairro. Um bairro multicultural, com famílias, artistas e músicos de diversas origens que contribuem com culturas distintas.

A praça tem um novo rosto às quinta-feiras e domingos pois, pela manhã, fica cheia de pessoas a passear entre as bancas do mercado, com tudo o que se pode desejar num evento do género, desde talhos, a queijarias, peixarias e vendedores de frutas e legumes.

Pode saber mais sobre o artigo original do The Guardian (10 of the coolest neighbourhoods in Europe), aqui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.