Início Cultura Língua Portuguesa: sabe quando escrever a, à, á, há, ah e… Hã?

Língua Portuguesa: sabe quando escrever a, à, á, há, ah e… Hã?

Saiba tudo o que precisa para esclarecer todas as dúvidas sobre este assunto. Saiba quando escrever a, à, á, há, ah e… Hã.

ah
Língua Portuguesa: sabe quando escrever a, à, á, há, ah e… Hã?

Saiba tudo o que precisa para esclarecer todas as dúvidas sobre este assunto. Saiba quando escrever a, à, á, há, ah e… Hã.

Há questões frequentes que são de difícil resolução, que dão mais trabalho a esclarecer e que, por isso, muitos optam por manter as dúvidas. É que se esclarecer implica trabalho, é preferível aguardar por outro momento do que estar a interromper as tarefas que estamos a fazer.

Muitas vezes, estas questões surgem justamente em momentos em que estamos ocupados e não temos disponibilidade para esclarecer a dúvida no imediato. O problema é que, mais tarde, esquecemos essa tarefa de esclarecer a dúvida e, assim, fica-se sujeito a momentos que se podem tornar verdadeiramente embaraçosos.

É, por isso, muito importante apontar as dúvidas para nos obrigar a, posteriormente, procurar esclarecimento sobre essas questões. Todas as dúvidas são saudáveis, pois acabam por tornar-se num convite para o conhecimento. Temos é que fazer o esforço de o procurar nas fontes mais credíveis.

Língua Portuguesa: sabe quando escrever a, à, á, há, ah e… Hã?

Exemplos

Saber as definições das palavras é importante, pois ajuda a entender como e quando usar cada uma. Contudo, antes de avançarmos para essas definições, deixamos aqui algumas frases para que sejam analisadas.

Servirá como um pequeno desafio. Todas as frases contêm uma destas palavras. Elas contêm uma sonoridade semelhante que origina grande confusão. Vejamos as frases que se seguem:

  • Há várias revistas na gaveta do teu filho.
  • A atriz deste filme é bonita, não é?
  • Amanhã à noite, tenho um encontro!…
  • Ah! Parabéns! Que notícia maravilhosa!… Vais mesmo ser pai?
  • Hã? Desculpa, mas não percebi. Podes repetir, por favor?
  • É um erro escrever “á” isoladamente, não é?

Nota: Estas frases servem de exemplo para percebermos como sons parecidos podem ter significados bem diferentes.

Leia também:

A

Existem muitos significados para a palavra “a”. O sentido pode depender até do contexto. Esta palavra é muito comum e tem uma utilidade clara, estando presente em diversas locuções. É muito mais do que ser a primeira letra e primeira vogal do alfabeto.

Esta letra é uma vogal central aberta.

Exemplo: Ele usa a pá, diariamente.

Esta letra é ainda a vogal anterior semi aberta.

Exemplo: Cada um de nós merece a sorte que tem.

A letra “a” representa também o primeiro lugar de uma série indicada pelas letras do alfabeto.

A letra a é artigo definido feminino no singular, antecede um nome, indicando uma referência precisa e determinada (por exemplo: a aluna).

A letra “a” é pronome pessoal, que designa a 3ª pessoa do singular, feminino, com a função de complemento direto (exemplo: ela viu-a).

A letra “a” é (unidade de medida), símbolo de are.

A letra “a” é, na física, símbolo de ampere (com maiúscula).

A letra “a” é, na lógica, símbolo de proposição universal afirmativa (com maiúscula).

A letra “a” é, na música (mais especificamente em países germânicos e anglo-saxões), símbolo da nota lá (também com maiúscula).

A letra “a” é, na psicologia, mais especificamente na caracterologia de Heymans-Le Senne, designa o tipo ativo, sendo nA o não ativo (com maiúscula).

A letra “a” faz parte da expressão de A a Z, que significa do princípio ao fim; totalmente.

A letra “a” faz parte da expressão provar por a mais b, que significa provar de modo incontestável.

Um exemplo de uma frase com a palavra “a”: A Maria é guerreira. Fará tudo para ser campeã.

À

Contração a (preposição) + a (artigo definido ou pronome demonstrativo).

A palavra “à” implica assim um sentido ou ação como, por exemplo, quando afirmamos algo como: Se comermos a refeição à pressa, iremos ter problemas.

A letra “à”, com este tipo de acentuação, ocorre em palavras como àquele, àquela, àqueles, àquelas, àquilo, às.

Nota: O acento grave surge em seis palavras portuguesas, nomeadamente:

– às (a+as): Ela foi embora. Foi para casa às 22 horas.

– àquele (a+aquele): Ele foi àquele local que está na moda, com tudo a 1 euro.

– àquela (a+aquela): Ela foi, finalmente, àquela aula de condução a que estava sempre a faltar.

– àqueles (a+aqueles): Elas foram àqueles locais conhecidos pelos seus baixos preços.

– àquelas (a+aquelas): Eles foram àquelas lojas que vendem aquele produto maroto que comprei ontem.

– àquilo (a+aquilo): Não ligues àquilo que ela diz.

Ela está presente em expressões como à la carte ou à-vontade.

Á

Esta palavra “Á” não é usada de forma isolada. É uma letra (“á”) que integra palavras como modo de acentuar a sílaba tónica (por exemplo: Esta página é sobre como usar certas expressões. Assim, é usada isoladamente, se fizermos questões como: Será um erro escrever “á” isoladamente?

Além de ser um nome masculino que significa letra do alfabeto arábico, “há” é também uma forma do verbo haver, mais especificamente da 3ª pessoa do singular do presente do indicativo de haver; é igualmente a 2ª pessoa do singular do imperativo de haver.

Num uso impessoal, a palavra haver significa existir, acontecer, passar-se, decorrer, ter decorrido (período de tempo). A palavra haver é ainda um verbo transitivo que significa ter, possuir, obter, conseguir. Significa também considerar, julgar, sentir, reaver. Por exemplo: Já viste o filme “Há lodo no cais”?

Uma forma de identificar quando usar esta forma, é saber se é possível substituir na frase “há” pelo sinónimo “existe”. Se a frase fizer sentido, então é porque podemos usar essa palavra.

Palavra de origem onomatopaica que é uma interjeição que se faz para interrogar ou exprimir dúvida em relação a determinado assunto que surpreende ou não se ouviu ou não se percebeu bem. Também é usada como resposta a um chamamento.

Esta palavra de origem onomatopaica pode ser usada em frases como: A mulher precisa de um aparelho. Ouve muito mal. Está sempre a dizer “hã?”

Ah

Termo que vem do latim ah, com o mesmo significado. A palavra “ah” é uma Interjeição que exprime espanto, admiração, compaixão, desejo, impaciência, alegria, dúvida, ironia, dor, tristeza ou lamento.

“Ah” significa ainda que alguém, repentinamente, se lembrou de algo. Pode ainda ser a interjeição imitativa de gargalhadas, de riso, do género: “ah! ah! ah!”. Esta interjeição pode ser utilizada de formas distintas como, por exemplo:

“Encontrei as chaves do carro, finalmente! Ah, que sorte, estava a ver que tinha sido roubado!

“Ah, que artigo verdadeiramente elucidativo. Assim, vale a pena ler!…”

“Ah, que bebé tão encantador!…”

4 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.