Início Tradições Rabanadas da mãe ou avó, à moda antiga

Rabanadas da mãe ou avó, à moda antiga

Um doce de Natal que tem diferentes nomes, mas que é tradicional em todo o país. Aproveite as nossas sugestões de rabanadas da mãe ou avó, à moda antiga.

Rabanadas da mãe ou avó
Rabanadas da mãe ou avó, à moda antiga

Um doce de Natal que tem diferentes nomes, mas que é tradicional em todo o país. Aproveite as nossas sugestões de rabanadas da mãe ou avó, à moda antiga.

Hoje em dia, já existem diferentes versões da receita das rabanadas. Há versões cozinhadas no forno. Algumas que usam outros tipos de pão que não o cacete. Há, até, certas sugestões que regam a rabanada com doce de ovos ou chocolate.

Porém, neste artigo, focamo-nos nas propostas mais tradicionais, para quem não dispensa a rabanada com o sabor da receita da mãe ou da avó. Há quem as faça em vinho; há quem as faça em água; há, até, quem as faça em leite. Certo é que o resultado final é sempre delicioso e não há quem resista a comer uma, duas ou, mesmo, três, de uma só assentada!

Rabanadas da mãe ou avó, à moda antiga

Rabanadas da mãe ou avó
Rabanadas da mãe ou avó, à moda antiga

Rabanadas de leite

Ingredientes

– 1 cacete para rabanadas

– 1/2 litro leite

– 3 ovos

– 5 colheres de sopa de açúcar

– Casca de limão

– Pau de canela


Leia também: Rabanadas no forno, 3 receitas muito tentadoras


Modo de Preparação

– Corte o cacete em fatias.

– Depois, leve um tacho ao lume com o leite, a casca de limão, o pau de canela e o açúcar.

– Quando ferver, retirar do lume e mergulhe as fatias, uma a uma, sem deixar que se desfaçam. Deixe-as escorrer.

– À parte, bata os ovos e passe as fatias por esses ovos. Escorra novamente.

– Leve ao lume uma frigideira com óleo bem quente e doure as fatias de pão.

– Deixar escorrer a gordura e disponha-as numa travessa, polvilhadas com açúcar e canela.

Rabanadas da mãe ou avó
Rabanadas da mãe ou avó, à moda antiga

Rabanadas de vinho tinto

Ingredientes

– 1 cacete com 2/3 dias

– 1 lt de vinho maduro tinto

– 1 colher de chá de mel

– 1 pau de canela

– 1 casca de limão

– Açúcar q.b.

– Canela em pó q.b.

– Ovos q.b.

– Óleo q.b.

Modo de Preparação

– Ferva o vinho, juntamente com o mel, o pau de canela, a casca de limão e o açúcar a gosto.

– Corte o pão em fatias.

– Deixe arrefecer o vinho, enquanto bate os ovos numa taça, o vinho noutra taça e o açúcar em pó e a canela em pó noutra taça.

– Aqueça o óleo numa frigideira grande.

– Molhe as fatias de pão no vinho, sem se desfazerem. Deixe escorrer.

– Passe-as no ovo batido e coloque-as na frigideira com o óleo bem quente. Doure de um lado e outro.

– Depois de fritas, retire o excesso de óleo.

– Polvilhe de ambos os lados com a mistura de açúcar e canela.

– Vá dispondo as rabanadas em camadas numa taça funda. Repita o processo até acabar o pão.

Calda

– Aproveite o vinho que sobrou e acrescente mais até ter 600 g.

– Acrescente 300 g de açúcar e um pau de canela.

– Deixe ferver 1 minuto.

– Quando arrefecer, verta o molho sobre as rabanadas e sirva.

Rabanadas da mãe ou avó
Rabanadas da mãe ou avó, à moda antiga

Rabanadas de água

Ingredientes

– 300g de açúcar

– 2 ou 3 ovos

– 1 pão de cacete (da véspera)

– 1 l de água

– 1 pitada de sal

– 1 colher de sopa de manteiga

– 1 pau de canela

– 1 casca de limão

– 1 cálice de vinho do Porto

– 1 colher de sopa de mel

– Óleo para fritar


Leia também: 7 receitas de Rabanadas das nossas Avós


Modo de Preparação

– Corte o pão em fatias.

– Leve ao lume a água com o açúcar, a manteiga, o pau de canela, a casca de limão, uma pitada de sal, o mel e o cálice do vinho do Porto.

– Deixe ferver durante 5 minutos.

– Depois, deixe a calda no lume no mínimo.

– Num prato, coloque as fatias de pão e regue com essa calda.

– Escorra-as e, em seguida, passe-as pelos ovos batidos e doure-as em óleo bem quente.

– Depois de fritas, disponha as rabanadas numa travessa funda e polvilhe com açúcar e canela.

– Sirva com um pouco de vinho do Porto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.