Início Saúde Qual a medida certa de vinho tinto?

Qual a medida certa de vinho tinto?

Quando o consumo de vinho tinto é aconselhado, apela-se ao bom senso. Segundo os investigadores, qual será a medida certa de vinho tinto que devemos consumir?

medida certa de vinho tinto
Qual a medida certa de vinho tinto?

Segundo os investigadores, qual será a medida certa de vinho tinto que devemos consumir? Temos vindo a divulgar os muitos estudos que vão sendo publicados e que vão dando conta dos múltiplos benefícios do vinho tinto. Essas pesquisas destacam, principalmente, as vantagens de consumir este produto, embora nem sempre indiquem qual a dose diária recomendada.

Normalmente, quando o consumo de vinho tinto é aconselhado, apela-se ao bom senso e à moderação mas, na prática, o que quererá isso dizer?! Que devemos beber ½  copo, 1 copo, 2 copos por dia? Esta é a questão que se impõe e cuja resposta vamos divulgar de seguida.

medida certa de vinho tinto
Qual a medida certa de vinho tinto?

Qual a medida certa de vinho tinto?

Para responder à pergunta enunciada, tomamos por base uma investigação recente, publicada na revista científica Annals of Internal Medicine. Essa pesquisa defende que, para a maioria das pessoas, o consumo ideal de vinho tinto é de um copo ao jantar, suficiente para prevenir as doenças cardiovasculares e o desenvolvimento de diabetes tipo 2, além de diminuir o risco de mortalidade.


Leia também: Descubra o que acontece se beber vinho tinto todas as noites


De acordo com este tudo, a ingestão de uma porção superior pode prejudicar o coração e aumentar a probabilidade de desenvolver certos tipos de cancros. No fundo, pôr em causa os principais benefícios deste produto.

medida certa de vinho tinto
Qual a medida certa de vinho tinto?

Porém, é também importante salientar que, segundo esta pesquisa, se consumir uma quantidade inferior à indicada acima, então também não tirará partido de todos os benefícios associados ao seu consumo, como estimular o cérebro ou reduzir o risco de sofrer de doenças cardiovasculares.

O estudo

A pesquisa em questão foi levada a cabo por investigadores da Universidade Ben-Gurion do Neguev, em Israel. Eles escolheram um grupo específico de pessoas – com diabetes tipo 2 e com baixo risco de alcoolismo – e avaliaram os efeitos do consumo moderado de álcool.

A amostra contou com 224 pessoas que, durante 2 anos, ao jantar, passaram a beber 150ml de água mineral ou de vinho branco ou de vinho tinto. A acompanhar, todos os participantes faziam uma dieta mediterrânica, sem restrição de calorias.

medida certa de vinho tinto
Qual a medida certa de vinho tinto?

Antes, durante e depois da experiência, foram sendo tiradas aos grupos amostras sanguíneas que permitiram analisar as variações no controlo glicémico, no nível de lípidos e na função hepática dos participantes.

Através dessa avaliação, o estudo concluiu que o grupo que bebeu vinho tinto aumentou significativamente os níveis de colesterol HDL, apresentando um nível de colesterol mais saudável do que o das pessoas que consumiram água. Além disso, este grupo, como já adiantámos, diminuiu os fatores de risco associados ao desenvolvimento de doenças cardíacas, acidentes vasculares cerebrais e diabetes tipo 2. Ambos os grupos que beberam vinho (tinto ou branco) também registaram um sono de melhor qualidade.

Outra conclusão muito satisfatória é que nenhum grupo sofreu efeitos adversos significativos, o que significa que, desde que se cumpra o consumo da quantidade de vinho tinto sugerida, não há quaisquer desvantagens para a saúde.

medida certa de vinho tinto
Qual a medida certa de vinho tinto?

Alguns benefícios do vinho tinto

Como já referimos, são vários os estudos que, nos últimos anos, têm concluído e avançado as diversas vantagens de consumir regularmente e com moderação vinho tinto.

A investigação que hoje lhe apresentámos ajuda a definir este conceito de moderação, apontando um copo de vinho ao jantar como a medida certa para colher o máximo de benefícios do vinho tinto, sem pôr em risco a sua saúde e sem perder a oportunidade de usufruir das muitas vantagens deste produto.


Leia também: Vinho tinto ou branco: qual o mais saudável?


Agora, para o recordar, vamos listar em seguida alguns dos principais benefícios do vinho tinto:

– Promover a longevidade;

– Melhorar as capacidades de memorização;

– Reduzir o risco de doenças cardíacas;

– Promover a saúde ocular;

– Diminuir o risco de cancro;

– Melhorar a saúde dentária;

– Ajudar a reduzir o colesterol;

– Proteger da gripe comum.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.