Início Viagem Turismo nacional: os monumentos mais visitados de Portugal

Turismo nacional: os monumentos mais visitados de Portugal

Monumentos que são emblemas da nação e, por isso, são os mais procurados. Conheça os monumentos mais visitados de Portugal.

monumentos mais visitados de Portugal
Turismo nacional: os monumentos mais visitados de Portugal

Monumentos que são emblemas da nação e, por isso, são os mais procurados. Conheça os monumentos mais visitados de Portugal.

Portugal é um país deslumbrante. Não faltam razões para nos apaixonarmos pelas maravilhas deste país à beira mar plantado. Nos 18 distritos e nas 2 regiões autónomas – os arquipélagos dos Açores e Madeira -, existe um património verdadeiramente fascinante. Um país com uma imensa riqueza natural, paisagens deslumbrantes diversificadas, excelentes praias, piscinas naturais memoráveis, belas cascatas…

Há ainda um património histórico de inegável valor em que, entre muitas outras variáveis, podemos incluir gastronomia tradicional, aldeias históricas e monumentos nacionais. Entre estes últimos, existem uns que se destacam pelo número de visitas. Conheça quais são os mais procurados. Turismo nacional: os monumentos mais visitados de Portugal.


Leia também: Uma das Sete Novas Maravilhas do Mundo fica em Portugal


Turismo nacional: os monumentos mais visitados de Portugal

Património português

Portugal é um país com uma história rica e repleta de estórias que ainda concedem mais valor ao seu património. São muitos e fascinantes os monumentos nacionais que estão espalhados pelo nosso país.

Não faltam portugueses e estrangeiros, devidamente equipados com máquinas fotográficas, a registar para a posteridade o seu encontro com os monumentos portugueses. Há muitos edifícios históricos que são emblemáticos para a região e para o país. Fique a conhecer entre eles, quais são os mais visitados.

monumentos mais visitados de Portugal
Turismo nacional: os monumentos mais visitados de Portugal

Convento de Cristo

A construção do emblemático Convento de Cristo, presente em Tomar, está ligada à fundação do reino de Portugal e à Ordem dos Templários. Neste belíssimo monumento,

é possível encontrar diferentes estilos arquitétonicos, nomeadamente românico, gótico, manuelino, renascentista e maneirista.

Informação útil

Aos domingos e feriados, é possível entrar livremente até às 14 horas.

Enquanto noutras horas e noutros dias, o bilhete individual tem o custo de 6 euros.

Saiba mais informações, aqui.

monumentos mais visitados de Portugal
Turismo nacional: os monumentos mais visitados de Portugal

Mosteiro da Batalha

O Mosteiro da Batalha é considerado património mundial pela UNESCO. Nele estão sepultados D. João I, Infante D. Henrique, D. Fernando, D. Afonso V e, entre outros, o Soldado Desconhecido. Tem estatuto de Panteão Nacional.

A arquitectura deste icónico monumento é gótica tardia portuguesa, tendo ainda um estilo manuelino. Tem ainda a bela história de ter sido o rei D. João I que, na sequência da vitória sobre Castela na batalha de Aljubarrota, mandou construir o Mosteiro da Batalha como forma de agradecimento à Virgem Maria.

Informação útil

Aos domingos e feriados, é possível entrar livremente até às 14 horas.

Enquanto noutras horas e noutros dias, o bilhete individual tem o custo de 6 euros.

Saiba mais informações, aqui.

monumentos mais visitados de Portugal
Turismo nacional: os monumentos mais visitados de Portugal

Mosteiro de Alcobaça

Muito provavelmente, D. Pedro I e Inês de Castro representam a história de amor mais fascinante do nosso país. O Mosteiro de Alcobaça ficará para sempre ligado a esta relação. Os túmulos de ambos estão lá sepultados, colocados frente a frente. Assim, se regressassem à vida, ao ascenderem, iriam ver-se um ao outro, num reencontro muito desejado por D. Pedro.

É que o rei D. Afonso IV, seu pai, sentenciou à morte do amor da vida de D. Pedro, Inês de Castro (a mulher que foi coroada rainha depois de morta). Esta relação não é o único ponto de interesse deste Mosteiro, cuja construção foi iniciada em meados do século XII, responsabilidade dos monges da Ordem de Cister. A Sala dos Reis é interessante, assim como o Claustro de D. Dinis que merece toda a nossa atenção. Há ainda outros espaços importantes como a Cozinha, o Refeitório, o Dormitório e a Sala do Capítulo.


Leia também: Os palácios mais bonitos de Portugal


Informação útil

Aos domingos e feriados, é possível entrar livremente até às 14 horas.

Enquanto noutras horas e noutros dias, o bilhete individual tem o custo de 6 euros.

Saiba mais informações, aqui.

monumentos mais visitados de Portugal
Turismo nacional: os monumentos mais visitados de Portugal

Mosteiro dos Jerónimos

Foi por instrução do Rei D. Manuel I que o Mosteiro dos Jerónimos foi construído (século XVI). Hoje, é uma referência nacional, uma das sete maravilhas que o nosso país tem.

Alguns dos nomes mais relevantes da história e cultura de Portugal estão sepultados neste Mosteiro, tais como: Camões, Fernando Pessoa, Alexandre Herculano, Vasco da Gama, ou D. Sebastião.

Informação útil

Aos domingos e feriados, é possível entrar livremente até às 14 horas.

Enquanto noutras horas e noutros dias, o bilhete individual tem o custo de 10 euros.

Saiba mais informações, aqui.

monumentos mais visitados de Portugal
Turismo nacional: os monumentos mais visitados de Portugal

Palácio Nacional de Mafra

Foi recentemente declarado Património Mundial da UNESCO. Uma segunda edição de “Os Lusíadas” está entre os itens mais valiosos da biblioteca presente no Palácio Nacional de Mafra, que conta com mais de 30 mil livros.

Informação útil

Aos domingos e feriados, é possível entrar livremente até às 14 horas.

Enquanto noutras horas e noutros dias, o bilhete individual tem o custo de 6 euros.

Saiba mais informações, aqui.

monumentos mais visitados de Portugal
Turismo nacional: os monumentos mais visitados de Portugal

Torre de Belém

Também Património Mundial da UNESCO, a Torre de Belém é outro dos monumentos mais emblemáticos de Portugal, uma das suas sete maravilhas. A simbologia própria do manuelino está presente neste monumento icónico. A sua decoração exibe cruzes da Ordem Militar de Cristo, esferas armilares, elementos naturalistas e cordas que envolvem o edifício, rematado com elegantes nós.

Informação útil

Aos domingos e feriados, é possível entrar livremente até às 14 horas.

Enquanto noutras horas e noutros dias, o bilhete individual tem o custo de 6 euros.

Saiba mais informações, aqui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.