Início Viagem Os melhores trilhos e percursos do Parque Nacional da Peneda-Gerês

Os melhores trilhos e percursos do Parque Nacional da Peneda-Gerês

Percursos fantásticos que permitem um contacto mais próximo com a Natureza! Conheça os melhores trilhos e percursos do Parque Nacional da Peneda-Gerês.

melhores trilhos e percursos do Parque Nacional da Peneda-Gerês
Os melhores trilhos e percursos do Parque Nacional da Peneda-Gerês

Conheça os melhores trilhos e percursos do Parque Nacional da Peneda-Gerês. O Parque Nacional da Peneda-Gerês (PNPG) é um destino turístico fantástico. Possui cerca de 70.000 ha. Representa uma experiência maravilhosa para quem gosta de colocar à prova o seu espírito aventureiro. Não há em Portugal melhor destino que evidencie a comunhão entre o Homem e a Natureza.

O Gerês é uma região montanhosa, com zonas de elevada altitude, com vales profundos, com bosques, matos e vegetação. Há diversidade de espécies faunísticas como salamandra-lusitânica ou lobo-ibérico.

melhores trilhos do Parque Nacional da Peneda-Gerês
Os melhores trilhos e percursos do Parque Nacional da Peneda-Gerês

Há ainda património histórico-cultural relevante, desde necrópoles megalíticas, espigueiros, fornos, moinhos, a tradições peculiares, vestígios da romanização, castelos, entre muitas outras atrações. A melhor forma de explorar toda esta riqueza é percorrer alguns dos seus trilhos. Não concorda?

Os melhores trilhos e percursos do Parque Nacional da Peneda-Gerês

melhores trilhos e percursos do Parque Nacional da Peneda-Gerês
Os melhores trilhos e percursos do Parque Nacional da Peneda-Gerês

Trilho Interpretativo do Mezio

O trilho tem início junto à Porta do Mezio no Parque Nacional. Ao longo do percurso, encontrará elementos do património arqueológico, como a Necrópole Megalítica do Mezio (poderá ver antas, nomeadamente a bem conservada e famosa anta grande do Mezio, próxima à estrada).


Leia também: O Gerês e mais 11 incríveis maravilhas naturais de Portugal


Este percurso é adequado para crianças. Pode ser feito ao longo de todo o ano, devendo ser evitado nos períodos mais chuvosos.

Informação útil

Dificuldade: fácil.
Tipo de Piso: Terra ou rochas.
Extensão: 2,2 KM.
Duração: 1 H.
GPS: 41° 53′ 5″ N / 8° 18′ 50″ W. Classificação: Pedestre.
Ponto de Partida: Porta do Mezio do Parque Nacional.
Ponto de Chegada: O da partida.
Subida Acumulada: 69,4 m. Descida Acumulada: -69,4 m. Tipo de percurso: Circular.

melhores trilhos e percursos do Parque Nacional da Peneda-Gerês
Os melhores trilhos e percursos do Parque Nacional da Peneda-Gerês

PR1 TBR Trilho da Cidade da Calcedónia

Neste percurso, o destaque vai para a paisagem rural do vale de Covide, com bosques e ribeiros. É um percurso exigente, mas interessante. Destaca-se o afloramento mais alto, o Tonel, com os seus 919 m de altitude. Poderá ainda encontrar as vacas barrosãs, enquanto elas pastam pelo monte em plena liberdade.

Informação útil

Dificuldade: Muito difícil.
Tipo de Piso: Terra ou rochas.
Extensão: 6,5 KM.
Duração: 5 H.
GPS: 41° 44′ 3″ N / 8° 12′ 39″ W. Classificação: Pedestre.
Ponto de Partida: Lugar do Calvário, Covide – N307 (perto cruzamento com N304)
Ponto de Chegada: O mesmo da partida.
Subida Acumulada: 513 m. Descida Acumulada: -514 m. Tipo: Circular.

melhores trilhos e percursos do Parque Nacional da Peneda-Gerês
Os melhores trilhos e percursos do Parque Nacional da Peneda-Gerês

PR14 TBR Trilho do Sobreiral da Ermida do Gerês

O trilho deve o seu nome ao sobreiral que se evidencia na paisagem montanhosa. A beleza paisagística é o destaque deste trajeto de dificuldade média. Seguramente que pelos caminhos florestais não faltarão encantos, mas o protagonismo poderá recair sobre a cascata e o vale do Arado.

Informação útil

Dificuldade: Médio.
Tipo de Piso: Terra ou rochas.
Extensão:13 KM.
Duração:5 H.
GPS: 41° 42′ 7″ N / 8° 7′ 46″ W. Classificação: Pedestre.
Ponto de Partida: Miradouro da Ermida.
Ponto de Chegada: O da partida
Subida Acumulada: 746 m. Descida Acumulada: -744 m. Tipo: Circular.

melhores trilhos e percursos do Parque Nacional da Peneda-Gerês
Os melhores trilhos e percursos do Parque Nacional da Peneda-Gerês

PR3 MLG Trilho Castrejo

Este trilho de dificuldade elevada não é para todos, mas sim para os mais aventureiros. É um percurso que permite testemunhar a beleza montanhosa do Parque Nacional. Este é um caminho que se apresenta bem sinalizado. Embarque nesta agradável aventura!

Informação útil

Dificuldade: Difícil.
Tipo de Piso: Misto.
Extensão:1,2 KM.
Duração: 8 H.
GPS: 42° 1′ 50″ N / 8° 9′ 33″ W. Classificação: Pedestre.
Ponto de Partida: Cruzamento em Castro Laboreiro – na N202-3, junto ao hotel
Ponto de Chegada: O mesmo da partida.
Subida Acumulada: 627 m. Descida Acumulada: 627 m. Tipo: Circular.

melhores trilhos e percursos do Parque Nacional da Peneda-Gerês
Os melhores trilhos e percursos do Parque Nacional da Peneda-Gerês

PR5 TBR Trilho da Águia do Sarilhão

Embora este trilho possa ser recomendado ao longo de todo o ano, deve evitar fazê-lo nos períodos mais chuvosos, nos dias de nevoeiro e nos dias muito frios.

O trilho da Águia do Sarilhão tem na freguesia de Campo do Gerês o seu início e o seu fim. Há vários destaques ao longo de um percurso que tem duas descidas com piso em mau estado (toda a precaução é recomendada). Entre as atrações, há o Museu de Vilarinho das Furnas, a águia-real (Aquila chrysaetos), habitações e espigueiros…

Informação útil

Dificuldade: Fácil.
Tipo de Piso: Terra ou rochas.
Extensão: 8,8 KM.
Duração: 3 H.
GPS: 41° 45′ 0″ N / 8° 11′ 49″ W.  Classificação: Pedestre.
Ponto de Partida: Porta do PNPG em Campo do Gerês.
Ponto de Chegada: O mesmo
Subida Acumulada: 372 m. Descida Acumulada: -372 m. Tipo: Circular.

melhores trilhos e percursos do Parque Nacional da Peneda-Gerês
Os melhores trilhos e percursos do Parque Nacional da Peneda-Gerês

Trilho de Pitões das Júnias

É um dos trilhos mais famosos do Parque Nacional da Peneda-Gerês, destacando-se o mosteiro de Santa Maria das Júnias, como principal ponto de interesse. Ao longo deste trilho, poderá contemplar paisagens de memorável beleza.

Destacam-se ainda os lagartos que habitam nas velhas paredes do mosteiro. Poderá até encontrar o maior lagarto da nossa fauna, o sardão (Timon lepidus), o qual pode mesmo atingir cerca de 1 metro de comprimento!

Informação útil

Dificuldade: Médio.
Tipo de Piso: Terra ou rochas.
Extensão: 4,3 KM.
Duração: 1:30 H.
GPS: 41° 50′ 18″ N / 7° 56′ 47″ W. Classificação: Pedestre.
Ponto de Partida: Junto ao cemitério de Pitões das Júnias.
Ponto de Chegada: O mesmo. Subida Acumulada: 221 m. Descida Acumulada: -221 m. Tipo: Circular.

melhores trilhos e percursos do Parque Nacional da Peneda-Gerês
Os melhores trilhos e percursos do Parque Nacional da Peneda-Gerês

PR10 TBR Trilho da Preguiça – Ecologia do Carvalhal

Este trilho de dificuldade média é recomendado nas épocas mais quentes, na primavera e verão. Ao longo deste trilho, não faltarão destaques que deixam qualquer um encantado, desde o rio Gerês, à grande diversidade de espécies de árvores.

O miradouro da Preguiça é uma referência obrigatória para contemplar a beleza local. Atenção, este trilho não é aconselhável a pessoas com dificuldade de locomoção!


Leia também: Top 10 das mais bonitas cascatas e quedas de água do Gerês


Informação útil

Dificuldade: Médio.
Tipo de Piso: Terra ou rochas.
Extensão: 4 KM.
Duração: 3 H
GPS: 41° 45′ 3″ N / 8° 9′ 12″ W. Classificação: Pedestre.
Ponto de Partida: Junto à casa de guarda da Preguiça.
Ponto de Chegada: O mesmo.
Subida Acumulada: 370 m. Descida Acumulada: -368 m. Tipo: Circular

melhores trilhos e percursos do Parque Nacional da Peneda-Gerês
Os melhores trilhos e percursos do Parque Nacional da Peneda-Gerês

Trilho de Tourém

A aldeia raiana de Tourém destaca-se num percurso rico. O âmbito natural, cultural e panorâmico deste trilho torna-o interessante de percorrer em família, pois é de acesso fácil. O património arquitetónico é parte da sua riqueza. É ainda um local privilegiado para a observação de aves, nomeadamente rapinas.

Informação útil

Dificuldade: Fácil.
Tipo de Piso: Terra ou rochas.
Extensão: 3,2 KM.
Duração: 2:30 H.
GPS: 41° 54′ 29″ N / 7° 53′ 53″ W. Classificação: Pedestre.
Ponto de Partida: Tourém – capela Sra. do Rosário.
Ponto de Chegada: O da partida.
Subida Acumulada: 124 m. Descida Acumulada: -124 m.  Tipo: Circular.

3 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.