Início Cultura Língua Portuguesa: escreve-se enfim ou em fim?

Língua Portuguesa: escreve-se enfim ou em fim?

Existem dúvidas que teimam em aparecer no nosso quotidiano mas que, com artigos como este, certamente desaparecerão. Escreve-se enfim ou em fim?

enfim ou em fim
Língua Portuguesa: escreve-se enfim ou em fim?

Língua Portuguesa: escreve-se enfim ou em fim?

Existem dúvidas que teimam em aparecer no nosso quotidiano mas que, com artigos como este, certamente desaparecerão. Escreve-se enfim ou em fim?

Sendo a língua portuguesa tão rica e complexa, dificilmente se consegue dominá-la na íntegra. Mesmo os mais eruditos, não conseguem escapar a momentos menos felizes – principalmente estando em situações que impliquem grande tensão, como por exemplo num parlamento, numa entrevista em direto ou noutro cenário do género –, onde deixam escapar uma gafe que contamina o seu discurso.

Devemos escrever enfim ou em fim?

Vejamos as seguintes frases, para exercitarmos os nossos conhecimentos:

– Agora que os teus pais foram embora, podemos enfim falar sobre um assunto delicado. / Agora que os teus pais foram embora, podemos em fim falar sobre um assunto delicado.

– Não há nada como ter vivido de forma livre, para se sentir realizado em fim de vida. / Não há nada como ter vivido de forma livre, para se sentir realizado enfim de vida.

– Aquele professor perdeu a paixão pela docência, agora que está enfim de carreira. / Aquele professor perdeu a paixão pela docência, agora que está em fim de carreira.

– Após vivermos juntos durante uma década, decidimos enfim / Após vivermos juntos durante uma década, decidimos em fim casar.

Antes de avançarmos para a explicação de ambas as possibilidades, convém ter em conta que tanto uma expressão, como outra, existem e integram o léxico português. Por isso, se estiver ausente qualquer contextualização, ambas as expressões estão corretas, pois existem na língua portuguesa.

Contudo, e apesar da semelhança na sonoridade, elas possuem sentidos distintos. Conhecendo o significado dos dois termos (“enfim” e “em fim”), é possível saber quando usar um e outro, de acordo com o contexto e com o que se pretende dizer.

Língua Portuguesa: escreve-se enfim ou em fim?

Este advérbio de tempo surge com a aglutinação da preposição “em” com o substantivo “fim”. Pode, assim, ser encarado como sinónimo de: finalmente, por fim.

É frequente assistirmos ao uso de “enfim” no culminar de alguma reflexão, seguido das seguintes palavras: por último, em síntese, em conclusão, em suma.

Língua Portuguesa: escreve-se enfim ou em fim?

– Este jogador tem um talento fantástico: faz assistências, marca muitos golos, cruza de forma perfeita, nunca pára de correr, enfim, é uma verdadeira maravilha!

– Ser professor não é fácil. É preciso ser paciente, estar atento a casos delicados, saber manter a disciplina, ser justo nas notas,… Enfim, é preciso muito trabalho para se conseguir tornar um bom professor.

enfim ou em fim
Língua Portuguesa: escreve-se enfim ou em fim?

Escrito desta forma, em duas palavras, assiste-se a uma sequência, na qual a preposição “em” é antecedida pelo substantivo comum masculino “fim”.

Estas duas palavras assumem, então, o valor de uma locução adverbial de tempo. Pode ser assim encarado como sinónimo de: no término, no final, no termo, no final de (…), ou no fim de (…).

enfim ou em fim
Língua Portuguesa: escreve-se enfim ou em fim?

– Recordo-me sempre da má forma do jogador, quando estava em fim de carreira.

– Ele fez o testamento em fim de vida, de forma a assegurar que os seus bens fossem dados a quem queria.

– Em fim de ano, com o entusiasmo e o álcool, o número de acidentes de viação aumenta substancialmente.

– Em fim de vida, ele quis dizer aos seus filhos o quanto os amava.

enfim ou em fim
Língua Portuguesa

Certamente que agora não confundirá mais as duas opções. Estando sempre atento ao contexto, pode ainda ajudar fazer um pequeno jogo.

Uma forma de tornar ainda mais fácil a destrinça entre ambas as formas, é substituir as palavras. Se numa frase conseguir trocar “enfim” por “finalmente”, então significa que está a usar a palavra correta. O mesmo exercício pode fazer com o conceito “em fim”, substituindo a expressão por “no fim de (…)”, por exemplo.

Agora que estamos em fim de artigo, facilmente percebemos como e quando podemos usar uma e outra possibilidade (“enfim” e “em fim”). Assim, podemos, enfim, resolver os exercícios colocados em cima.

– Agora que os teus pais foram embora, podemos enfim falar sobre um assunto delicado. / Agora que os teus pais foram embora, podemos em fim falar sobre um assunto delicado.

– Não há nada como ter vivido de forma livre, para se sentir realizado em fim de vida. / Não há nada como ter vivido de forma livre, para se sentir realizado enfim de vida.

– Aquele professor perdeu a paixão pela docência, agora que está enfim de carreira. / Aquele professor perdeu a paixão pela docência, agora que está em fim de carreira.

– Após vivermos juntos durante uma década, decidimos enfim casar. / Após vivermos juntos durante uma década, decidimos em fim casar.

Se gostou deste artigo também poderá gostar de:


Língua Portuguesa: 8 erros comuns quando falamos

Língua Portuguesa: «A gente» e os erros falsos de português

Língua Portuguesa: escreve-se a, à, á, há ou ah?

_

Márcio Magalhães
Um Mestrado em Ensino não fazia prever o percurso consolidado e bem sucedido no marketing digital e na produção de conteúdos, com publicação regular de artigos em diversas plataformas. (exclusivamente responsável pelo conteúdo textual)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.