Início Cultura Língua Portuguesa: as 10 palavras mais sombrias

Língua Portuguesa: as 10 palavras mais sombrias

Consulte uma lista de palavras que nos remete para um universo mais sombrio e obscuro. Consulte as 10 palavras mais sombrias.

Língua Portuguesa: as 10 palavras mais sombrias

Língua Portuguesa: as 10 palavras mais sombrias

Consulte uma lista de palavras que nos remete para um universo mais sombrio e obscuro. Consulte as 10 palavras mais sombrias.

O universo de cada língua é muito vasto, sendo que com qualquer idioma é possível construir e criar discursos muito diversos. Uns usam as palavras para criações deslumbrantes, cuja única intenção é exibir a sua absoluta beleza; outros, com igual talento mas objetivos distintos, usam-nas para a criação de humor; e existem, ainda, aqueles que procuram no amor e no romance a forma de demonstrar a sua criatividade.

Existem também inúmeras almas engenhosas, com escopos bem distintos, onde o dramatismo assume maior protagonismo. Esta divisão é escassa e pobre, pois não retrata, de todo, a abundância de recursos díspares que as pessoas conseguem proporcionar com as palavras. Porém, é suficiente para perceber o porquê de existir uma lista de palavras sombrias.

As 10 palavras mais sombrias

Língua Portuguesa: as 10 palavras mais sombrias

Autópsia

Vem do grego autopsía, “ato de ver com os próprios olhos”. Exame médico realizado num cadáver, o qual é feito com o objetivo de determinar as causas da morte.

No sentido figurado, pode ser encarado como uma inspeção de si mesmo ou uma análise crítica minuciosa.

Língua Portuguesa: as 10 palavras mais sombrias

Despedida

Ato de despedir ou despedir-se. No sentido figurado, pode significar conclusão, termo. No plural, corresponde a expressões de cortesia, utilizadas quando as pessoas se separam e vão embora (ausência de férias, de fim de semana, partida para outro país).

Assim, despedir é dispensar os serviços de alguém, mandar sair, licenciar, isentar de serviço, lançar, arremessar, enviar, expedir, aviar, despachar, soltar, exalar.

Enquanto verbo intransitivo, significa partir, retirar-se, estar a morrer. Já enquanto verbo pronominal, separar-se cumprimentando, retirar-se dizendo adeus, fazer as despedidas, ir-se embora, demitir-se, largar um emprego.

Língua Portuguesa: as 10 palavras mais sombrias

Funeral

Palavra que advém do latim funerãle. É um adjetivo que se refere à morte ou ao funeral; fúnebre. Enquanto nome masculino, é a palavra que remete para a cerimónia de enterramento de um corpo, enterro, cortejo fúnebre, onde ocorre a demonstração de luto.

Língua Portuguesa: as 10 palavras mais sombrias

Gótico

Palavra que advém do latim gotïco. Enquanto adjetivo, vem dos Godos ou a eles se refere. No entanto, está também intimamente ligada quer à arquitetura (nomeiam-se de estilo arquitetónico gótico as construções com características como: forma ogival das abóbadas e dos arcos), à literatura (diz-se da narrativa que esteve em voga no século XVII, cuja ação decorre normalmente em época medieval e explora temas sombrios), à música (combinando características do punk e do heavy metal).

É também a língua dos Godos. E, ainda, um estilo que se caracteriza pelo uso de roupas escuras e maquilhagem carregada. Uma filosofia que se foca em temas obscuros, como o mistério da morte e da vida. A pessoa que segue este estilo é, também, identificada como gótica.

Língua Portuguesa: as 10 palavras mais sombrias

Lúgubre

Advém do latim lugübre e é um adjetivo que pode significar fúnebre, sinistro, triste, taciturno, soturno, sombrio, escuro.

palavras mais sombrias
Língua Portuguesa: as 10 palavras mais sombrias

Madrugada

Um nome feminino referente ao período que precede o nascer do dia, a aurora, a alvorada. É o período de tempo compreendido entre a meia-noite e o amanhecer.

Ato de madrugar, de se levantar cedo da cama. No sentido figurado, representa o início, o começo de algo.

palavras mais sombrias
Língua Portuguesa: as 10 palavras mais sombrias

Melancolia

Vem do grego melagkholia. Tristeza profunda e persistente, duradoura; desgosto, abatimento.

Na medicina, a melancolia é a afeção mental caraterizada por uma depressão, mais ou menos acentuada, um sentimento de incapacidade, um desgosto da existência de autoacusação, de indignidade.

palavras mais sombrias
Língua Portuguesa: as 10 palavras mais sombrias

Melodramatizar

Tornar algo melodramático. Melodrama, no teatro, foi um género dramático desenvolvido a partir do século XVIII, no qual o diálogo era entrecortado por momentos de música instrumental.

Era uma peça dramática de cariz popular, caraterizada pela predominância de situações violentas e sentimentos exagerados. Por isso é visto, muitas vezes, no sentido pejorativo, como composição dramática de má qualidade.

Coloquialmente, fazer um melodrama é exagerar o lado negativo de alguma coisa, reagir de forma exagerada a algo.

palavras mais sombrias
Língua Portuguesa: as 10 palavras mais sombrias

Morte

Ato ou efeito de morrer. Interrupção definitiva da vida; termo da existência. Na Medicina, é a cessação das funções vitais. O desaparecimento gradual, o acabamento, o fim.

Existem diferentes tipos de morte (clínica, súbita, cerebral, natural,…). Todas elas se referem a algum tipo de cessação. A morte pode ser, também, no sentido figurado, a ruína, a desgraça, o sofrimento.

A Morte, assim, com M maiúsculo, é também uma figura imaginária, representação iconográfica que personifica o poder que extingue a vida.

palavras mais sombrias
Língua Portuguesa: as 10 palavras mais sombrias

Sinistro

Vem do latim sinistru, “o lado esquerdo”. É um adjetivo que significa esquerdo, que tem mau agouro, presságio.

Tétrico, sombrio, malvado, cruel, terrível, funesto, desastroso, ameaçador, desgraçado. Enquanto nome masculino, também representa desastre, grande prejuízo, naufrágio, infortúnio, ruína.

Se gostou deste artigo também poderá gostar de:

Língua Portuguesa: as 10 palavras mais sexy e sensuais

Língua Portuguesa: diz-se «Obrigado» ou «Obrigada»?

Língua Portuguesa: 5 palavras que estão a morrer

30 dos melhores Provérbios Portugueses

_

Márcio Magalhães
Um Mestrado em Ensino não fazia prever o percurso consolidado e bem sucedido no marketing digital e na produção de conteúdos, com publicação regular de artigos em diversas plataformas. (exclusivamente responsável pelo conteúdo textual)

3 COMENTÁRIOS

  1. O que tem de sombrio e negro na doce madrugada? E ainda esquecem a palavra mais sinistra da língua portuguesa: metástase.

  2. O Metal Gótico não é uma mistura de música punk com heavy metal. Essa informação é completamente imprecisa. As influências da música gótica são o synth-pop, a música clássica, o rock progressivo e o heavy metal.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.