Início Cultura Língua Portuguesa: 5 palavras que mudaram

Língua Portuguesa: 5 palavras que mudaram

Conheça algumas das palavras modificadas com o novo acordo ortográfico.

5 palavras que mudaram
Língua Portuguesa: 5 palavras que mudaram

O acordo ortográfico originou alterações em diversas palavras, devemos por isso focar a nossa atenção em parte dessas modificações. A adesão ao novo acordo implicou mudanças em várias palavras.

Entre essas mudanças está o facto de algumas palavras que se escreviam com maiúscula passarem a escrever-se com minúscula, nomeadamente os meses do ano. Outros exemplos de mudanças são a perda de hífen em palavras que se escreviam em conjunto, identificando um determinado conceito, que passaram a escrever-se em separado, pois perderam o hífen.

Há ainda casos de palavras que ficaram sem o acento, entre outras modificações que foram realizadas. Conheça parte dessas alterações em Letra L, 5 palavras da língua portuguesa que mudaram com o acordo ortográfico.


Leia também: Fascinantes curiosidades da Língua Portuguesa


Língua Portuguesa: 5 palavras que mudaram

Lambisgoia

Este nome feminino é usado no sentido depreciativo, identificando pessoa intrometida, mexeriqueira. É usado ainda para definir mulher deslambida.

Antes da adesão ao novo acordo, escrevia-se lambisgóia e passou a escrever-se lambisgoia, perdendo o acento agudo no “ó”.

Limpa-para-brisa

Termo que identifica o dispositivo composto por lâminas de borracha macia que limpam a sujidade ao deslizar de um lado para o outro, sobre a superfície de um para-brisas de um automóvel.

Antes da adesão ao novo acordo, escrevia-se limpa-pára-brisa e passou a escrever-se limpa-para-brisa, perdendo o acento no “a”, mas não perdeu nenhum hífen.

Línguas de gato

Podendo ser usado no singular, é mais comum ser usado no plural. Este termo identifica variedade de biscoito miúdo, com forma semelhante à língua de gato.

Antes da adesão ao novo acordo, escrevia-se língua-de-gato e passou a escrever-se língua de gato, perdendo os hífenes.

Loio

Este nome masculino é um termo que vem do Santo [E]lói, que identifica membro da antiga congregação dos cónegos de São João Evangelista. É ainda adjetivo designativo que, além de identificar o membro da antiga congregação dos cónegos de São João Evangelista, também é designativo da cor do hábito dos frades loios, que era roxo-azulado.


Leia também: Língua Portuguesa: Quem inventou o nosso alfabeto?


Antes da adesão ao novo acordo, escrevia-se lóio e passou a escrever-se loio, perdendo o acento agudo no “ó”.

Lua de mel

Primeiros tempos na sequência da oficialização do casamento. A viagem que é realizada pelos noivos nos momentos que se seguem ao casamento, uma viagem de núpcias. No sentido figurado, é o período de entendimento ou harmonia entre pessoas ou grupos (políticos, etc.).

Antes da adesão ao novo acordo, escrevia-se lua-de-mel e passou a escrever-se lua de mel, perdendo os hífenes.

1 COMENTÁRIO

  1. O AO90 não tem qualquer validade legal, ou seja é ilegal (não há lei alguma que o valide). É ilegal e também insconstitucional. Por isso tudo o que está acima grafado não corresponde a língua portuguesa da matriz Indo Europeia, mas sim á língua brasileira! Em Portugal o decreto-lei datado de 08 de Dezembro de 1945, ainda em vigor, determina as regras da ortografia da língua portuguesa. nunca revogado.
    Posto isto, andar a vender “gato por lebre” é próprio dos analfabetos nesta matéria

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.