Início Cultura Língua Portuguesa: 3 palavras que não se conseguem traduzir

Língua Portuguesa: 3 palavras que não se conseguem traduzir

Um novo estudo expõe as palavras que, em todo o mundo, não têm interpretação literal. Descubra 3 palavras que não se conseguem traduzir.

Língua Portuguesa: 3 palavras que não se conseguem traduzir
Língua Portuguesa: 3 palavras que não se conseguem traduzir

Língua Portuguesa: 3 palavras que não se conseguem traduzir

Um novo estudo expõe as palavras que, em todo o mundo, não têm interpretação literal. Descubra 3 palavras que não se conseguem traduzir.

Um novo estudo decidiu tentar traduzir as palavras sem tradução – as palavras que, em todo o mundo, não têm tradução literal em mais nenhuma língua. Três são portuguesas e constam na lista. A mais óbvia é saudade, mas existem mais duas.

O estudo foi elaborado por Tim Lomas, da Universidade de Londres, e conta já com um projeto pessoal, o Positive Lexicography Project. O objetivo é tornar familiar aquelas palavras que só são entendidas num certo país e que não têm tradução literal em nenhuma outra língua, mas que transmitem um sentimento específico que, segundo conta a BBC, é negligenciado pelas outras línguas.

O Projeto de Lomas tentou então encontrar “sentimentos” não traduzíveis, por todo o mundo, na esperança de conseguir incorporá-los noutras culturas, que não as de origem.

Para encontrar as palavras ‘intraduzíveis’, Lomas procurou na literatura académica e falou com as pessoas do país de origem das palavras que pretendia descobrir.

Os primeiros resultados do seu projeto foram lançadas num jornal de psicologia, no ano passado. E foi nessa pesquisa que descobriu três palavras portuguesas.

Língua Portuguesa: 3 palavras que não se conseguem traduzir
Língua Portuguesa: 3 palavras que não se conseguem traduzir

Esta palavra é, há muito, catalogada como sendo ‘só portuguesa’. Segundo a tradução feita, esta palavra significa um desejo melancólico ou nostálgico por uma pessoa, lugar ou coisas, que estão longe, quer no espaço, quer no tempo. Uma vaga de nostalgia que sonha, por vezes, com fenómenos que podem mesmo nem existir.

Assim é a explicação da saudade, para Lomas. Para ilustrar a palavra ‘saudade’, o artigo da BBC fala da fadista Cristina Branco e das suas músicas com o tema do que é sentir-se saudoso a ponto de se morrer de saudade. Tal como tantos outros artistas o fazem.
_

_

_

_

_

Língua Portuguesa: 3 palavras que não se conseguem traduzir
Língua Portuguesa: 3 palavras que não se conseguem traduzir

A expressão é explicada, segundo a BBC, como sendo a forma de perder as inibições e, simplesmente, entrar em modo de diversão.

Foto: Matt Cardy/Getty Images
Língua Portuguesa: 3 palavras que não se conseguem traduzir – Foto: Matt Cardy/Getty Images

Vamos para a desbunda?

Língua Portuguesa: 3 palavras que não se conseguem traduzir
Língua Portuguesa: 3 palavras que não se conseguem traduzir

Toda a gente sabe o que é ‘desenrascar-se’ de algo. Pois bem, segundo conta a BBC, é o ato de se desembaraçar engenhosamente de uma situação problemática. Falta é a expressão exata para traduzir.

Língua Portuguesa: 3 palavras que não se conseguem traduzir
Língua Portuguesa: 3 palavras que não se conseguem traduzir

E quem não tem placa alisadora… tem que se desenrascar!

Além das palavras portuguesas, existem várias outras. Por acaso já se sentiu um pouco mbuki-mvuki? Ou talvez já tenha sentido um pouco kilig, ou até mesmo uitwaaien. O que lhe parece? Confuso? Pois bem, veja alguns exemplos de palavras (e sentimentos) que provavelmente nem sabia que existiam:

Mbuki-mvuki – Esta palavra é do dialeto africano Bantu e significa algo como ter uma vontade irresistível de tirar a roupa enquanto se dança.

Kilig – Termo filipino e tem um significado bastante específico: a sensação nervosa e vibrante que sentimos quando vamos conversar com alguém que gostamos.

Uitwaaien – Esta palavra faz juz ao efeito revitalizante de fazer uma caminhada ao vento e é holandesa.

Shinrin-yoku – Esta palavra é japonesa e significa algo como a sensação relaxante que se tem através de um banho na floresta (literalmente ou de forma figurativa).

Yuan bei – Palavra chinesa que simboliza um sentido de realização completa e perfeita.

Sehnsucht – Palavra alemã que, se traduzirmos de forma literal, fica algo como “desejos de vida”, ou seja, é uma espécie de desejo intenso por estados de espírito alternativos e de realizações pessoais, mesmo que sejam inalcançáveis.

Fonte: Observador
_


OUTROS ARTIGOS QUE LHE PODEM INTERESSAR

1 COMENTÁRIO

  1. Acho que forçam a barra com a palavra “saudade” ao dizerem que pode ser por algo ou alguém que nunca existiu. Particularmente, nunca vi ninguém falar que está com saudade de algo/alguém que nunca conheceu. Eu, quando desejo ter vivido nos anos 1950 (por causa do estilo de vida, músicas, etc.), não usaria “saudade” para me referir a esse desejo. Também acho que num conjunto de mais de 6.000 línguas, é complicado afirmar a exclusividade semântica de uma palavra em apenas um idioma. Foram pesquisados quantas línguas para afirmar que em nenhuma delas existe o equivalente para, p. ex., “saudade”?

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.