Início Cultura Dúvidas de Português: o que é uma tautologia?

Dúvidas de Português: o que é uma tautologia?

Qual será o significado do conceito de tautologia? Reconhecer uma tautologia nem sempre é fácil, mas vamos explicar-lhe como fazê-lo.

tautologia
Dúvidas de Português: o que é uma tautologia?

Qual será o significado do conceito de tautologia? Reconhecer uma tautologia nem sempre é fácil, mas vamos explicar-lhe como fazê-lo.

No nosso quotidiano, acontece com frequência ouvirmos frases como “Está a chover, entra para dentro!” ou “Subi para cima da cadeira para trocar a lâmpada.” Frases como estas são redundantes. Nelas há a repetição inútil da mesma ideia, em termos diferentes, em palavras distintas.

São frases que são ditas frequentemente e nem sempre se deteta o erro. Surge nas conversas do dia a dia, em conversas de café, no trabalho e, também, nas escolas, nas televisões e nos jornais.


Leia também: Dúvidas de Português: o que é um pangrama?


Para evitar cometer um erro deste género, um pleonasmo vicioso, é necessário perceber este conceito. Reconhecer uma tautologia nem sempre é fácil, mas vamos explicar-lhe como fazê-lo.

Dúvidas de Português: o que é uma tautologia?

Definição

Tautologia é uma palavra que vem do grego tautologia, Tautó (o mesmo) e logos (palavras ou assunto), significando “repetição de palavras”. Este termo identifica o vício de linguagem que consiste em repetir uma ideia, recorrendo a palavras distintas como, por exemplo, “descer para baixo” ou “entrar para dentro”.

“Descer” é sempre para baixo, logo acrescentar as palavras “para baixo” é acrescentar algo redundante. O mesmo ocorre com “subir para cima”, ou seja, acrescentam-se palavras (desnecessárias!), mas não se fornece informação valiosa. Apenas se repete informação que já se tinha.

Na lógica é a proposição dada como explicação ou como prova, mas que, na realidade, apenas repete o que foi dito em termos idênticos ou equivalentes. É a proposição na qual o predicado diz a mesma coisa que o sujeito, quer em termos idênticos, quer em termos equivalentes.

Ainda nessa lógica, o princípio de tautologia ou postulado é o princípio segundo o qual a mesma palavra deve, no decurso de uma exposição teórica, ser tomada no mesmo sentido.

Trata-se de um pleonasmo vicioso, uma tautologia.

A falsa explicação

“O vivo é o que vive.” Esta tautologia é uma afirmação que tem uma falsa explicação. Uma explicação aparente que, na verdade, é uma mera repetição da informação já obtida. O vivo é, naturalmente, o que vive, pois se não vivesse, não era vivo.

A informação “é o que vive” é desnecessária. Está a dizer-se a mesma coisa duas vezes, utilizando termos distintos. Como, por exemplo, na frase: “O bar do Manuel não está aberto, porque está fechado.”

Exemplos

01 – “Tudo o que é demais sobra.”

02 – “Uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa.”

03 – “Possivelmente, é algo que poderá ocorrer.”

04 – “Hoje foi a abertura inaugural.”

05 – “Foi nesse momento que ele gritou alto e disse: Pára!”

06 – “Ele foi demasiado excessivo nos insultos.”

07 – “Ele está agora no acabamento final.”

08 – “O apartamento do meu querido filho está completamente vazio.”

09 – “Há anos atrás as coisas não eram assim.”

10 – “Ele previu antecipadamente o que ia acontecer.”

11 – “Ele continua a permanecer preso por um erro que cometeu quando era jovem.”

12 – “Hoje, enviei a última versão definitiva da minha tese.”

13 – “Ele é ótimo a manusear com as mãos.”

14 – “Ele é o principal protagonista do filme que ganhou o Óscar de melhor filme.”

15 – “Ela detém o monopólio exclusivo dos apartamentos locais daquela rua.”

16 – “Ela, descontente com a atenção dos alunos, repetiu novamente o discurso.”

17 – “A Maria apresentou um trabalho cheio de detalhes minuciosos.”

18 – “Ele dividiu o orçamento em metades iguais.”

19 – “Ele contraiu um empréstimo temporário, pois precisa do dinheiro com urgência.”

20 – “O vereador da cidade foi preso por corrupção”


Leia também: Pleonasmos da língua portuguesa a evitar


Estes foram 20 exemplos que devem ser suficientes para esclarecer o conceito de tautologia. Esperamos que tenha achado útil o artigo. Aproveite para explorar o nosso sítio NCultura, espreitando outros artigos dedicados à nossa Língua Portuguesa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.