Início Tradições Doçaria Conventual: Queijo dourado Convento de Santa Clara de Portalegre

Doçaria Conventual: Queijo dourado Convento de Santa Clara de Portalegre

Um queijo doce que de queijo só tem mesmo a aparência. Fique a conhecer o Queijo Dourado do Convento de Santa Clara de Portalegre.

Queijo dourado
Doçaria Conventual: Queijo dourado Convento de Santa Clara de Portalegre

Um queijo doce que de queijo só tem mesmo a aparência. Fique a conhecer um dos expoentes da doçaria conventual, o Queijo Dourado do Convento de Santa Clara de Portalegre.

Se não gosta de queijo, não se preocupe, nem fique desanimado. Afinal, este queijo não é realmente um queijo e deste só pode esperar sabores doces, muitos doces. A criatividade deste doce teve origem no Convento de Santa Clara de Portalegre e é, até hoje, um doce típico desta região do país.

Além da popularidade do seu aspeto, o sabor e aparência agradáveis – não tivesse ele um guloso recheio de doce de ovos – contribuem para a fama deste doce conventual, incontornável para quem visita Portalegre.

doçaria conventual
Doçaria Conventual: Queijo dourado Convento de Santa Clara de Portalegre

O Queijo Dourado, também conhecido como Queijo Conventual, é uma receita típica do Convento de Santa Clara, em Portalegre. Os principais ingredientes deste doce são ovos, açúcar e amêndoas.

A “casca” do queijo é simulada através de uma capa de massapão (confecionada com açúcar em ponto de pérola e farinha de amêndoa). O exterior “esconde” um recheio de ovos moles que, normalmente, contém também chila e fios de ovos.

Como decoração, é habitual fazerem-se riscos na parte de superior do queijo doce, de forma a imitar a palha onde os verdadeiros queijos eram curados e guardados.

Queijo Dourado
Doçaria Conventual: Queijo dourado Convento de Santa Clara de Portalegre

Receita de queijo dourado

Ingredientes

Para o massapão

500 g de açúcar em pó + q.b p/ a cobertura

500 g de amêndoas sem pele

2 claras + 1 p/ moldar

Para os ovos-moles

250 g de açúcar

130 ml de água

12 gemas

Queijo Dourado
Doçaria Conventual: Queijo dourado Convento de Santa Clara de Portalegre

Modo de Preparação Tradicional

– Pique o miolo de amêndoa.

– Adicione o açúcar em pó e as claras, moldando com as mãos. Reserve.

– Leve o açúcar ao lume com a água e o pau de canela. Deixe ferver até obter ponto de pérola.

– Remova a calda do lume e deixe arrefecer ligeiramente.

– Acrescente as gemas, em fio, ligeiramente batidas e passadas por um coador.

– Leve de novo a lume brando, mexendo sempre até engrossar. Reserve.

– Retire um pedaço de massapão e molde a tampa do “queijo”. Reserve.

– Faça uma bola com a restante massapão e coloque-a numa superfície lisa, polvilhada com açúcar em pó.

– Com os dedos molhados em clara de ovo, abra um buraco na bola e vá alargando até as paredes e o fundo do queijo terem cerca de 0,5 cm de espessura.

– Recheie com os ovos-moles já frios.

– Molhe novamente os dedos na clara e molde a tampa. Coloque-a sobre o queijo e alise bem a superfície.

– Polvilhe com açúcar em pó.

Queijo Dourado
Doçaria Conventual: Queijo dourado Convento de Santa Clara de Portalegre

Modo de Preparação na Bimby

– Coloque o açúcar e a água no copo e programe 25 min/ Varoma/ vel 1.

– Retire o copo da base e deixe a calda arrefecer até aos 60º C.

– Bata ligeiramente as gemas e deite sobre elas um pouco de calda. Misture bem.

– Coloque a borboleta no copo da Bimby e programe 7 min/ 100º C/ vel 1.

– Ainda com o copo em funcionamento, junte as gemas, em fio, através do bocal da tampa.

– Quando terminar, retire os ovos-moldes e deixe arrefecer.

– Para fazer o massapão, junte o miolo de amêndoa e triture 1 min/ vel 7.

– Adicione as claras e envolva 30 seg./vel. 6. Retire e reserve.

– Retire um pedaço da massa, molde a tampa do “queijo” e reserve.

– Faça uma bola com o restante massapão e coloque-a numa superfície lisa, polvilhada com açúcar em pó.

– Com os dedos molhados em clara de ovo, abra um buraco na bola e vá alargando até as paredes e o fundo do queijo terem cerca de 0,5 cm de espessura.

– Recheie o queijo com os ovos-moles já frios.

– Molhe novamente os dedos na clara e molde a tampa. Coloque-a sobre o queijo e alise bem a superfície.

– Polvilhe com açúcar em pó.

Nota: Se fizer a receita na Bimby, pode usar açúcar refinado e pulverizá-lo durante 30 seg./vel. 7, até ficar em pó.

A sua opinião importa, gostou deste artigo ?

Clique nas Estrelas para classificar

Classificação média / 5. Numero de classificações:

Seja o primeiro a classificar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.