Início Cultura Diferenças na língua portuguesa entre emigrante, imigrante e migrante

Diferenças na língua portuguesa entre emigrante, imigrante e migrante

Três palavras semelhantes, mas com significados distintos. Descubra as diferenças na língua portuguesa entre emigrante, imigrante e migrante.

imigrante e migrante
Diferenças na língua portuguesa entre emigrante, imigrante e migrante

Diferenças na língua portuguesa entre emigrante, imigrante e migrante

Três palavras semelhantes, mas com significados distintos. Descubra as diferenças na língua portuguesa entre emigrante, imigrante e migrante.

Na língua portuguesa, existem muitos termos que geram alguma confusão, pois nem sempre existe o total domínio do seu significado para permitir uma correta distinção entre palavras semelhantes, no que toca à sua grafia. Fique a conhecer um desses casos.

Entre as palavras que geram mais confusão estão emigrante, imigrante e migrante. Apesar de serem escritas de forma distinta, de terem sonoridade diferente e significado diverso, estas palavras podem gerar algumas incorreções.

Por serem parecidas quer na pronúncia, quer na forma como são escritas, estes termos assim como expressões da mesma família de palavras são propícias a cometer erros crassos, basta não dominar na plenitude o seu significado.

Diferenças na língua portuguesa entre emigrante, imigrante e migrante

Alguns exemplos do uso destes termos:

– Ser imigrante é ser igualmente emigrante.

– Todo o emigrante é imigrante.

– Eu sou um emigrante português, vivo no Brasil.

– No Brasil identificam-me como imigrante.

– A verdade é que migrei dum país para o outro, vim à procura de melhores condições financeiras.

– Todos os emigrantes migram, saem do seu país de origem e quando o fazem tornam-se imigrantes, no momento de chegado no país que o acolhe.

– Saí de Portugal como emigrante e cheguei ao Brasil como imigrante.

– Assim, falar em imigração é falar em (e)migração

imigrante e migrante
Diferenças na língua portuguesa entre emigrante, imigrante e migrante

Emigração, emigrante, emigrar

Emigração:

Do latim emigratiöne. É o nome masculino para ato ou efeito de emigrar. Refere-se a uma saída por vontade própria, isto é, de forma voluntária, do local onde se vive para se estabelecer noutro local. Termo é referente também a identificar o conjunto de pessoas que emigram.

Emigrante:

Adjetivo, nome de dois géneros. Que ou pessoa que sai voluntariamente ou sob pressão de desemprego e baixos salários, do país ou região onde vive, para se estabelecer noutro lugar, em busca de melhores condições de vida.

Emigrar:

Verbo transitivo. Sair voluntariamente do local onde se vive para se estabelecer noutro lugar. Mudar periodicamente de região (como certas espécies de animais). A forma correta de usar o verbo é referindo emigrar de X para Y.

Imigração, imigrante, imigrar

Imigração:

Ato ou efeito de imigrar, entrada num país estrangeiro a fim de se estabelecer nele. O termo é referente também ao conjunto de imigrantes.

Imigrante:

Do latim immigrante. Adjetivo, nome de dois géneros. Que imigra, pessoa que imigra.

Imigrar:

Entrar num país estranho ou diferente do seu, a fim de se estabelecer nele. Do latim, immigräre, entrar em, imigrar.

Migração, migrante, migrar

Migração:

Do latim migratiöne. Nome masculino que se refere à deslocação de populações de uma região para a outra ou de um país para outro, geralmente com motivação económica e/ou social.

Na zoologia, o termo é usado para se referir à deslocação periódica (geralmente associada a determinada estação do ano) de uma região para outra, feita por certas espécies animais. Na informática, o termo é usado referindo-se a uma transferência de dados, software ou hardware de um sistema para o outro.

Migrante:

Nome de dois géneros. Pessoa que migra, que muda de uma região ou de um país para outro para aí se estabelecer, geralmente por motivos económicos ou sociais.

Migrar:

Do latim migräre. Verbo transitivo e intransitivo. Mudar de uma região ou país para uma outra região ou país. Verbo transitivo. Informática: passar (dados, software ou hardware) de um sistema para outro sistema.

imigrante e migrante
Diferenças na língua portuguesa entre emigrante, imigrante e migrante

Assim, tal como as frases exemplo parecem explicar, todos os termos acabam por estar relacionados. Falar em imigração é falar em (e)migração. Ser imigrante é ser igualmente emigrante. Todo o emigrante é, simultaneamente, imigrante.

Emigrante é quem sai do seu país (da sua região) de origem, enquanto imigrante é a mesma pessoa, quando vista pelos olhos do país acolhedor. Qualquer pessoa que migre sai dum contexto para outro.

Emigrante português no Brasil é visto no Brasil – pelos brasileiros – como imigrante. Os que migram à procura de melhores condições financeiras são os emigrantes. Saem do seu país de origem e, quando o fazem, tornam-se simultaneamente em imigrantes no momento da chegada, aos olhos de quem os acolhe.

imigrante e migrante
Diferenças na língua portuguesa entre emigrante, imigrante e migrante

Dica para ajudar a compreender

Migrante – Mudança. Pessoa que muda de um país para outro.

Emigrante – Exterior. Pessoa que vai para o exterior, para o estrangeiro, sai do seu país.

Imigrante Interior. Pessoa estrangeira que vem para um país que não é o seu.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.