Início Cultura Língua Portuguesa: devemos escrever mecher ou mexer?

Língua Portuguesa: devemos escrever mecher ou mexer?

Há termos comuns que são escritos erradamente. Muitos hesitam no momento de escrever mecher ou mexer... Tire aqui todas as dúvidas.

mecher ou mexer
Língua Portuguesa: devemos escrever mecher ou mexer?

Há termos comuns que são escritos erradamente. Muitos hesitam no momento de escrever mecher ou mexer… Tire aqui todas as dúvidas. É comum haver palavras que nos deixam confusos, a hesitar entre escrever de uma forma ou de outra. Muitas vezes, inventamos palavras que não existem, mas teimamos em fazê-las aparecer, contribuindo para os erros que são frequentemente dados.

Muitas vezes, é pelas parecenças com outras palavras ou pelo som de algumas letras. É comum trocar letras como o “s” pelo “z” (ou o inverso), o “g” pelo “j” (ou o inverso), ou o “x” pelo “ch” (ou o inverso). É comum ver palavras com “x” ou com “ch” gerarem confusão, podendo mesmo levar à “invenção” de palavras que não existem.

Língua Portuguesa: devemos escrever mecher ou mexer?

Reflexão

Frequentemente, termos com “x” ou com “ch” estão na origem de confusões, pois possuem uma sonoridade idêntica e levam mesmo, em determinados casos, à “invenção” de palavras que não existem.

São diversos os casos que envolvem letras que levam a um som idêntico (trocas de “s”,“ss”, “c” ou “ç”, ou “s” pelo “z”,  o “g” pelo “j”, entre outras). A troca de “x” pelo “ch”, ou o inverso, é outra troca bastante comum.

Devemos escrever mecher ou mexer?

Há quem faça confusão, mas depois de ler o presente não repetirá o erro. Quando falamos de termos com “x” ou de palavras com “ch”, estamos a falar de algo que costuma gerar confusão.

Tal também acontece se as escrevermos. É que as pessoas, quando desconhecem as palavras, são guiadas pelo som e pela sonoridade das palavras o que pode levar a que sejam cometidos erros.

Ao se desconhecer a origem das palavras e como estas devem ser escritas, ficamos sujeitos ao erro. A determinado momento temos de arriscar. É o que acontece a quem não sabe distinguir mecher de mexer.

Leia também:

Vejamos os seguintes exemplos, com frases que têm os termos aqui abordados:

Exemplo 1: Ela esteve a mecher no telemóvel. Agora, vou pagar mais de 100€.

Exemplo 2: Ela esteve a mexer no telemóvel. Agora, vou pagar mais de 100€.

 

Exemplo 1: A minha filha é uma menina elétrica. Sempre a mexer em tudo o que não deve.

Exemplo 2: A minha filha é uma menina elétrica. Sempre a mecher em tudo o que não deve.

 

Exemplo 1: As crianças não param de se mexer. São hiperativas. Estão sempre em movimento.

Exemplo 2:  As crianças param de se mecher. São hiperativas. Estão sempre em movimento.

 

Exemplo 1: O jogo do macaquinho chinês é divertido, mais precisamente naquele momento em que não se pode mecher.

Exemplo 2: O jogo do macaquinho chinês é divertido, mais precisamente naquele momento em que não se pode mexer.

Significados

Mexer

O termo mexer vem do latim “miscere”. É um verbo transitivo que significa imprimir movimento a algo ou a alguém. Mexer é agitar, significando ainda afetar, alterar, modificar.

Assim, quando se mexe, pode, por exemplo, estar-se a deslocar algo da sua posição. Contudo, pode simplesmente estar a tocar em alguma coisa ou a colocar a mão em cima de algo.

Na gastronomia, é comum usar o termo “mexer” no sentido de misturar e revolver.

Mecher

Mecher é um termo inventado, que não existe na língua portuguesa. Mecher é um erro. Trata-se de uma “confusão” com a palavra mexer. Nunca, em circunstância alguma, deve escrever mecher no lugar de mexer, pois pura e simplesmente a palavra não existe na língua portuguesa!

Exemplos de frases com a palavra correta:

– Quando chegou a polícia, o Luís Filipe pôs-se a mexer.

– Ele arranjou trabalho. O seu pai certamente mexeu uns cordelinhos.

– Ela ficou tão chocada com a notícia que ficou sem se mexer por 5 minutos.

Assim, fica bem mais fácil identificar os erros nas frases anteriores.

Exemplo 1: Ela esteve a mecher no telemóvel. Agora, vou pagar mais de 100€.  X

Exemplo 2: Ela esteve a mexer no telemóvel. Agora, vou pagar mais de 100€. ✓

 

Exemplo 1: A minha filha é uma menina elétrica. Sempre a mexer em tudo o que não deve. ✓

Exemplo 2: A minha filha é uma menina elétrica. Sempre a mecher em tudo o que não deve. X

 

Exemplo 1: As crianças não param de se mexer. São hiperativas. Estão sempre em movimento. ✓

Exemplo 2:  As crianças não param de se mecher. São hiperativas. Estão sempre em movimento. X

 

Exemplo 1: O jogo do macaquinho chinês é divertido, mais precisamente naquele momento em que não se pode mecher. X

Exemplo 2: O jogo do macaquinho chinês é divertido, mais precisamente naquele momento em que não se pode mexer. ✓

NCultura

Se gostou deste artigo reaja a ele e faça um comentário!

Se gostou deste tema pode procurar outros artigos sobre Língua Portuguesa no NCultura. Se tem outros temas que pretende que sejam explorados pelo NCultura, deixe-nos sugestões. Se é apaixonado pela língua portuguesa, saiba que há muitos mais artigos para ler no NCultura.

Apaixone-se pelo NCultura e explore diferentes temáticas: turismo e viagens, saúde, gastronomia, cultura, histórias, entre outras…

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.