Início Tradições Bacalhau à Lagareiro: origem e receita

Bacalhau à Lagareiro: origem e receita

Para muitos é uma receita portuguesa que foi iniciada pelas gentes que trabalhavam a azeitona. Saiba tudo sobre o Bacalhau à Lagareiro: origem e receita.

_
Serviu antes como designação recente de um prato de bacalhau que, juntamente com alho e cebola e azeite e batata, é assado no forno – ao invés de outros, assados de outras formas.

Ainda assim, faz a ressalva de já ter comido Bacalhau à Lagareiro na brasa, ou seja, mesmo esta última hipótese é, na prática, desmentida em alguns restaurantes.

Bacalhau à Lagareiro
Bacalhau à Lagareiro: origem e receita

Aparte do parêntesis aqui metido, parece-nos, até por certos testemunhos dados por pessoas de hoje, que o bacalhau servido por ordem dos lagareiros tem fundamento, e como tal, o Bacalhau dito à Lagareiro tem origem na própria atividade da produção de azeite.

Receita de Bacalhau à Lagareiro com Batatas a Murro

Bacalhau à Lagareiro
Bacalhau à Lagareiro: origem e receita

As duas celebridades do Bacalhau à Lagareiro são, como o nome sugere, o bacalhau e o azeite. Um bom prato faz-se, assim, do jogo de proporções entre ambos.

E por isso convém ter essa premissa na cabeça antes de se começar: para cada quilo de bacalhau, a dose de azeite deve andar perto de uma chávena cheia (2,5 decilitros, mais coisa, menos coisa).

Bacalhau à Lagareiro
Bacalhau à Lagareiro: origem e receita

Sabendo isso, comece-se pela batata que deve ser cozida em panela a ferver durante aproximadamente cinco minutos. A cozedura é importante para que, depois, não precisemos de deixar a batata demasiado tempo no forno.

Bacalhau à Lagareiro
Bacalhau à Lagareiro: origem e receita

Enquanto a batata coze, coloquem-se numa travessa as postas de bacalhau já demolhadas, e junte-se o alho, regando tudo com azeite.

(cont.)

5 COMENTÁRIOS

  1. pois eu era ainda crianca e, recordo o meu avo no tempo de se fazer o azeite perguntar a minha avo se tinha compradoo bacalhau para levar para o lagar E, normalmente era feito a noite e levava batatas o bacalhau cebola e vinho. E fui com ele uma vez e, entao esse bacalhau tinha que ser regado com o azeite que tinha acabado de ser feito. Belos tempos isto ja la vao mais de 60 anos.

  2. O bacalhau chamado à lagareiro, porque era feito no tempo em que os lagares trabalhavam na feitura do azeite, era um bacalhau que juntamente com as batatas, previamente lavadas e temperadas com sal que se lhes colava, eram assados num tabuleiro no lastro da fornalha que aquecia a água que ia limpar o azeite. Desfiava-se o bacalhau de forma grossa, e com as batas esmagadas com um “murro”, era regado abundantemente com azeite numa travessa e temperado com alho. Acompanhado com broa de milho branco, característico da minha zona, e com o “palhinhas de 5”, era uma maravilha.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.