Início Tradições 5 regras de ouro para servir vinho

5 regras de ouro para servir vinho

O momento de servir o vinho é importante, mas há muitos erros que são cometidos. Conheça as 5 regras de ouro para servir o vinho.

regras de ouro para servir vinho
5 regras de ouro para servir vinho

Conheça as 5 regras de ouro para servir vinho. O vinho é um produto que faz parte da nossas vidas. Faz parte do quotidiano da humanidade, desde que começou a ser feito. Desde então que se tornou imprescindível. Os portugueses são particulares adeptos de vinho. Naturalmente, que ter empresas que são produtoras de vinho de excelência ajuda a que essa estima adquira grande expressão.

O vinho faz parte dos nossos dias e do nosso quotidiano. Ele acompanha as nossas refeições principais. Pode ser tinto, pode ser rosé, pode ser branco, mas é sempre uma companhia perfeita. Uns dirão: “pode ser qualquer um, desde que seja cheio!” Este é um dos erros que é constantemente cometido.

É necessária uma educação no momento de servir. Este é um ritual que melhora a experiência de beber vinho. Independentemente da escolha que fizermos, seja tinto, branco ou rosé, há regras que é preciso conhecer para melhor usufruir da bebida.

regras de ouro para servir vinho
5 regras de ouro para servir vinho

Tinto ou branco? As 5 regras de ouro para servir o vinho

Servir o vinho

É um prazer incrível poder apreciar verdadeiramente um bom copo de vinho. Podemos fazê-lo num restaurante, mas também num evento criado por nós, em nossa casa. Podemos fazê-lo sozinhos ou podemos fazê-lo na companhia da nossa família e dos nossos amigos. Abrir uma garrafa de vinho pode ser motivo para celebrar a vida, na companhia de quem mais gostamos.


Leia também: Será que percebe mesmo de vinho verde?


Quando se está num contexto desse género, há sempre bons motivos para abrir uma garrafa de vinho. Contudo, o processo de degustação só será completo e pleno, se se aproveitarem bem todas as propriedades dos vinhos. Isso, só pode ser feito se houver conhecimento da melhor forma de como servi-los. Há regras de ouro que deve conhecer e que são relativas ao momento de servir o vinho.

regras de ouro para servir vinho
5 regras de ouro para servir vinho

Eis 5 regras de ouro que tem mesmo de conhecer

Temperatura

Os vinhos têm propriedades que são diretamente influenciadas pela temperatura. A temperatura reduz a sensação de frescor e aumenta o teor alcoólico, isto quando uma garrafa se encontra acima da temperatura recomendada.

Se numa garrafa de vinho tinto, os taninos entram em evidência com temperaturas mais elevadas do que o recomendado, quando as temperaturas estão abaixo dos graus recomendados, então os aromas tendem a esconder-se.

Vinhos tintos leves: 13ºC.
Vinho médios e encorpados: 15ºC e 18ºC.
Vinho brancos leves: 8ºC a 10ºC.
Rosés: 8ºC a 10ºC.
Vinhos brancos encorpados: 10ºC a 13ºC.
Vinhos frisantes e espumantes: 6ºC a 10ºC.

regras de ouro para servir vinho
5 regras de ouro para servir vinho

Abertura

No caminho para a abertura de um vinho, deve começar-se por cortar a cápsula que fica logo após o bico da garrafa, de modo a removê-la completamente. Posteriormente, bem no centro, deve-se realizar um pequeno furo com o saca-rolhas, de modo a girar a tampa até ao fim das espirais. Deve manter-se o objeto sempre direito e reto em relação ao produto.

regras de ouro para servir vinho
5 regras de ouro para servir vinho

Sequência

Usar uma sequência errada prejudica a degustação dos vinhos. Um vinho jamais deve ocultar o paladar dos demais. Eles fazem parte de uma estrutura que deve seguir uma ordem para haver uma experiência completa.

Há uma sequência que deve ser cumprida e respeitada para que os vinhos possam ser apreciados da melhor forma.

A sequência é a seguinte:

Vinhos brancos > Vinhos tintos; Vinhos secos > Vinhos doces; Vinhos leves > Vinhos encorpados; Vinhos jovens > Vinhos antigos.

regras de ouro para servir vinho
5 regras de ouro para servir vinho

Recipiente

Na escolha do recipiente onde colocar o vinho, deve ter-se em conta o tamanho, formato e material do copo, características que contribuem para melhorar a experiência de degustar o vinho.


Leia também: 8 tintos incríveis para momentos muito especiais. Tome nota!


Ele deve ser transparente, pois ajuda no momento da degustação ver as cores e conferir se há ou não impurezas no produto. É sensato optar por um copo de cristal, pois isso permite a oxigenação da bebida, além de disseminar os aromas espontaneamente. O formato deve variar, se for servir um espumante ou outro tipo de bebida. Enquanto os vinhos brancos, tintos e rosés devem ser degustados num copo de bojo largo, os espumantes devem ser servidos em copos finos e compridos, as flutes.

regras de ouro para servir vinho
5 regras de ouro para servir vinho

Quantidade

Servir um vinho, não é o mesmo que servir qualquer vinho. Os vinhos têm as suas especificidades. Se for servir vinhos brancos, rosés e tintos, a quantidade da bebida que deve colocar no copo é de apenas ⅓ da capacidade do copo. Contudo, se for servir espumante, a quantidade deve ser de ⅔ da capacidade do copo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.