Início Cultura Dúvidas de Português: aprenda a distinguir apetência e aptidão

Dúvidas de Português: aprenda a distinguir apetência e aptidão

Apetência e aptidão são duas palavras que, por vezes, são confundidas. Porém, o seu significado é bem distinto.

Dúvidas de Português: aprenda a distinguir apetência e aptidão

Apetência e aptidão são duas palavras que, por vezes, são confundidas. Porém, o seu significado é bem distinto.

No nosso quotidiano, é comum vermos alguns momentos embaraçosos, em que alguns conceitos são mal empregues, o que prejudica não apenas a eficácia da mensagem, como a imagem de quem a transmite.

A credibilidade de quem fala é ferida por esses erros e a sua mensagem acaba por perder efeito. Por isso, convém a cada um de nós conhecer ao máximo estas palavras que, sendo parecidas, estão mais sujeitas a serem confundidas. Exemplo disso mesmo são as palavras apetência e aptidão.

Aprenda a distinguir apetência e aptidão

apetência e aptidão
Dúvidas de Português: aprenda a distinguir apetência e aptidão

Vejamos alguns exemplos, onde as referidas palavras são empregues:

– Nasci no Hawai e sempre tive aptidão pelo surf.

– Nasci no Hawai e sempre tive apetência de fazer surf.

– Não tenho apetência de jogar futebol.

– Não tenho aptidão para jogar futebol.

– Embora não haja apetência de fazer as tarefas domésticas, elas têm de ser feitas.

– Embora não haja aptidão para as tarefas domésticas, elas têm de ser feitas.


Leia também: Fazer a barba e Copo de água serão erros de português?


Vejamos, agora, os significados de ambos os conceitos, de forma a estarmos mais aptos a escolher qual o conceito mais adequado, de acordo com o contexto.

apetência e aptidão
Dúvidas de Português: aprenda a distinguir apetência e aptidão

Apetência

– Do latim appetentía, desejo, ambição.

– Desejo ou vontade que leva a satisfazer uma inclinação natural.

– Desejo, vontade, apetite, apetecer, inclinação.

– Sendo menos frequente, é também usado no sentido de vontade de comer, apetite.

apetência e aptidão
Dúvidas de Português: aprenda a distinguir apetência e aptidão

Aptidão

– Do latim aptitudine.

– Qualidade do que é apto.

– Significa capacidade para fazer alguma coisa.

– Disposição inata que, por desenvolvimento natural, pelo exercício ou pela educação, se torna numa capacidade; vocação, queda para a coisa.

– Conjunto de requisitos necessários para o desempenho de determinada atividade ou função.

– Predisposição para determinada forma de atividade; propensão; habilidade; talento; vocação.

Agora que sabemos verdadeiramente o que ambos os conceitos significam, podemos usar ambos de forma correta, assim como estamos aptos a detetar quando os termos estão mal aplicados.

Atentemos no seguinte exemplo: “Uma boa aptidão para o futebol, sem apetência para os treinos, não levará a lado nenhum.” Isto é o mesmo que dizer que um jogador talentoso, mas sem vontade de treinar, não conseguirá demonstrar o seu talento, nem o desenvolverá.

Se, estrategicamente, substituirmos as palavras aptidão (por talento/capacidade) e apetência (por vontade/ apetecer), podemos claramente compreender o verdadeiro significado da frase.

– A Maria não tem apetência de estudar.

– A Maria não tem vontade de estudar.

– A Maria não tem aptidão para estudar.

– A Maria não tem talento para estudar.

Ora, nestas frases, podemos detetar que as frases que melhor se adequam são as primeiras duas (alíneas “a” e “b”). Pois a eventual falta de aptidão para o estudo pode ser ultrapassável com um novo método de estudo; o apoio de um bom professor; o uso de outros manuais; etc. Já a falta de apetência depende do próprio alterar.

Assim, tendo em conta a lição aprendida, resta analisar novamente as frases seguintes:

– Nasci no Hawai e sempre tive aptidão pelo surf.

– Nasci no Hawai e sempre tive apetência de fazer surf.

– Não tenho apetência de jogar futebol.

– Não tenho aptidão para jogar futebol.

– Embora não haja apetência de fazer as tarefas domésticas, elas têm de ser feitas.

– Embora não haja aptidão para as tarefas domésticas, elas têm de ser feitas.


Leia também: Fascinantes curiosidades da Língua Portuguesa


Agora, substitua as palavras analisadas pelas outras que foram sugeridas. Fica mais fácil, certo?

– Nasci no Hawai e sempre tive talento/capacidade pelo surf.

– Nasci no Hawai e sempre tive vontade/ apetecer de fazer surf.

– Não tenho vontade/ apetecer de jogar futebol.

– Não tenho talento/capacidade para jogar futebol.

– Embora não haja vontade/ apetecer de fazer as tarefas domésticas, elas têm de ser feitas.

– Embora não haja talento/capacidade para as tarefas domésticas, elas têm de ser feitas.

1 COMENTÁRIO

  1. Parabéns pelo projeto! De facto, o seu trabalho tem enriquecido o vocabulário de toda a família e amigos. Além disso, é um recurso muito pesquisado pelos meus alunos. Bem haja! Não desista. Nós precisamos muito da sua ajuda.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.