Início Cultura 6 erros de português que prejudicam a sua imagem

6 erros de português que prejudicam a sua imagem

A forma como escrevemos afeta sempre a nossa credibilidade. Conheça 6 erros de português que prejudicam a sua imagem.

6 erros de português que prejudicam
6 erros de português que prejudicam a sua imagem

6 erros de português que prejudicam a sua imagem

A forma como escrevemos afeta sempre a nossa credibilidade. Conheça 6 erros de português que prejudicam a sua imagem.

Existem diferentes tipos de erros que são cometidos diariamente. Ao falarmos, existem palavras que são parecidas e que dão origem a muitos erros (entre elas, as palavras homófonas ou parónimas).

Outro tipo de erros, também comuns, consiste na mera troca de letras com um som parecido. Por exemplo, a troca da letra “n” pela letra “m”.

O mesmo ocorre com palavras com “s”, “ss”, “c” ou “ç”, cujas semelhanças no som produzido leva a que algumas pessoas cometam erros ao escrever palavras que usem estas letras.

Este artigo coloca o seu foco em palavras que usam a letra “G”, mas que são frequentemente escritas com a letra “J”. Conheça 6 erros comuns de português que têm por base esta troca de letras.

6 erros de português que prejudicam a sua imagem

Bege

Definição: Do francês beige e do italiano bigio (cinzento acastanhado). Bege é uma tonalidade muito clara de castanho, ligeiramente amarelada, semelhante à cor da lã natural ou do leite com um pouco de café.

Exemplo: Estará grávida? Georgina, de vestido bege (curto), apresenta uma barriguinha saliente.

Forma errada:

Beje.

6 erros de português que prejudicam a sua imagem

Herege

Definição: Do latim heretĭcu. No contexto da religião, significa algo que ou pessoa que nega ou põe em dúvida verdades da fé. Algo que ou pessoa que defende ideias contrárias àquelas que são geralmente admitidas como corretas. No sentido popular, numa dimensão pejorativa, herege significa ímpio ou ateu.

Exemplo: Conservadores pedem aos bispos para denunciar Papa como herege.

Forma errada:

Hereje.

6 erros de português que prejudicam a sua imagem

Monge

Definição: Do latim monăchu, pelo provençal monge. Membro de uma ordem religiosa, cenobita. No sentido figurado, pessoa que vive isolada e não valoriza o convívio social. Ainda num sentido figurado, significa pessoa que cultiva uma vida austera.

Exemplo: O monge e prior da Cartuxa de Évora desconhece pormenores sobre fecho de mosteiro.

Forma errada:

Monje.

6 erros de português que prejudicam
6 erros de português que prejudicam a sua imagem

Tigela

Definição: Do latim clássico tegŭla, pelo latim vulgar tegella, “telha”. Recipiente de louça, vidro ou metal, em forma de meia esfera, geralmente sem asa, próprio para preparar ou servir alimentos. Conteúdo desse recipiente.

Antiquado, este foi um termo usado para se referir a parte de uma espada, de forma esférica, que servia para proteger a mão. No Brasil, é também uma medida de capacidade para secos, equivalente a um litro.

Exemplo: Cão come apenas metade de ração. O hábito de deixar meia tigela permaneceu, mesmo após o irmão ter falecido.

Forma errada:

Tijela.

6 erros de português que prejudicam
6 erros de português que prejudicam a sua imagem

Auge

Definição: Termo que vem do árabe auj, apogeu. Auge significa ponto mais alto, culminância, apogeu, o máximo.

Exemplo: No PSG, assiste-se ao auge de Mbappé e à queda de Neymar.

Forma errada:

Auje.

6 erros de português que prejudicam
6 erros de português que prejudicam a sua imagem

Gengiva

Definição: Do latim gengīva. Termo próprio da anatomia, refere-se ao tecido que rodeia os dentes e o osso, constituindo uma barreira de proteção na zona da união com o colo do dente.

Exemplo: Tenho de ir ao dentista, por causa do meu problema na gengiva.

Forma errada:

Genjiva (ou jengiva e jenjiva).

Quando devo escrever “G” em vez de “J”?

Devo escrever “G” nos substantivos terminados em: “agem”, “igem” e “ugem”.

Exemplos:

  • Lavagem ou estalagem.
  • Vertigem ou fuligem.
  • Penugem ou ferrugem.
  • Devo escrever “G” em palavras terminadas em: “ágio”; “égio”; “ígio”; “ógio”; “úgio”.

Exemplos:

  • Estágio ou presságio.
  • Régio ou sacrilégio.
  • Prodígio ou prestígio.
  • Relógio
  • Refúgio ou subterfúgio.
  • Devo escrever “G” em palavras derivadas de palavras escritas com “G”:

Exemplos:

  • Algemar deriva de algema.
  • Estrangeirismo deriva de estrangeiro.

Quando devo escrever “J” em vez de “G”?

Devo escrever “J” em formas verbais terminadas em: “jar”.

Exemplos:

  • Relampejar
  • Viajar
  • Trovejar
  • Devo escrever “J” em palavras de origem africana, árabe, tupi, ou exóticas.

Exemplos:

  • Manjericão
  • Jiboia
  • Jerico
  • Devo escrever “J” em palavras que derivam de palavras escritas com J”.

Exemplos:

  • Cervejaria deriva de cerveja.
  • Lojista deriva de loja.

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.