Início Tradições 5 erros principais ao fazer café que muitos cometem

5 erros principais ao fazer café que muitos cometem

Há erros na hora de preparar o seu café que deve começar a evitar. Conheça os 5 erros principais ao fazer café que muitos cometem.

erros principais ao fazer café
5 erros principais ao fazer café que muitos cometem

Há erros na hora de preparar o seu café que deve começar a evitar. Conheça os 5 erros principais ao fazer café que muitos cometem. O café é um produto comum na casa da maioria das pessoas. Seja pela manhã, seja após as refeições, o café dá um boost de energia insubstituível, além de ser uma bebida que convida ao convívio entre amigos e família.

Porém, nem sempre ele nos sabe tão bem como gostaríamos. O seu sabor pode ficar aquém do esperado e, muitas vezes, isso acontece devido a alguns erros que são cometidos na sua preparação. Tome nota de 5 deles e evite-os a todo o custo.

5 erros principais ao fazer café que muitos cometem

Usar água que não está quente quanto baste

A temperatura da água é determinante para extrair o máximo de sabor dos grãos de café moídos. Por isso, deve sempre usar água a uma temperatura entre os 195 a 205°F, ou seja, não muito quente.

Para evitar termómetros ou outros utensílios medidores da temperatura da água, uma solução recomendada é ferver a água, derramar sobre o café e, depois, deixar em infusão por três a quatro minutos.

Leia também:

erros principais ao fazer café
5 erros principais ao fazer café que muitos cometem

Utilizar demasiado café e fazer uma bebida muito forte

Exagerar na quantidade de café vai resultar numa bebida muito forte e de sabor mais ácido. Deve, portanto, preferir uma torra mais leve, pois esse sabor levemente tostado vai contrabalançar a sua acidez.

Os torrados escuros têm baixa acidez e um sabor amargo de torrado. Porém, é um mito achar que têm uma maior quantidade de cafeína do que os grãos mais leves. Só os assados ​​mais leves é que possuem uma concentração ligeiramente superior.

Preferir pó de café velho

As datas da torra e moagem do café influenciam o seu aroma e sabor. Os grãos de café libertam o seu sabor no momento da moagem. O café moído fica melhor duas semanas após ser aberto.

A moagem deve ser, então, feita enquanto a água está a aquecer. Já no que respeita à torrefação, devem ser usados grãos torrados nas últimas três semanas. Por isso, é sempre importante conferir a data da torrefação dos grãos.

erros principais ao fazer café
5 erros principais ao fazer café que muitos cometem

Não fazer uma moagem adequada

Há vários tipos de moagem de acordo com o método de confeção do café.

– Uma moagem média é recomendada para cafeteiras automáticas.

– Uma moagem fina é indicada para expresso.

– Uma moagem grossa é aconselhada para as prensas de café. Embora cientistas que procuraram uma forma de fazer o expresso perfeito com sabor intenso, descobriram que a moagem grossa é a melhor para essa bebida.

Os grãos moídos muito finos apresentam partículas bastante pequenas que dificultam o fluir da água. Assim, uma moagem mais grosso permite aceder melhor ao leito, conseguindo-se uma extração mais eficiente.

Não ter em conta as medidas de café e de água

As medidas aconselhadas são: 2 colheres de sopa de café para cada 3 chávenas de água. Esta solução garante um café ousado, mas não tão forte, como um expresso.

Além das dosagens, é importante saber conservar e armazenar corretamente o café. Os grãos de café ou o café moído devem ser mantidos num recipiente hermético e opaco, num lugar à temperatura ambiente, afastado da luz solar e da humidade. Logo, manter o café no frigorífico não é uma boa ideia.

erros principais ao fazer café
5 erros principais ao fazer café que muitos cometem

Nota final

A Organização Mundial de Saúde recomenda que a quantidade máxima de cafeína que deve ser ingerida diariamente seja de apenas 400ml.

Porém, se consumirmos outros produtos com cafeína e os somarmos ao elevado valor de cafeína presente no café, facilmente concluímos que podemos estar diariamente a consumir cafeína em excesso.

Beber entre 2 a 3 chávenas de café por dia, equivale a consumir uma quantidade apenas ligeiramente inferior aos 400ml de cafeína recomendados pela OMS. Se a elas somar outros produtos com cafeína, facilmente pode exceder a dose máxima sugerida pela OMS.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.