Início Cultura Língua Portuguesa: 10 palavras para se expressar melhor

Língua Portuguesa: 10 palavras para se expressar melhor

Aprenda uma palavra diariamente e 30 por mês… Já viu o progresso que conseguirá? Confira 10 palavras para se expressar melhor.

palavras para se expressar melhor
Língua Portuguesa: 10 palavras para se expressar melhor

Aprenda uma palavra diariamente e 30 por mês… Já viu o progresso que conseguirá? Confira 10 palavras para se expressar melhor.

Sabe quantas palavras fazem parte da língua portuguesa? É uma tarefa impossível fazer essa contabilização. Se pensarmos que existem diferentes dicionários a apresentarem diversas páginas com várias palavras em cada página, percebemos que são muitas…

Além disso, também temos de pensar que em todos esses dicionários, há palavras que não estão nos outros. Também podemos pensar nas palavras novas que são constantemente integradas…

Portanto são muitas palavras para contar. Só na 10ª edição do Dicionário de Moraes (1948), o maior dicionário de português, estão presentes 306.949 palavras. Alguns especialistas defendem que o vocabulário ativo numa pessoa com um nível de instrução média é de 1500 palavras. Uns dominarão muitas mais palavras, outros muitas menos.

Contudo, com esforço e determinação, todos podemos melhorar e alargar os nossos conhecimentos. Basta aprender uma palavra nova todos os dias, numa semana são 7 e num mês são 30 palavras que integramos no nosso vocabulário ativo. No espaço de um ano, são mais de 300 palavras a juntar às 1500 que os especialistas defendem que em média nós usamos.


Leia também: Língua Portuguesa: 15 Palavras que todos falam mas poucos sabem escrever

Mas, atenção, não basta aprender o significado dos conceitos, é indispensável ir aplicando-os, tornando-os parte do vocabulário ativo. Preparado para o desafio de aprender uma palavra por dia? Veja a nossa lista de palavras e use-as ao longo da próxima semana.

Língua Portuguesa: 10 palavras para se expressar melhor

Périplo

Termo que vem do grego períplous, «circum-navegação», por via do latim perĭplu-, «périplo». Este nome masculino significa navegação à volta de um mar ou das costas marítimas de um país.

Périplo é ainda descrição de uma viagem desse género. Significa também viagem ou visita efetuada em torno de determinado espaço central.

Arroubo

Arroubo é derivação regressiva de arroubar. Este nome masculino significa ato ou efeito de arroubar(-se). Arroubo é também estado de êxtase ou encantamento; enlevo. Sinónimo de encanto, fascinação, arrebatamento.

Energúmeno

Termo que vem do grego energoúmenos, «possesso», por via do latim energumĕnos, «possesso do demónio». Este nome masculino significa indivíduo que, dominado por uma obsessão ou fúria, realiza disparates. Energúmeno é ainda pessoa desprezível ou ignorante.

No sentido antiquado do termo, energúmeno identifica pessoa possuída pelo demónio; possesso. Energúmeno pode, assim, ser considerado sinónimo de boçal, endiabrado, possesso.

Botica

Termo que vem do grego bizantino apothíki, «depósito; armazém», por via do latim apothēca-, com o mesmo significado, pelo francês boutique, «venda; armazém».

Botica é um nome feminino que, no sentido antiquado, significa estabelecimento onde se preparam e vendem remédios. É, portanto, sinónimo de drogaria, farmácia.

Farrusco

Termo que vem de ferrusco, de ferro+-usco. Farrusco é um adjetivo que significa sujo de carvão ou fuligem. Significa ainda mascarrado ou tisnado; que tem cor escura, negro. Assim, farrusco é sinónimo de enegrecido, escuro, negro.

Embuste

Termo de origem questionável. Este substantivo masculino significa mentira; algo que é usado com a intenção de enganar ou prejudicar propositadamente uma pessoa, sendo feita com astúcia. Embuste é logro ou engodo.

Na gíria, embuste é ainda indivíduo insuportável, chato, com um comportamento que ninguém aguenta. Embuste é entediante.

Condescendente

Termo que vem do latim condescendente com o mesmo significado. É um adjetivo que significa que cede às vontades e às opiniões alheias, mesmo que não sejam coerentes com os seus próprios princípios; condescendente é qualidade da pessoa que é incapaz de se impor.

É uma palavra usada no sentido pejorativo para identificar alguém que renuncia aos bons princípios ou a outros valores na avaliação de algo ou de alguém. Ainda no sentido pejorativo, condescendente é característica de um indivíduo que demonstra certa superioridade ou desdém perante outro ou alguma coisa. Também no sentido pejorativo, condescendente significa que trata alguém com paternalismo ou suposta superioridade; com arrogância. Característica própria de algo ou de alguém que é incapaz de se impor.

Recíproco

Termo que vem do latim reciprocus “que vai e vem”. Recíproco é um adjetivo que significa que é realizado ao mesmo tempo que outra coisa; concomitante. Significa ainda algo em retribuição; feito em troca de algo semelhante; algo é mútuo, que é observado, dito ou sentido entre duas pessoas.

Na gramática, diz-se do verbo que recebe e pratica a ação ao mesmo tempo: “Os dois beijaram-se”. Na lógica, diz-se recíproco de duas proposições nas quais uma implica necessariamente a outra.

Na matemática, diz-se de uma transformação tal qual: se b é o transformado do elemento a, este é o transformado de b. Ainda na matemática é proposição recíproca (de outra) aquela que se deduz de uma proposição inicial, quando se permutam a hipótese e a conclusão.


Leia também: Língua Portuguesa: 10 palavras que estão a morrer


Acepipe

Termo que vem do árabe az-zabíb, «passa de uva». É um nome masculino que significa iguaria e é servida antes do prato principal de uma refeição. Aperitivo. Petisco. Guloseima. Iguaria.

Importância

Termo que vem do italiano importanza, «importância», por via do francês importance, com o mesmo significado. Este nome feminino significa: de grande valor. Também significa quantia, preço, custo. Significa ainda consideração.

O termo significa também interesse, relevância, valor, prestígio, autoridade, influência. Entre os sinónimos de importância, podemos encontrar conceitos como influência, interesse, montante, custo, autoridade, peso, preço, prestígio, quantia, valor. Insignificância e mediocridade são alguns dos antónimos desta palavra.

1 COMENTÁRIO

  1. “…Alguns especialistas defendem que o vocabulário ativo numa pessoa com um nível de instrução média é de 1500 palavras. Uns dominarão muitas mais palavras, outros muitas menos.”
    Lendo o texto acima, fiquei com uma dúvida: Eu diria “Uns dominarão MUITO mais palavras, outros muito (muitas) menos.” Está errado?
    Abraços

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.