Início Cultura 10 palavras fascinantes da língua portuguesa

10 palavras fascinantes da língua portuguesa

Conheça esta dezena de palavras e aceite o desafio de as usar ainda esta semana! Venha descobrir 10 palavras fascinantes da língua portuguesa.

palavras fascinantes da língua portuguesa
10 palavras fascinantes da língua portuguesa

Conheça esta dezena de palavras e aceite o desafio de as usar ainda esta semana! Venha descobrir 10 palavras fascinantes da língua portuguesa.

A língua portuguesa contém diversas palavras. É um património tão rico, quanto vasto. Por isso mesmo, conhecemos apenas uma pequeníssima parte das palavras que existem. Dessa pequena parte que conhecemos, acabamos por usar regularmente apenas uma porção reduzida. Assim, há uma diversidade gigantesca de palavras que merecem ser conhecidas e usadas.

Nessa diversidade podemos encontrar palavras que são estrangeirismos, palavras que são arcaísmos, palavras que são destinadas a um uso mais coloquial, outras palavras que devem ser usadas no sentido mais figurado, outras palavras que são aplicadas num discurso mais eloquente, palavras que são destinadas a um público alvo mais erudito.

Devemos usar o máximo de palavras que nos for possível e ter sobre elas um conhecimento aprofundado. Comunicar é extremamente importante, uma ferramenta essencial para fazermos vingar as nossas ideias. Saber comunicar permite dar-nos a conhecer, partilhar quem somos e o que pretendemos. Permite-nos ter sucesso no trabalho e na vida. Permite destacarmo-nos entre os nossos colegas da escola ou universidade. Entre inúmeras outras vantagens, o domínio da língua portuguesa revela-se um instrumento importante para alcançarmos a melhor versão de nós mesmos.


Leia também: «Estivéramos» é erro de português?


10 palavras fascinantes da língua portuguesa. Use-as no momento certo!

Ramerrão

De origem onomatopeia. Ruído ou som monótono e persistente. Repetição enfadonha de algo; rotina. Vida monótona, sem incidentes.

Reiterar

Termo que vem do latim reiterāre, “repetir a mesma caminhada”. Este verbo transitivo significa repetir. Fazer de novo. Renovar. Dizer ou fazer algo novamente, o que já se disse ou fez uma ou mais vezes (Exemplo: O Presidente reiterou a disponibilidade do país para combater o desemprego.).

Inferir

Termo que advém do latim inferĕre. Termo que significa deduzir por meio de raciocínio; concluir. Inferir é deduzir; concluir por inferência ou dedução, partindo de meros indícios, de factos ou de raciocínios. “Com o meu telemóvel, é possível inferir a velocidade da luz, é uma nova aplicação.”

Perspicácia

Termo que vem do latim perspicacĭa. Este substantivo feminino significa sagacidade de espírito; astúcia. A perspicácia é característica de quem é perspicaz; indivíduo que tem facilidade em perceber ou aprender alguma coisa.

Perspicácia é qualidade de quem é perspicaz, que entende com facilidade o que a maioria das pessoas acha difícil de perceber. Perspicácia é característica de quem possui inteligência e sagacidade. Alguém que possui agudeza de espírito, argúcia.

Auspicioso

Auspicioso (de auspício+oso) é um adjetivo que significa de bom agouro. Algo que concede esperança de bons efeitos; algo que concede esperança de boas consequências ou bons resultados; algo próspero; algo prometedor.

De bom presságio; que tende a ser promissor; dias auspiciosos. Exemplo: “A empresa demonstra que vendeu bem. O mês passado revela um futuro auspicioso.”

Filofobia

Este substantivo feminino advém de filo, palavra que deriva do grego “phílos“, que significa amigo (ou querido ou amor) + “phóbos” e medo mórbido + ia. Filofobia é o medo patológico de amar alguém ou de se apaixonar por alguém.

Exílio

Este termo vem do latim exilĭu. O substantivo masculino exílio significa ação ou efeito de exilar. É ato ou efeito de exilar(-s), de expatriar(-se); saída forçada ou voluntária do próprio país. Condenação ao degredo. Desterro. Período de tempo que dura a expatriação. Local em que habita o exilado. Região desabitada; lugar distante; local solitário.

No sentido figurado, identifica aquele que se excluiu do convívio em sociedade; alguém que está em isolamento; em solidão.

Embuste

De origem questionável, provavelmente derivação regressiva de embusteiro. Este substantivo masculino significa mentira artificiosa; mentira que, estando repleta de astúcia, é usada com o intuito de enganar ou prejudicar uma outra pessoa; ardil, logro ou engodo. Patranha.

Na gíria, embuste significa pessoa insuportável, chata, que se comporta de um modo que ninguém aguenta; pessoa entediante. Exemplo: “Só se apercebeu do embuste, quando nada podia ser feito.”


Leia também: É erro de português «O comer está na mesa»?


Demagogo

Termo que vem do grego demagogós, “condutor do povo”. Adjetivo que significa “que pratica a demagogia”. É um nome masculino que identificava o chefe da fação popular. Indivíduo que se comporta de maneira interesseira e ambiciosa, visando a manipulação dos interesses populares, através do discurso, excitando as paixões do povo. Ao mostrar-se um defensor dos seus interesses tem como objetivo a prossecução dos seus próprios pontos de vista.

Na história, foram os líderes do partido democrático, na Antiguidade Frega. Na política da Antiguidade, era aquele que liderava o grupo político responsável por representar os interesses do povo.

Chalaça

Forma do verbo chalaçar. Este nome feminino é um dito engraçado, malicioso ou mordaz. É uma piada; um gracejo. Surgiu por charlaça, de charlar + -aça.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.