Início Tradições Um vinho tinto, branco, rosé e espumante para acompanhar marisco

Um vinho tinto, branco, rosé e espumante para acompanhar marisco

Vinhos especialmente recomendados para acompanhar pratos de marisco. Conheça um vinho tinto, branco, rosé e espumante para acompanhar marisco.

rosé e espumante para acompanhar marisco
Um vinho tinto, branco, rosé e espumante para acompanhar marisco

Um vinho tinto, branco, rosé e espumante para acompanhar marisco

Vinhos especialmente recomendados para acompanhar pratos de marisco. Conheça um vinho tinto, branco, rosé e espumante para acompanhar marisco.

São muitos os portugueses que são amantes de vinho tinto e que recorrem a esta bebida no seu quotidiano. Privilegiam um bom vinho tinto a um espumante ou a um vinho branco, independentemente do prato escolhido.

Por isso, gostam de se informar, de forma a saber qual o tinto que melhor acompanha cada refeição, pois cada tinto é diferente e destinado a pratos distintos.

Saber quais os vinhos tintos que harmonizam melhor com cada refeição é um desafio árduo, pois existem refeições que harmonizam bem melhor com vinhos brancos, espumantes ou até rosés. Fique a saber mais.

Vinhos para acompanhar marisco: um branco, um tinto, um rosé e um espumante

O marisco é um prato com sabores delicados e frescos que não deve ter a companhia de um vinho forte. Assim, é preferível um vinho fresco, leve e ácido para acompanhar o marisco. Quando o prato possui muito molho, um vinho rosé (seco) revela-se uma boa opção.

Já quando o prato é mais leve, o espumante pode ser uma ótima solução, pois a sua frescura harmonizará na perfeição com esse petisco. Contudo, normalmente, o vinho branco é a opção mais recomendada.

Normalmente, o vinho tinto não é recomendado para acompanhar pratos gastronómicos à base marisco, pois é comum haver uma sobreposição desta bebida aos delicados sabores do marisco.

Se não repare: os mariscos são ricos em iodo, já os vinhos tintos são ricos em taninos, se misturamos ambos na boca, com o auxílio da nossa saliva que contém mucina, albumina e ptialina, o conjunto pode provocar uma desagradável sensação de sabor metálico.

Todavia, este artigo tem uma surpresa destinada a todos aqueles que optam sempre por vinho tinto, independentemente do prato que têm à sua frente. Um vinho tinto leve e elegante, capaz de acompanhar inúmeros pratos de marisco.

Um vinho tinto, branco, rosé e espumante para acompanhar marisco

Península Ibérica, 2017

O vinho branco Península Ibérica teve um período de 5 meses de estágio, realizado em cubas de aço inox. Aos olhos, a sua cor citrina antecipa a sua frescura. No nariz, o Península Ibérica revela doces aromas tropicais.

Na boca, o vinho lisboeta apresenta toda a sua frescura e sabor frutado. O fim de boca é seco e prolongado.

Pode ser consumido nos três anos seguintes, mas como a sede é muita, fica difícil aguardar…

Na ficha técnica, é revelado que o vinho Península Ibérica harmoniza de forma perfeita com entradas de marisco, mas também com saladas, peixes (nomeadamente grelhados) e carnes brancas.

  • Região: Lisboa.
  • Preço: 5€.
  • Mais informações, aqui.
Um vinho tinto, branco, rosé e espumante para acompanhar marisco

Quinta do Sanguinhal, reserva 2014

Um vinho tinto elegante, proveniente de Óbidos. Tem na sua composição as Castas Castelão (75%), Touriga Nacional (20%) e Aragonez (5%). A colheita manual das uvas revela o rigor e o critério da seleção que levam a um vinho que proporciona uma boa experiência.

Aos olhos, a sua cor rubi intenso sobressai, mas no nariz o protagonismo recai nos aromas concentrados e nas sugestões de baunilha, revelando-se rico em fruta madura na boca. O Quinta do sanguinhal revela ser um vinho estruturado e elegante. O fim de boca é intenso e persistente.

Este vinho pode ser consumido no imediato ou envelhecer nos 8 anos seguintes. Na própria ficha técnica, revela um vinho “ideal para acompanhar queijos, caça, pratos de carne requintados, mariscos confecionados e peixe fresco gordo”.

  • Região: Óbidos.
  • Preço: 15,50€.
  • Mais informações, aqui.
rosé e espumante para acompanhar marisco
Um vinho tinto, branco, rosé e espumante para acompanhar marisco

O Soalheiro Mineral Rosé

Um vinho elegante e eclético, que pode ser usufruído e partilhado em momentos especiais de confraternização. Este vinho, que se bebe com prazer, possui um teor de álcool moderado de 12,5%.

Apesar da sua cor ser de um rosa pouco intenso, este rosé revela-se bem aromático e fresco. Na boca, surge saboroso e com um final algo mineral, mas muito guloso.

O Soalheiro Mineral Rosé, além de poder ser apreciado enquanto aperitivo, revela-se a companhia ideal para pratos leves como saladas, peixes ou mariscos.

  • Região: Melgaço, Monção, Vinhos Verdes.
  • Preço: 11,50€.
  • Mais informações, aqui.
rosé e espumante para acompanhar marisco
Um vinho tinto, branco, rosé e espumante para acompanhar marisco

Baga (Luís Pato)

Este espumante, criado com a casta Baga, revela-se uma ótima companhia para diferentes pratos, nomeadamente para leitão assado, peixe e também marisco e carnes assadas no forno.

Possui uma acentuada acidez que harmoniza bem com esses pratos.


OUTROS ARTIGOS QUE LHE PODEM INTERESSAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.