Início Cultura 10 palavras da Língua Portuguesa para aumentar o seu vocabulário

10 palavras da Língua Portuguesa para aumentar o seu vocabulário

A língua portuguesa é constituída por várias palavras. Aumente o seu vocabulário ativo, aprendendo palavras novas diariamente.

palavras da Língua Portuguesa para aumentar
10 palavras da Língua Portuguesa para aumentar o seu vocabulário

Aprenda ou relembre 10 palavras da Língua Portuguesa para aumentar o seu vocabulário. A língua portuguesa é constituída por várias palavras. Contá-las revelar-se-ia uma tarefa tão hercúlea, quanto enfadonha. Há dicionários que indicam o número de palavras reunidas. O maior dicionário de português, 10ª edição do Dicionário de Moraes (1948), contém no seu interior 306.949 palavras. Segundo alguns especialistas, em média, temos um vocabulário ativo de 1500 palavras.

Contudo, podemos trabalhar no sentido de melhorar e alargar os nossos conhecimentos. Por exemplo, podemos aprender diariamente pelo menos uma palavra nova: serão 7 no espaço de uma semana, 30 no espaço de apenas um mês, mais de 300 no espaço de um ano. Um ótimo número para integrar no nosso vocabulário ativo!

Porém, não basta aprender o significado dos conceitos aqui listados, é necessário aplicar as palavras aprendidas de forma a elas fazerem parte do vocabulário ativo. Preparado para o desafio que temos para si de aprender uma palavra por dia? Confira a nossa lista de palavras e use-as ao longo dos dias que se seguem à leitura do artigo.

10 palavras da Língua Portuguesa para aumentar o seu vocabulário

Chiste

Termo que vem do castelhano chiste, «gracejo». Chiste é nome masculino que significa graça, pilhéria, facécia. Significa ainda poesia ou canção picaresca.


Leia também: Erros de português que muitos dizem e nem se apercebem


Escaganifobético

É adjetivo que, no sentido coloquial, significa fora do comum; estranho; esquisito. É também termo que, no sentido coloquial, significa que algo ou alguém é pouco hábil ou ágil. Pode também ser desastrado.

Esquiador

De esquiar+dor este nome masculino é próprio do desporto identificando um praticante de esqui.

Enzima

Termo que vem do grego zýme, «fermento», pelo francês enzyme, «enzima». Este nome feminino é próprio da bioquímica e significa substância orgânica, produzida por células vivas, que atua enquanto catalisadora em determinadas transformações químicas. É sinónimo de diástase, fermento.

Enigma

Termo que vem do grego aínigma, «palavra ambígua», pelo latim aenigma, «enigma». Este nome masculino é descrição ambígua ou metafórica de algo, destinado a ser decifrado por outrem. É adivinha. É ainda coisa obscura e difícil de compreender. A chave do enigma é aquele determinado pormenor que torna clara a explicação do que era enigmático.

Carcanhol

Termo de origem obscura. É nome masculino que, no sentido coloquial do termo, significa dinheiro.

Inferência

Termo que vem do latim inferentĭa-, particípio presente neutro plural substantivado de infērre, que é «inferir; suscitar». Este nome feminino é ato ou efeito de inferir, de deduzir (algo) por via do raciocínio. É aquilo que se deduz a partir de determinada coisa. É uma ilação, uma dedução, uma conclusão.

Na lógica, uma inferência é transição de uma ou mais proposições, podendo ser consideradas como verdadeiras ou como falsas, para a verdade ou falsidade daquelas de que dependem.

Na estatística, inferência é a afirmação probabilística sobre uma certa população, realizada com base na análise de dados relativos apenas a uma parte representativa dessa mesma população.

Escárnio

Derivação regressiva de escarnir. Nome masculino que significa troça, zombaria, mofa. É menosprezo, desconsideração. Na literatura, há cantiga de escárnio, forma poética satírica.


Leia também: Erros de português: evite 6 gaffes humilhantes


Tuberculose

Tuberculoso é nome feminino referente a doença infetocontagiosa, devida ao Mycobacterium tuberculosis. Esta doença pode afetar a totalidade (ou quase) das estruturas e órgãos do corpo.

A infeção concretiza-se, na maioria dos casos, por via inalatória, sendo a localização pulmonar a forma mais comum da doença e, a partir daí, a propagação por via linfática ou sanguínea. Além da via inalatória, o bacilo pode ainda penetrar no organismo, embora muito mais raramente, por via digestiva ou por inoculação.

O tubérculo é a lesão anatómica da tuberculose. Os sintomas locais e particulares da doença podem variar de acordo com o órgão (ou estrutura) atingido. A febre (de género séptico ou simplesmente febrículas) destaca-se entre os sintomas gerais, havendo ainda sudorese (em geral noturna), emagrecimento, astenia, anorexia.

A doença gera elevados casos de morbilidade e mortalidade em determinadas regiões e países africanos, asiáticos e sul ou centro-americanos. A gravidade da doença e consequente mortalidade têm-se acentuado com o surgimento de formas de tuberculose resistentes aos fármacos antibacilares e com a sua associação à SIDA, como doença oportunista.

Pundonor

Termo que vem do catalão punt d’honor, «ponto de honra», pelo castelhano pundonor, com o mesmo significado. Nome masculino que significa ponto de honra. É sentimento da própria dignidade, brio. Pundonor é ainda decoro, recato. Significa ainda valor, denodo, distinção.

É aquilo de que não se consegue nem abdicar, nem deixar de possuir, embora possa ser alvo de desonra. Por extensão, é o sentimento de amor por si próprio, em que há brio; altivez. Pundonor é excesso de rigor e pudor; decoro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.