Início Viagem Palácio Nacional de Mafra, uma obra-prima

Palácio Nacional de Mafra, uma obra-prima

O majestoso Palácio Nacional de Mafra é um dos mais emblemáticos monumentos nacionais. É um imenso edifício com cerca de 40.000 m2. Vamos conhecê-lo.

_

Foram encomendados por D. João V e são considerados entre os melhores do mundo. Tocam valsas e contradanças. A forte ligação do palácio à música mantém-se até hoje.

Palácio Nacional de Mafra, uma obra-prima
Convento de Mafra antes de 1755

Surpresa, é o primeiro sentimento que invade quem chega a Mafra. A dimensão do Convento espanta qualquer um: pode ser visto de longe, de qualquer ponto da cidade.

Palácio Nacional de Mafra, uma obra-prima
Aposentos do rei – Palácio Nacional de Mafra, uma obra-prima

Os aposentos do rei foram construídos numa extremidade e os da rainha na outra, a 232m de distância. Ao centro, a basílica coberta por uma cúpula e rodeada por duas imponentes torres.

Palácio Nacional de Mafra, uma obra-prima
Rei D. Manuel II – Palácio Nacional de Mafra, uma obra-prima

O último rei português – D. Manuel II – dormiu no Palácio Convento de Mafra na última noite que passou em Portugal, antes de partir para o exílio a 5 de Outubro de 1910 (dia da implementação da República).

Palácio Nacional de Mafra, uma obra-prima
Sala de caça – Palácio Nacional de Mafra, uma obra-prima

A caça era uma das atividades eleitas pela família real, de tal modo que tinham uma sala do Palácio decorada só com elementos relacionados com caça.

Os terrenos que circundavam o Convento permitiam estas grandes caçadas por serem ricos em fauna e flora.

Palácio Nacional de Mafra, uma obra-prima
Tapada Nacional de Mafra – Palácio Nacional de Mafra, uma obra-prima

Hoje, nessa mesma tapada decorre um projeto para a preservação dos lobos ibéricos.

Palácio Nacional de Mafra
Sala de jogos

Além da sala de caça, também no Palácio existe uma sala de jogos e uma sala da música.

Palácio Nacional de Mafra
Sala de música

Se o exterior já impressiona, o interior ainda nos espanta mais. É “forrado” a mármore, tem seis órgãos do início do século XIX e que voltaram a tocar em 2010, após 11 anos em recuperação.

Orgãos

Possui 11 capelas com 450 esculturas de mármore, 45 tribunas e é servida por 18 portas. Os carrilhões que pesam cerca de 217 toneladas são considerados os melhores do mundo e tocam valsas e contradanças.

Palácio Nacional de Mafra
Cúpula da Basílica

A Basílica também é imponente.

Palácio Nacional de Mafra
Biblioteca do Palácio Nacional de Mafra

O que também impressiona no Palácio Nacional de Mafra é a sua biblioteca. Com cerca de 40.000 livros com encadernações em couro, gravadas em ouro, inclui uma segunda edição de “Os Lusíadas” de Luís de Camões.

A conservação das obras literárias é feita por morcegos. Estes mamíferos alimentam-se das larvas que “tentam” destruir os livros, impedindo assim que isso aconteça.

Palácio Nacional de Mafra
Aposentos dos monges

Ainda nos dias de hoje, o Mosteiro reflete o estilo de vida dos monges franciscanos e que era completamente diferente do estilo de vida da família real.

Humilde, apenas com o essencial, possui uma cozinha, uma botica, um hospital – com 16 cubículos privados de onde os pacientes podiam ver e ouvir missa na capela sem saírem das suas camas.

Palácio Nacional de Mafra
D. João V

D. João V, Monarca português, vigésimo quarto rei de Portugal, o seu reinado, que durou de 1707 até à sua morte em 1750, foi um dos mais longos da História portuguesa.

Nasceu a 22 de Outubro de 1689, filho de D. Pedro II e de D. Maria Sofia de Neuburgo, e foi aclamado rei a 1 de Janeiro de 1707. Casou a 9 de Julho de 1708 com D. Maria Ana da Áustria, irmã do imperador austríaco Carlos III.

Vídeo de: Luis Carneiro

2 COMENTÁRIOS

  1. É impressionante! Uma gigantesca obra e feitas em milhares de detalhes em um tempo de poucos recursos tecnológicos, porém, de grande criatividade aonde os artesãos eram os grandes mestres de obras.
    Fico aqui imaginando quanto de recursos materiais oriundos do Brasil colônia foi utilizado nesta fantatisca construção.
    Já está em agenda de uma visita futura,quando eu for a terras lusitanas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.