Início Cultura Língua portuguesa: 40 palavras a cair no esquecimento

Língua portuguesa: 40 palavras a cair no esquecimento

Arcaísmos são palavras que foram comuns noutros tempos, mas que já não são usadas. Língua portuguesa: 40 palavras a cair no esquecimento.

palavras a cair no esquecimento
Língua portuguesa: 40 palavras a cair no esquecimento

Arcaísmos são palavras que foram comuns noutros tempos, mas que já não são usadas. Língua portuguesa: 40 palavras a cair no esquecimento.

Há diversas palavras na língua portuguesa. A nossa língua é um património ímpar de valor incalculável. Mas não é um algo fechado, concluído e inerte. A língua é como um organismo vivo que acompanha a evolução da sociedade. À medida que o tempo passa, as pessoas, enquanto constroem o amanhã, servem-se das palavras como se fosse ferramentas úteis para o seu dia a dia.

No entanto, nessas construções, podem ser necessárias novas ferramentas, por isso são inventadas novas palavras, os neologismos. Há ainda palavras que deixam de ter utilidade, os arcaísmos. Os arcaísmos são palavras caídas em desuso, estando ainda presentes em dicionários, embora já não se usem. São conhecidas, sabemos o seu significado por estarem nos dicionários, mas já não são utilizadas, podendo apenas ser usadas por pessoas mais eruditas mas essas palavras já não integram o quotidiano da nossa sociedade.

Conhecer a definição de arcaísmo é importante. Este termo vem do grego arkhaïsmós, que significa “imitação dos antigos”, e do latim archaismu, arcaísmo. Um arcaísmo pode ser uma palavra, uma expressão ou até uma construção que foi comum em determinado espaço temporal, mas que deixou de ser usada numa determinada língua. É uma forma de falar ou de escrever que deixou de ser comum. É qualquer coisa antiga, que se apresenta obsoleta ou fora de moda. Quer conhecer algumas dessas palavras que foram relevantes no léxico diário num determinado tempo, mas que deixaram de o ser?

Língua portuguesa: 40 palavras a cair no esquecimento

Exemplos de arcaísmos (ou palavras que estão a caminho de se tornarem arcaísmos)


Leia também: «Tinha pagado» e «Foi pago» são erros de português?


Arcaísmos em Portugal…

À guisa de significa à maneira de.

Alcaide é o termo que identifica antigo oficial de justiça. Um alcaide é o antigo governador de determinado castelo ou de província; o castelão.

Alcunha é sinónimo de apelido, é o cognome, um epíteto que é dado a algo ou alguém. Termo qualificativo que é dado no lugar do nome próprio, sendo por vezes usado num sentido depreciativo, podendo derivar de uma particularidade da pessoa, podendo esta ser física ou moral.

Aposentos é sinónimo de quartos.

Assunar é o mesmo que amotinar, o mesmo que agitar.

Balela é sinónimo de mentira, o mesmo que conversa fiada. É algo que é dito sem fundamento, um boato falso.

Basbaque é sinónimo de pessoa ingénua, alguém simplório, um tolo, uma pessoa que pasma de tudo, pateta.

Cacareco é sinónimo de traste velho, uma coisa velha, um objeto sem valor.

Ceroulas é sinónimo de cuecas, peça de vestuário, roupa interior.

Físico era sinónimo de médico, noutros tempos. Hoje, é algo completamente diferente.

Gorar é sinónimo de não dar certo, algo gorado é algo que não é conseguido. Gorar é frustrar-se, malograr-se, abortar. Gorar é corromper-se o ovo na incubação.

Leda é sinónimo de alegre, algo jubiloso, algo risonho.

Outrossim é sinónimo de também, é o mesmo que igualmente, é algo feito do mesmo modo.

Pachorra é sinónimo de paciência, é calma excessiva.

Petiz é sinónimo de pequeno, o mesmo que menino, uma criança.

Por obséquio é sinónimo de por favor.

Vosmecê (ou vossemecê ou vossa mercê) é o termo que se usava para indicar a a pessoa a que se fala ou escreve.

Janota é sinónimo de pessoa que se apresenta bem vestida. É alguém que tem um particular cuidado com a sua apresentação, uma pessoa catita, alguém elegante, uma pessoa chique.

Joalhada é sinónimo de pessoa coberta de joias.

Sacripanta é sinónimo de patife, pessoa desprezível, um verdadeiro pilantra.

Sôbolos é sinónimo de “sobre o”, uma antiga contração da preposição “sobre” com o artigo definido “o”. Significa «em cima, por cima, acima de algo já definido pelo contexto; sobre o».


Leia também: 8 palavras que mudaram de significado na língua portuguesa


Continue a ler depois do QUIZ da Língua Portuguesa

Arcaísmos no Brasil…

Bidu é sinónimo de pessoa que adivinha as coisas.

Bulhufas é sinónimo de nada, de coisa nenhuma.

Borocoxô é sinónimo de ficar triste.

Casa da mãe Joana é expressão que se refere a um lugar onde todos mandam e ninguém tem razão, casa sem dono.

Chumbrega quer dizer que uma determinada coisa é feia ou que é estranha, identifica algo de má qualidade, uma coisa ordinária.

Convescote é sinónimo de piquenique.

Fuzarca é sinónimo de festa animada, com muito ruído. É o mesmo que farra; significa bagunça, uma desordem, que foi armada confusão.

Lero-lero é sinónimo de conversa fiada.

Lorota é sinónimo de mentira, o mesmo que patranha, uma verdadeira peta.

Munheca é sinónimo de avarento, o mesmo que sovina.

Quiçá é sinónimo de talvez, o mesmo que porventura.

Radiola é sinónimo de aparelho de som, um rádio com vitrola.

Supimpa é sinónimo de muito bom, algo excelente, algo ótimo.

Tabefe é sinónimo de bofetada, dar um estalo, um tapa.

Vitrola é sinónimo de toca-discos, gira-discos.

Sirigaita é sinónimo de rapariga, podendo identificar mulher espevitada, que para tudo tem resposta.

3 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.