Início Cultura Língua Portuguesa: 20 das palavras mais feias

Língua Portuguesa: 20 das palavras mais feias

Uma palavra pode ter diversos sinónimos. Muitas vezes escolhemos o termo mais feio, mais nojento, mais agressivo, não é? 20 das palavras mais feias.

das palavras mais feias
Língua Portuguesa: 20 das palavras mais feias

Uma palavra pode ter diversos sinónimos. Muitas vezes escolhemos o termo mais feio, mais nojento, mais agressivo, não é? 20 das palavras mais feias.

Há diversas palavras na Língua Portuguesa. São mais de 300.000 palavras que fazem parte da nossa língua. Há mais raras, que nos obrigam a ir a um dicionário. Há palavras mais destinadas a um discurso mais eloquente e erudito que nos obrigam a fazer o mesmo. Há ainda palavras bonitas, que são associadas a coisas boas (como solidariedade, felicidade, amizade, entre muitas outras).

Há também muitas palavras feias e inestéticas, que remetem para coisas negativas ou nojentas. Reunimos 20 das palavras mais feias da língua portuguesa. Todas elas remetem-nos para temas desagradáveis, como doenças, sujidade, maus cheiros, morte, entre outras coisas que preferimos manter longe. Além disso, são palavras de pronúncia agressiva e uma sonoridade desagradável.

Língua Portuguesa: 20 das palavras mais feias

Alavancagem

Este termo tem como significado: ato ou efeito de alavancar; fomentar, incentivar.

Alavancagem é um termo que está na moda, sendo frequentemente usado, mais especificamente na gíria financeira. Tal como outras palavras da área económica, não primam, propriamente, pela sua beleza, pois fazem uso de uma imagem física e concreta. Neste caso, a de uma alavanca e transportam-na para um universo abstrato como é o dos números.

Leia também:

Cancro

Este termo tem como significado: tumor maligno causado pela multiplicação desordenada de células de um determinado tecido ou de um certo órgão. A fealdade deste termo está, naturalmente, relacionada com o facto de dizer respeito a uma doença, cujas consequências são sempre nefastas e penosas.

Cancro é um termo que entrou amplamente no nosso léxico quotidiano, sendo frequentemente usado em sentido figurado, nomeadamente para nos referirmos a uma situação ou contexto de destruição ou falência, como: «A corrupção é o cancro da política e da sociedade.»

Celulite

Este termo tem como significado: inflamação do tecido celular adiposo subcutâneo. A celulite apresenta um aspeto ondulado, sendo semelhante ao da casca de uma laranja.

Celulite simboliza um verdadeiro problema e, apesar de desagradável, ela domina as pesquisas de internet e os anúncios de televisão, nomeadamente nos meses de verão. São muitos os produtos, tratamentos e receitas que prometem erradicar a celulite, sendo que a palavra é normalmente antecedida pelo prefixo «anti-».

Desgraça

Este termo tem como significado: acontecimento fatal ou muito negativo; uma desgraça é um desastre, um contratempo, uma infelicidade.

Uma desgraça é um infortúnio, sendo equivalente a miséria, a angústia. Uma desgraça é algo péssimo que pode operar uma viragem negativa na vida de alguém. Uma desgraça é uma situação que se lamenta e que promove uma grande tristeza a quem a vivencia.

Diarreia

Este termo tem como significado: evacuação de fezes líquidas ou quase líquidas pelo ânus. Termo que remete para o mau funcionamento do organismo, para as funções intestinais. Diarreia é um termo feio e desagradável.

Diarreia é termo que é referente a uma doença, podendo ser causada por um tratamento mais agressivo e com efeitos secundários (nomeadamente, quimioterapia).

Disrupção

Este termo tem como significado: o mesmo que dirupção; efeito de romper.

Disrupção entrou, com força no vocabulário contemporâneo, sendo frequente ouvi-lo nos telejornais, para falar no rompimento das relações partidárias, para falar na quebra de produtividade dos mercados ou noutros assuntos do género.

Disrupção é um termo «cinzento», sem graça e, até, algo aborrecido.

Empoderamento

Este termo tem como significado: dar ou adquirir poder. Termo que se vulgarizou na nossa sociedade, servindo como tradução de “empowerment”, outro termo muito em voga.

As palestras sobre gestão de empresas e marketing pessoal têm um certo gosto em recorrer a muitos anglicismos que, de forma lenta, contribuem para o surgimento de sinónimos na língua portuguesa e empoderamento é, sem dúvida, um desses casos.

Empoderamento é uma palavra estranha, que é amplamente utilizada e acaba por perder poder, sentido e efeito.

Escroto

Este termo tem como significado: bolsa cutânea, onde os testículos e os epidídimos estão presentes. Esta palavra é usado como insulto, sendo utilizada para denegrir. Tem uma conotação negativa, fazendo parte do calão.

Furúnculo

Este termo tem como significado: tumor pequeno e duro, formado na pele, sendo normalmente acompanhado de inflamação e dor. Um furúnculo, além de mau aspeto, também causa desconforto e, por isso, necessariamente carece de observação e acompanhamento clínico.

Goela

Este termo tem como significado: espaço que antecede imediatamente a laringe dos mamíferos; a goela é a parte anterior do pescoço. Além de goela ser um termo frequente, nomeadamente na anatomia animal, na língua portuguesa existem várias expressões que recorrem a esta palavra, que não é propriamente bonita.

Entre essas expressões estão: “abrir as goelas” (que significa gritar ou chorar muito alto); “cair na goela do lobo” (que significa ser vítima de um perigo que se quer evitar); “goela de pato” (que significa que engole bocados grandes); “molhar a goela” (que significa tomar uma pequena porção de bebida).

Nauseabundo

Este termo tem como significado: nojento, repugnante. Além de nauseabundo ser um termo grande e com uma sonoridade e pronúncia pouco atrativas, é ainda uma palavra que remete para tudo o que é sujo e desagradável. Este termo remete para o que é feio e indesejado.

Performante

Este termo tem como significado: eficaz, eficiente. Termo que deriva da palavra performance. Contudo, performante não se refere senão a algo que tem um bom desempenho.

Tal como acontece com «empoderamento», esta foi uma expressão que integrou o nosso léxico diário nos últimos anos, sendo proveniente das áreas que estudam o desempenho pessoal e profissional dos indivíduos e que possuem uma gíria própria e recheada de anglicismos.

Prostrado

Este termo tem como significado: pessoa sem força, que se apresenta sem ânimo, alguém que perdeu a motivação e a vontade de viver e batalhar pelos seus objetivos e desejos. Alguém sem ambição ou entusiasmo.

Quimioterapia

Este termo tem como significado: tratamento feito para eliminar o cancro, feito por meio de substâncias químicas. O aumento de casos de doenças oncológicas tem sido assustador, por isso nos últimos anos subiu também o número de tratamentos de quimioterapia.

Embora este termo signifique, frequentemente, a cura e o fim da doença, a quimioterapia ainda simboliza sofrimento e está associada a um período de superação em que os pacientes necessitam de possuir grande força anímica.

Ranho

Este termo tem como significado: humor mucoso proveniente das fossas nasais; é muco ou mouco. O ranho é desconfortável e dificulta a realização das tarefas do dia-a-dia, nomeadamente respirar e falar com clareza. Pode ainda transmitir doenças contagiosas, como os vírus.

Embora o ranho seja inodoro, ele tem normalmente um aspeto inestético e desagradável. O ranho surge associado a um quadro clínico de alergia, constipação ou gripe.

Remela

Este termo tem como significado: humor viscoso amarelado ou esbranquiçado que é formado nos pontos lacrimais ou nos bordos da conjuntiva.

As remelas são comuns de manhã, sendo particularmente frequentes ao acordar. A higienização matinal da região dos olhos é fundamental, permitindo eliminar a presença das remelas, desse humor viscoso que pode ser mais ou menos húmido, mais ou menos seco.

Sanita

Este termo tem como significado: objeto, geralmente em loiça, onde os humanos deixam os seus dejetos. Apesar de haver versões mais modernas, sendo até bonitas, esta palavra será sempre feia, pois remete-nos para algo sobre o qual há sempre algum pudor em falar.

Este é um objeto repleto de bactérias. É um termo que se prefere evitar em qualquer conversa.

Seborreia

Este termo tem como significado: erupção de pele na base dos cabelos. Este é um problema de pele capaz de causar grande desconforto a quem padece dele e pode, até, levar a uma certa exclusão, isolamento e, em casos mais graves, à depressão, por baixar seriamente a auto-estima de quem sofre deste problema.

Sovaco

Este termo tem como significado: cavidade presente na parte inferior da articulação superior do braço; tem o mesmo significado que axila.

Além de ser uma zona do corpo mais propícia a maus odores e a sujidade, a palavra também é infeliz, pois tem uma sonoridade mais agressiva e feia do que, por exemplo, axila, seu sinónimo.

Vómito

Este termo tem como significado: ato ou efeito de vomitar. Este termo pode, ainda, ser usado em sentido figurado, mais especificamente para nos referirmos a algo que odiamos ou de que não gostamos.

Na prática, o vómito pode ser resultado de uma doença ou de um determinado tratamento que provoque este efeito secundário (caso da quimioterapia, por exemplo).

NCultura

Se gostou deste artigo reaja a ele e faça um comentário! Se gostou deste tema pode procurar outros artigos sobre  Língua Portuguesa no NCultura. Se tem outros temas que pretende que sejam explorados pelo NCultura, deixe-nos sugestões.

Se é apaixonado pelo mundo, saiba que há muitos mais artigos para ler no NCultura.

Apaixone-se pelo NCultura e explore diferentes temáticas: turismo e viagens, saúde, gastronomia, cultura, histórias, entre outras…

4 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.