Início Cultura Língua Portuguesa: 11 palavras que os nossos avós usavam

Língua Portuguesa: 11 palavras que os nossos avós usavam

Recue no tempo e lembre 11 palavras que os nossos avós usavam e que já ninguém, ou quase ninguém, utiliza. Espreite a lista e viaje no tempo.

palavras que os nossos avós
Língua Portuguesa: 11 palavras que os nossos avós usavam

Língua Portuguesa: 11 palavras que os nossos avós usavam

Recue no tempo e lembre 11 palavras que os nossos avós usavam e que já ninguém, ou quase ninguém, utiliza. Espreite a lista e viaje no tempo.

Recuar no tempo é, também, recordar palavras que caíram em desuso. Expressões que nos habituámos a ouvir os nossos avós dizerem, mas que não soubemos perpetuar e, por isso, parecem jazer no cemitério da língua.

Recorde, talvez com saudade, alguns destes termos tão peculiares e, quem sabe, assim eles se reavivem e retornem à nossa linguagem quotidiana.

11 palavras que os nossos avós usavam

Língua Portuguesa: 11 palavras que os nossos avós usavam

Botica

No tempo dos nossos avós, era este o termo usado para designar uma farmácia. Mais recentemente, botica ou boutique é mais comummente utilizado para nomear uma loja chique, que pode vender a retalho.

Língua Portuguesa: 11 palavras que os nossos avós usavam

Brunir

Antigamente, era esta a expressão utilizada para nomear o ato de passar a ferro, mais especificamente de engomar com polimento, para tornar um dado tecido lustroso.

Língua Portuguesa: 11 palavras que os nossos avós usavam

Garçom

O termo importado do francês era usado como sinónimo de jovem ou, também, de alguém que servisse às mesas num restaurante ou café. Era, por isso, costume dizer: “Por favor, garçon!”.

Língua Portuguesa: 11 palavras que os nossos avós usavam

Jorna

Esta palavra corresponde a um dia de trabalho. Era, também, sinónimo do salário diário (diária, jornal). Uma das razões desta palavra ter caído em desuso é o facto de nos dias de hoje ser pouco frequente trabalhar/ganhar/ ao dia.

Língua Portuguesa: 11 palavras que os nossos avós usavam

Ladroa

Este é um exemplo da evolução da linguagem. A versão feminina da palavra ladrão evoluiu e de ladroa passou a ladra.

palavras que os nossos avós
Língua Portuguesa: 11 palavras que os nossos avós usavam

Lambisgoia

Referia-se a uma mulher sem graça, convencida, pretensiosa, antipática e/ou intriguista; mexeriqueira. Embora ainda se ouça esta palavra, num nível de linguagem mais informal e popular, as gerações mais novas já não estão familiarizadas com este termo.

palavras que os nossos avós
Língua Portuguesa: 11 palavras que os nossos avós usavam

Patego

Para insultar alguém à boa moda antiga, pode chamar patego e, assim, estará a dizer que essa pessoa é um simplório, pacóvio, parolo ou lorpa.

palavras que os nossos avós
Língua Portuguesa: 11 palavras que os nossos avós usavam

Safanão

Termo antigo e popular que significa dar um empurrão ou puxão a alguém; sacudir alguém.

palavras que os nossos avós
Língua Portuguesa

Sirigaita

Se, atualmente, sirigaita refere-se a uma mulher respondona ou pretensiosa, no passado, esta era uma grande ofensa dirigida a uma rapariga mal-educada e com atitudes constrangedoras.

palavras que os nossos avós
Língua Portuguesa

Soer

Soer referia-se a algo que era habitual, frequente; um costume. Embora seja um termo usado muito raramente, é possível contactar com ele em escritos mais antigos.

palavras que os nossos avós
Língua Portuguesa

Vosmecê

Esta expressão que é tão usada nos filmes históricos representa uma forma de tratamento informal que se dirige a pessoas que não são tratadas por tu. Vomecê, Vossa Mercê e Vossemecê são variações deste termo que, atualmente, evoluiu para a palavra você.

Se gostou deste artigo também poderá gostar de:

Língua Portuguesa: 5 palavras que estão a morrer

Língua Portuguesa: por que razão não chamamos «primeira-feira» ao domingo?

Língua Portuguesa: significado e origem de 8 Expressões Populares curiosas

Língua Portuguesa: 6 palavras que não existem em inglês

_


OUTROS ARTIGOS QUE LHE PODEM INTERESSAR

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.