Início Histórias Gago Coutinho e Sacadura Cabral, os heróis portugueses

Gago Coutinho e Sacadura Cabral, os heróis portugueses

Gago Coutinho e Sacadura Cabral, os heróis portugueses que fizeram a primeira travessia aérea do Atlântico Sul, unindo Lisboa ao Rio de Janeiro.

_

Gago Coutinho e Sacadura Cabral, os heróis portugueses
Poster, 1922 – Gago Coutinho e Sacadura Cabral, os heróis portugueses

A primeira escala foi nas Canárias, de onde partiram para S. Vicente, em Cabo Verde. Daqui partiram para o Penedo de S. Pedro, com problemas de consumo de combustível. Ao amarar, uma vaga arrancou um dos flutuadores do ‘Lusitânia’, o que provocou o afundamento do avião. Tendo sido recolhidos pelo navio ‘República’.

Gago Coutinho e Sacadura Cabral, os heróis portugueses
Notas portuguesas de 20 escudos – Gago Coutinho e Sacadura Cabral, os heróis portugueses

O ‘Lusitânia’ acabara de realizar uma etapa de mais de onze horas sobre o oceano, sem navios de apoio, mantendo uma rota matematicamente rigorosa, o que mais uma vez veio provar a precisão do sextante modificado, pois os Penedos de S. Pedro podem considerar-se um ponto insignificante na enorme vastidão atlântica.

Portugal e Brasil vão celebrar juntos 100 anos da travessia do Atlântico Sul

Gago Coutinho e Sacadura Cabral, os heróis portugueses
Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa – Gago Coutinho e Sacadura Cabral, os heróis portugueses

O Presidente da República anunciou que em 2022 Portugal e o Brasil vão celebrar o centenário da primeira travessia do Atlântico Sul.

Gago Coutinho e Sacadura Cabral, os heróis portugueses
Monumento que assinala a travessia aérea realizada por Sacadura Cabral e Gago Coutinho

“Quero realçar, pela sua esmagadora grandeza e valor científico, a primeira travessia aérea do Atlântico Sul, que celebraremos em conjunto com o Brasil em 2022, levada a cabo por dois ilustres oficiais da Marinha: os heróicos, então comandantes, Artur Sacadura Cabral e Carlos Gago Coutinho”
_

Foram as palavras do chefe de Estado e Comandante Supremo das Forças Armadas enquanto falava durante uma cerimónia comemorativa dos cem anos da aviação naval, em Belém, Lisboa, junto ao monumento que assinala a travessia aérea realizada por Sacadura Cabral e Gago Coutinho no hidroavião “Lusitânia”, em 1922.

_

1
2
3
4

1 COMENTÁRIO

  1. Ás vezes acredito que Portugal foi o dono do mundo e em outras tantas tenho a certeza que o mundo de hoje não seria esse mundo se não houvesse portugueses.
    DOMINARAM OS MARES
    VOARAM TAL QUAL OS PASSÁROS
    E FINALMENTE INVENTARAM O BRASIL
    DO GONÇALVES DIAS
    E LÁ NA SUA SANTA TERRINHA
    DESCOBRIRAM CAMÕES , FERNANDO PESSOA E MANUEL MARIA du BOCAGE.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.