Início Histórias Conheça o Nobel da Paz 2019, Abiy Ahmed Ali

Conheça o Nobel da Paz 2019, Abiy Ahmed Ali

O primeiro-ministro da Etiópia venceu o Prémio Nobel da Paz 2019. Venha descobrir quem é Abiy Ahmed Ali.

Abiy Ahmed Ali
Conheça o Nobel da Paz 2019, Abiy Ahmed Ali

Conheça o Nobel da Paz 2019, Abiy Ahmed Ali

O primeiro-ministro da Etiópia venceu o Prémio Nobel da Paz 2019. Venha descobrir quem é Abiy Ahmed Ali.

Já é conhecido o 100º Nobel da Paz. Trata-se de Abiy Ahmed Ali, primeiro-ministro etíope. O nome do premiado foi anunciado em Oslo, no passado dia 11 de outubro, e o reconhecimento deveu-se aos seus esforços para “alcançar a paz e a cooperação internacional” com os acordos de paz com a Eritreia.

Embora já se saiba o nome do vencedor, o prémio só será entregue a 10 de dezembro e tem o valor de 9 milhões de coroas suecas, o equivalente a cerca de 830 mil euros. Apesar de algumas pessoas considerarem que este prémio foi atribuído cedo de mais, o Comité Nobel acredita que os esforços de Abiy merecem reconhecimento e incentivo.

Fique a saber mais sobre este premiado e as razões que estiveram na base para a atribuição deste prestigiante galardão.

Conheça o Nobel da Paz 2019, Abiy Ahmed Ali

Conheça o Nobel da Paz 2019, Abiy Ahmed Ali

Em 2018, foi assinado um acordo de paz que pôs fim a cerca de 20 anos de tensão com a Eritreia e a um conflito fronteiriço que se estendeu de 1998 a 2000, vitimando mortalmente aproximadamente 100 mil pessoas.

Desde abril de 2018, altura em que assumiu o cargo de primeiro-ministro da Etiópia, Abiy Ahmed Ali conseguiu dar a muitos cidadãos a esperança de uma vida melhor.

Conheça o Nobel da Paz 2019, Abiy Ahmed Ali

Ele passou vários meses a tentar alcançar a amnistia de vários presos políticos; legalizou grupos opositores; lutou para acabar com o estado de emergência no país; acabou com a censura dos meios de comunicação; promoveu a paz social; e aumentou a importância do papel das mulheres na Etiópia. Além disso, Abiy esteve envolvido noutros processos de reconciliação no leste e nordeste de África.

A reação

A reação do chefe de governo à atribuição do prémio já é conhecida e assenta em palavras de humildade e emoção. O primeiro-ministro adiantou, ainda, que este era “um prémio para África” (esta foi a 24ª vez que o Nobel da Paz foi para África). Leia e ouça o discurso do vencedor:

quem é Abiy Ahmed Ali
Conheça o Nobel da Paz 2019, Abiy Ahmed Ali

“Sinto-me humilde e emocionado… Muito obrigado. Este é um prémio para África, atribuído à Etiópia, posso imaginar que os restantes líderes de África vão vê-lo como algo positivo e trabalhar no processo de construir a paz em todo o continente. Estou muito feliz e emocionado com esta notícia. Muito obrigado, é um grande reconhecimento.” (conferir áudio, aqui)

Quem é Abiy Ahmed Ali?

O Nobel da Paz 2019 tem 43 anos, é engenheiro informático, de etnia oromo e filho de mãe cristã e pai muçulmano. Fez parte da resistência contra o regime de Mengistu Haile Mariam (chefe de Estado entre 1974 e 1991).

quem é Abiy Ahmed Ali
Conheça o Nobel da Paz 2019, Abiy Ahmed Ali

Chegou em 2018 ao poder, na Etiópia, numa grave crise política. Apesar de ser o líder mais jovem de África, conseguiu implementar várias mudanças, sobretudo no sentido de pôr fim à tirania, ditadura e violência, implementando um sistema democrático e livre.

Já em maio deste ano, Abiy foi laureado com o Prémio de Paz Félix Houphouët-Boigny, da UNESCO. Este galardão pretende honrar “pessoas vivas, instituições ou organismos públicos ou privados em atividade, que tenham contribuído de maneira significativa para a promoção, busca, salvaguarda ou manutenção da paz em conformidade com a Carta das Nações Unidas e a Constituição da UNESCO”. Contudo, e apesar de tudo o que já foi feito, há ainda muito a fazer para garantir a paz e o bem-estar na Etiópia.

quem é Abiy Ahmed Ali
Conheça o Nobel da Paz 2019, Abiy Ahmed Ali

Outros candidatos

Havia, naturalmente, outros nomes em cima da mesa para Nobel da Paz 2019 (existindo, na verdade, 301 candidatos!). Muito se falou sobre a jovem sueca de 16 anos Greta Thunberg, ativista em defesa do clima; a chefe do governo neo-zelandês, Jacinda Ardern, pela sua resposta ao atentado terrorista contra as mesquitas de Christchurch; e, ainda, organizações como a Repórteres Sem Fronteiras ou o Comité para a Proteção dos Jornalistas.


OUTROS ARTIGOS QUE LHE PODEM INTERESSAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.