Início Cultura «Bem vindo» é erro de português?

«Bem vindo» é erro de português?

Benvindo, bem-vindo ou bem vindo? Afinal como se escreve? Hoje vamos tirar todas as dúvidas e ficaremos a saber se «Bem vindo» é erro de português ou não.

«Bem vindo» é erro de português?
«Bem vindo» é erro de português?

«Bem vindo» é erro de português?

Benvindo, bem-vindo ou bem vindo? Afinal como se escreve? Hoje vamos tirar todas as dúvidas e ficaremos a saber se «Bem vindo» é erro de português ou não.

Bem-vindo é uma saudação de boas-vindas. Indica que alguém é, foi ou será sempre recebido com prazer: Seja bem-vindo!

Benvindo é um substantivo próprio, indicando o nome de alguém: Sr. Benvindo. Deve ser escrito com letra maiúscula.

Assim, essas duas palavras existem na língua portuguesa e estão corretas. Como apresentam significados diferentes, devem ser utilizadas em situações diferentes.

Bem vindo, escrito separado e sem hífen, está errado.

Exemplos com bem-vindo

  • Sejam bem-vindos!
  • Volte quando você quiser. Você será sempre bem-vinda a nossa casa.
  • Como se escreve bem-vindo? Com ou sem hífen?

Exemplos com Benvindo

  • O meu advogado é o Sr. Benvindo.
  • Meu nome é Alice Benvinda Pereira.

Quer saber mais sobre a diferença entre bem-vindo e Benvindo? Assista ao vídeo e não se esqueça mais!
_

_

Flexão de bem-vindo

Bem-vindo sofre flexão em género e número, concordando com a pessoa a quem se dá as boas-vindas.

Masculino singular:

  • Bem-vindo, professor!
  • Seja bem-vindo, meu amor!

Masculino plural:

  • Bem-vindos, professores!
  • Sejam bem-vindos, meus amores!

Feminino singular:

  • Bem-vinda, professora!
  • Seja bem-vinda, amiga!

Feminino plural:

  • Bem-vindas, professoras!
  • Sejam bem-vindas, amigas!

Bem-vindo: palavra composta

Bem-vindo é uma palavra formada através de composição por justaposição, ou seja, ocorre a formação de uma nova palavra partindo da junção de duas ou mais palavras. Estando apenas justapostas, as palavras mantêm a sua autonomia.

Segundo o Novo Acordo Ortográfico, que entrou em vigor em janeiro de 2009, o hífen é utilizado em palavras compostas com os advérbios bem e mal quando a segunda palavra começa por vogal ou h.

Exemplos com hífen:

  • bem-estar;
  • mal-estar;
  • bem-humorado;
  • mal-humorado;

Quando a segunda palavra começa com consoante, ocorre a junção das palavras em compostos com os advérbios bem e mal.

Exemplos sem hífen:

  • benfeito;
  • benquerente;
  • malmandado;
  • malcriado;

Contudo, o advérbio bem pode continuar sendo autónomo mesmo em palavras começadas com consoantes:

  • bem-vindo;
  • bem-mandado;
  • bem-criado;

Autora: Flávia Neves

(Professora de português, revisora e lexicógrafa nascida no Rio de Janeiro e licenciada pela Escola Superior de Educação do Porto, em Portugal (2005). Atua nas áreas da Didática e da Pedagogia.)
_

3 COMENTÁRIOS

  1. Bom dia á todos, essas correções das palavras em português São de extrema importância, as vezes nós cometemos erros simples, e essas correções tem nos ajudado bastante!

  2. Esses infelizes estragaram até nisso. Como agora a proposta é botar “ordem na casa”, espero que retornem a nossa Língua Portuguesa como era antes desse infeliz acordo ortográfico.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.