Início Viagem 6 emblemáticos monumentos de Portugal

6 emblemáticos monumentos de Portugal

Monumentos são muito mais do que um edifício; são alma e história do nosso país! Venha daí conhecer 6 emblemáticos monumentos de Portugal.

6 emblemáticos monumentos de Portugal

6 emblemáticos monumentos de Portugal

Monumentos são muito mais do que um edifício; são alma e história do nosso país! Venha daí conhecer 6 emblemáticos monumentos de Portugal.

Um monumento pode assumir diferentes formas e pode não agradar (nomeadamente alguns contemporâneos) a todos, mas visam algo. Não são inúteis, meras pedras isoladas e abandonadas num caminho, às quais passamos indiferentes.

Os monumentos são arte e a arte, não sendo uma necessidade básica (como comer, beber, repousar, entre outras), é na mesma essencial à vida, dando-lhe sentido, contribuindo para a nossa autorrealização e felicidade.

Alguns monumentos revelam-se emblemáticos e históricos, unindo-nos em torno do que é a identidade portuguesa.

Fique a conhecer um pouco desses monumentos que temos em Portugal e não se esqueça que a nossa história faz-se de muitos episódios, momentos únicos e monumentos singulares. Fique a conhecer alguns.

6 emblemáticos monumentos de Portugal – Foto: António Amen

Castelo de Guimarães (Guimarães)

A melhor forma de começar este artigo dedicado a monumentos históricos e emblemáticos é pelo Castelo de Guimarães. O berço da nação portuguesa tem por esta obra um particular carinho e um profundo respeito pela sua história que é parte importante do percurso história de Portugal.

Este monumento está ligado à fundação do Condado Portucalense e, por inerência, à fundação do nosso país. A pedido da Condessa Mumadona Dias foi construído um Mosteiro no século X, na herdade de Vimaranes (Guimarães).

Para proteger os monges e a comunidade cristã, foi necessário construir uma fortaleza, devido à constante ameaça dos mouros que atacavam frequentemente o espaço.

Posteriormente, em pleno século XII, o Conde D. Henrique e D. Teresa foram viver para Guimarães, na sequência da formação do Condado Portucalense. São realizadas obras neste espaço, amplificando-o e fortificando-o. O mesmo sucedeu com outros reis que realizaram obras, visando melhorar o que se tornou no Castelo de Guimarães.

São vários os momentos de relevância histórica vividos neste monumento que chegou a ser abandonado e a entrar num processo de degradação. Foi nomeado Monumento Nacional, sendo um dos mais relevantes de Portugal.

Vídeo de: Luis Costa

6 emblemáticos monumentos de Portugal

Mosteiro da Batalha (Batalha)

O cumprimento de uma promessa feita pelo rei D. João I levou à construção deste conjunto arquitetónico de exceção.

A vitória em Aljubarrota levou à construção deste espaço, como forma de agradecimento, pois permitiu que o trono fosse assegurado e, também, garantiu a Portugal a sua independência.

Assim, a batalha que ocorreu em agosto de 1385, foi crucial para a construção deste edifício ímpar. Ao longo do tempo, foram realizadas obras que se prolongaram, conhecendo fases de construção que ocuparam mais de um século.

O Mosteiro da Batalha – também designado Mosteiro de Santa Maria da Vitória – é um Monumento Nacional, tendo integrado em 1983 a Lista do Património da Humanidade definida pela UNESCO.

Mais informações, aqui.

Vídeo de: Descobrindo Portugal de Norte a Sul

emblemáticos monumentos de Portugal
6 emblemáticos monumentos de Portugal – Foto: Vitor Oliveira

Mosteiro de Alcobaça (Alcobaça)

O Mosteiro de Alcobaça foi relevante cultural, religiosa e ideologicamente. Por exemplo, este espaço contribuiu para que a expansão cristã continuasse, rumando ainda mais para sul.

Em termos artísticos, este espaço acabou por ser o primeiro edifício de arquitetura gótica em Portugal, introduzindo no nosso país essa nova estética arquitetónica. Em termos históricos, é inegável que o Mosteiro de Alcobaça está profundamente ligado à afirmação de Portugal como reino independente (1139-1179).

Foi por instrução do primeiro rei português, D. Afonso Henriques, que ele foi fundado, tendo sido uma doação a Bernardo de Claraval, feita em 1153.

No Mosteiro de Alcobaça, estão os túmulos dos protagonistas de uma das histórias de amor mais notáveis da nossa história. Falamos – obviamente – de D. Pedro I e de D. Inês de Castro.

Mais informações, aqui.

Vídeo de: Tales from Rama

emblemáticos monumentos de Portugal
6 emblemáticos monumentos de Portugal – Foto: Brian Snelson

Torre de Belém (Lisboa)

Este emblemático edifício – que tem como nome oficial “Torre de S. Vicente” – é constituído por diferentes espaços: exterior, baluarte, terraço do baluarte, fachada sul, capela, sala do Governador, sala dos Reis, sala de audiências, capela, terraço da torre.

A sua construção foi uma jogada estratégica, pois o edifício está localizado na margem norte do rio Tejo e contribuiu para a defesa da barra de Lisboa, tornando-se uma referência arquitetónica do reinado de D. Manuel I.

Mais informações, aqui.

Vídeo de: Drone Art

emblemáticos monumentos de Portugal
6 emblemáticos monumentos de Portugal – Foto: António Amen

Torre dos Clérigos (Porto)

É – muito provavelmente – o edifício mais emblemático da cidade do Porto. Tanto a torre, como a igreja, foram edificadas no século XVIII. A Torre e Igreja dos Clérigos marcam presença obrigatória nos planos de todos os turistas que visitam a cidade portuense.

Em 1910, foi classificado como Monumento Nacional todo o conjunto arquitetónico dos Clérigos (Igreja, Torre e Museu).

Nicolau Nasoni é um nome notável na arquitetura nacional, adquirindo no Porto uma dimensão única, participando na construção de diferentes espaços emblemáticos, nomeadamente esta torre que possui inspiração barroca.

Mais informações, aqui.

Vídeo de: pedrodoporto

emblemáticos monumentos de Portugal
6 emblemáticos monumentos de Portugal – Foto: Palickap

Palácio Nacional da Pena (Sintra)

Este palácio – que é uma das Sete Maravilhas de Portugal – foi nomeado pela UNESCO Património Mundial, decorria o ano de 1995. Este palácio é verdadeiramente encantador, parecendo uma criação arrancada dos livros de fantasia infantil, repletos de príncipes e princesas.

Walt Disney apaixonou-se pelo Castelo de Neuschwanstein que serviu de inspiração para o universo Disney, mas teria o mesmo sucesso se se tivesse inspirado no Palácio Nacional da Pena. Ele é, seguramente, uma referência do Romantismo do século XIX, não só em Portugal como no mundo inteiro.

No século XII, existia neste lugar uma Capela dedicada a Nossa Senhora da Pena, mosteiro que, séculos mais tarde, foi abandonado por via da extinção das ordens religiosas em Portugal.

D. Fernando II casou com D. Maria II em 1836 e, posteriormente, adquiriu esse mosteiro e a respetiva cerca, em hasta pública. Seguiram-se obras em 1839, passando-se depois à construção do “Palácio Novo” que foi realizado sob a responsabilidade do Barão de Eschwege.

Vídeo de: Air Drone View

A sua opinião importa, gostou deste artigo ?

Clique nas Estrelas para classificar

Classificação média / 5. Numero de classificações:

Seja o primeiro a classificar

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.