Início Cultura Língua Portuguesa: 12 palavras a desaparecer que os nossos avós usavam

Língua Portuguesa: 12 palavras a desaparecer que os nossos avós usavam

Palavras esquecidas pelas novas gerações, mas que ainda são usadas pelos familiares mais velhos, os avós. 12 palavras a desaparecer que os nossos avós usavam.

12 palavras a desaparecer
Língua Portuguesa: 12 palavras a desaparecer que os nossos avós usavam

Algumas palavras estão a ser esquecidas pelas novas gerações, mas ainda são usadas pelos familiares mais velhos, os avós. 12 palavras a desaparecer que os nossos avós usavam.

A língua portuguesa é um património de inestimável valor, mas é usada de forma distinta, por diferentes povos, nomeadamente o português e o brasileiro (entre outros povos da CPLP – Comunidade dos Países de Língua Portuguesa).

Contudo, o que também acontece é ser usada de forma distinta entre diferentes gerações do mesmo povo. Há várias palavras que os mais velhos usam e que os mais novos deixaram de usar.

O NCultura pretende promover uma melhor comunicação entre familiares, por isso reuniu uma série de palavras que são usadas pelos nossos avós, mas que têm sido esquecidas e estão quase em vias de extinção.

12 palavras a desaparecer que os nossos avós usavam

Reflexão

Há palavras que foram colocadas na gaveta pelas novas gerações. Contudo, estas palavras foram bastante usadas pelos nossos familiares mais antigos: os nossos pais, os nossos avós, os nossos bisavós (dependendo da geração em que se insere a pessoa que lê o presente artigo).

Não é por uma questão de moda. Simplesmente algumas palavras da língua portuguesa, com o passar dos tempos, das décadas, deixaram de ser usadas e expressões que nos tempos dos nossos avós foram comuns, agora revelam-se totalmente desconhecidas das novas gerações.

Com o passar do tempo, novas palavras vão surgindo ou vão adquirindo mais protagonismo; outras vão adquirindo novos significados, perdendo-se assim espaço para as palavras mais antigas. Foi desta forma que palavras que foram tão familiares há alguns anos, deixaram de ser usadas. Digamos que foram colocadas na gaveta e esquecidas.

Leia também:

Aqui ficam alguns exemplos e os seus significados:

Alpendre

O significado deste termo é:

Varanda coberta.

Exemplo do uso dessa palavra numa frase: Do alpendre da casa dos meus pais, ainda consigo ver o rio.

Balela

O significado deste termo é:

Mentira, boato, conversa fiada.

Exemplo do uso dessa palavra numa frase: Muito são os eleitores ingénuos que ainda acreditam nas balelas de alguns políticos.

Basbaque

O significado deste termo é:

Pessoa ingénua, palerma, simplório, parvo, tolo.

Exemplo do uso dessa palavra numa frase: Aquelas pessoas dão mesmo a impressão de serem uns grandes basbaques!

Cacareco

O significado deste termo é:

Coisa velha, objeto usado, objeto sem valor.

Exemplo do uso dessa palavra numa frase: Para tentar ganhar algum dinheiro, vou levar os meus cacarecos todos para a feira.

Gorar

O significado deste termo é:

Frustrar, não dar certo, debelar.

Exemplo do uso dessa palavra numa frase: Tinha muita coisa planeada para o fim de semana, mas vai chover, por isso os meus planos saíram gorados.

Janota

O significado deste termo é:

Pessoa que se veste com esmero, com elegância.

Exemplo do uso dessa palavra numa frase: Onde vais? Estás todo janota.

Petiz

O significado deste termo é:

Criança, menino, garoto.

Exemplo do uso dessa palavra numa frase: O meu sonho de petiz era ser piloto.

Quiproquó

O significado deste termo é:

Confusão, balbúrdia, desaguisado, mal-entendido, engano.

Exemplo: Esta semana, tive um pequeno quiproquó com o presidente da junta de freguesia.

Sacripanta

O significado deste termo é:

Patife, velhaco, mau-carater, desprezível.

Exemplo do uso dessa palavra numa frase: Aquela fulana revelou-se uma autêntica sacripanta.

Supimpa

O significado deste termo é:

Excelente, muito bom, ótimo.

Exemplo do uso dessa palavra numa frase: Os meus votos é que 2021 seja um ano supimpa!

Tabefe

O significado deste termo é:

Tapa, bofetada, sopapo.

Exemplo do uso dessa palavra numa frase: Dei-lhe um tabefe, pois o que ele me fez não se faz a ninguém.

Vitrola

O significado deste termo é:

Aparelho antigo que reproduz discos de vinil.

Exemplo do uso dessa palavra numa frase: No sótão, estão guardadas todas as coisas do meu avô, nomeadamente uma vitrola.

Quando foi a última vez que usou uma destas palavras?

NCultura

Se gostou deste artigo reaja a ele e faça um comentário! Se gostou deste tema pode procurar outros artigos sobre Língua Portuguesa no NCultura. Se tem outros temas que pretende que sejam explorados pelo NCultura, deixe-nos sugestões.

Se é apaixonado pelo mundo, saiba que há muitos mais artigos para ler no NCultura.

Apaixone-se pelo NCultura e explore diferentes temáticas: turismo e viagens, saúde, gastronomia, cultura, histórias, entre outras…

4 COMENTÁRIOS

  1. Alpendre: uso com frequência, até porque tenho um na minha casa, em Serpa;
    Cacareco: nunca tinha ouvido… soa a brasileiro, aliás como
    Vitrola: em Portugal sempre usei e ouvi dizer GIRA-DISCOS;
    Quiproquo: penso que se trata de um termo importado directamente do latim… (tive um professor de Português, que estudou num Seminário, que o usava com frequência, tal como ‘Supimpa’…)
    Na realidade, vão sendo cada vez menos ouvidos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.